terça-feira, 8 de janeiro de 2019

A MULHER DE CÉSAR E O FILHO DO VICE

"Não basta a mulher de César ser honesta. Ela tem que parecer honesta". Todo mundo conhece essa frase, atribuída ao próprio Júlio César. Todo mundo, menos os políticos brasileiros. Volta e meia algum é pego fazendo algo perfeitamente normal, porém injustificável à luz da ética. Hoje foi a vez do filho do vice-presidente Mourão receber uma promoção que vai triplicar seu salário. Os já bem razoáveis 12 mil por mês saltarão para 36, graças ao novo cargo que ele ocupará no Banco do Brasil. Um aumento de 200%, de um dia para o outro. "Mas antes ele não podia ser promovido, porque o PT dominava o BB...". Pois é. Só que pegou mal pacaraio, a ponto de até bolsominions estarem questionando. Mas quem resiste a 24 mil reais a mais na conta, todo mês? 24 mil, uma "Michelle"!

3 comentários:

  1. O GOLPE
    GOLPE
    GOLPE
    GOLPE

    ResponderExcluir
  2. Isso aí teve mais repercussão na direita que na esquerda. Para Bolsonaro, foi bom. Explico: há setores mais extremados que preferem o radicalismo do vice e adorariam vê-lo ocupar a presidência. Esse pessoal ficou sem chão. Agora, diz aí, em qual governo os militantes da situação questionaram indicações politicas no terceiro ou quarto escalão? O filho do VP (concursado, 18 anos de BB, pós em agronegócio) vai substituir um petista inepto para o cargo que ganhava 100k!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Agora, diz aí, em qual governo os militantes da situação questionaram indicações politicas no terceiro ou quarto escalão?" Para você ver, a resposta seria NUNCA ou POUCO pois se preocupavam MAIS com "ideologia de gênero", "kit gay", do que o que REALMENTE IMPORTA! Mas ao mesmo tempo na GANA de tirar o PT do poder com retórica anti-corrupção, contra tudo o que estava lá, esqueceram que seriam analisados nesse ponto!
      Nick

      Excluir