segunda-feira, 19 de novembro de 2018

ACHO QUE ISSO NÃO É AMOR

O fechamento da revista "White" foi notícia no mundo inteiro. A publicação australiana voltada para o mercado de casamentos vai sair de circulação por falta de patrocínio. Muitas marcas deixaram de anunciar lá depois que a "White" se recusou a incluir casais do mesmo sexo em suas páginas, mesmo depois da legalização do casamento igualitário na Austrália. Bem-feito: não acompanharam as mudanças do mundo, não têm mais lugar nele. Mas os editores da revista ainda se fizeram de vítimas, ao publicar uma longa carta de adeus onde dizem que só querem saber de amor. Nada de guerra cultural, nada de julgamento, só love love love. Entretanto, love de cu é rola. Amor não tem xongas a ver com homofobia. Ninguém pode dizer que discrimina o próximo em nome do amor. Vá pro inferno, "White", e reze para o seu deus que não existe te tirar de lá.

8 comentários:

  1. Coisa mais naff essas coisas de revista ne! em pleno 2019 kkkkk tem muita gente cafona brega ignorante iguais aos do que tem FB , please ne! Oi! 2019!!! Acordem macacas!!!

    ResponderExcluir
  2. O Mio Babbino Caro
    Adoro o Tony Hard no bom combate. No mais há quanto tempo Roberto já nos lembrou que: "No mundo não há mais lugar, pra que toma decisões na vida sem pensar" agora bye!!!

    ResponderExcluir
  3. Gente tem coisa mais JECA que revista de casamento?

    ResponderExcluir
  4. Esse Tony...
    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  5. O nome da revista é esse pq só tem gente branca?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A versão oficial diz que é pq, principalmente desde a Rainha Vitória, as noivas do ocidente se casam de branco (e não de vermelho como o original ainda mantido pelo oriente). Porém, se você folhear a revista, muito provavelmente, não vai achar alguma foto com descendentes de aborígenes australianos ou qualquer outra raça não branca. Então o termo white serve para as duas coisas.

      Excluir