segunda-feira, 8 de outubro de 2018

PONTOS DE LUZ NA ESCURIDÃO

Existe algo além e acima da onda direitista que varreu o Brasil nas eleições deste domingo. Claro, não dá para negar que a direita é mesmo a grande vitoriosa: ela avançou em todos os estados, mesmo naqueles onde o PT ainda conseguiu vencer. Candidatos que declararam apoio ao Bozo deram arrancadas espantosas na reta final, como Zema, em Minas, ou Witzel, no Rio - eu nunca tinha ouvido falar de ambos até a véspera, quando as pesquisas apontaram que eles estavam crescendo.

Ah, as pesquisas. Agora todo mundo vai dizer que elas passaram um vexame histórico. Em alguns lugares, passaram mesmo. Mas não há modelo estatístico que preveja com acuidade o "efeito bandwagon". O popular maria-vai-com-as-outras: essa mania dos brasileiros de resolver tudo em cima da hora, e de votar em quem estiver em primeiro para "não desperdiçar o voto". Mas é óbvio que o Brasil também mostrou que, neste momento, é bem mais conservador do que progressista. A avalanche é grande demais para ser relativizada.

Mas o que me chamou mais a atenção nem foi isto. Foi a fúria contra "tudo o que está aí", à direita e à esquerda. Não foram só o PT e o PSDB que se deram mal. Foi também, e acho que principalmente, o entorno do Temer e quase toda a política tradicional que vem desde as décadas de 70 e 80. O número e o naipe dos derrotados é de tirar o fôlego: Dilma, Suplicy, os Sarney, Eunício, Delcídio, Romero Jucá, o irmão do Geddel, Vanessa Grazziotin, Lindbergh Farias... Por outro lado, Aécio, Gleisi, Renan e Jader foram as exceções desonrosas. Já no Espírito Santo, o maligno Magno Malta perdeu a reeleição para o Senado (mas aposto que ele ganha um ministério depois). Em primeiro lugar no estado ficou Fabiano Contarato, que é gay assumido, casado com um homem e pai de dois filhos. Esta foi uma das boas notícias trazida pelo tsunami de ontem.

Houve outras: a Bancada Progressista, um coletivo do PSOL, conquistou uma cadeira na Assembleia Legislativa de São Paulo. Os mais notórios bandidos fluminenses fracassaram: os clãs Cunha, Cabral e Picciani não elegeram seus herdeiros (e Cidinha Campos também ficou de fora, bem feito). Três assessoras de Marielle Franco venceram no Rio. São Paulo vai ter uma deputada trans. Marcelo Calero foi eleito no Rio. Jean Wyllys, dado como derrotado num primeiro momento, acabou sendo reeleito graças à votação expressiva de Marcelo Freixo (e será perseguido por causa disso por seus inimigos, que quase o destruíram com uma campanha incansável de fake news nos últimos anos).

No meu voto pessoal, só dois tiveram sucesso. Ou duas: as duas mulheres que eu escolhi foram eleitas, a senadora Mara Gabrilli (PSDB) e a deputada estadual Marina Helou (Rede). Meu querido Wellington Nogueira não chegou lá, apesar de seus 22 mil votos. E o Márcio França passou raspando, livrando SP do Skoria.

A nível nacional, há grandes derrotados. Marina sai minúscula, com menos de um milhão de votos e um distante oitavo lugar, atrás do Daciolo e do Meirelles. Foi vítima do voto útil em Ciro Gomes. Alckmin também se deu mal. Deve perder o comando do PSDB, mas não duvido que se candidate a senador daqui a quatro anos e leve. Lula, então, suspeito que já era. Sua estratégia maquiavélica deu muito errado. Ele preferiu apostar em sua lenda pessoal do que no futuro do país, e já está pagando por isto. Haddad terá que se afastar dele para ter uma chance.

Além do PSL, que saltou de nanico para a 2a. maior bancada do Congresso, quem mais se deu bem? O partido Novo, que chegou para ficar e conseguiu resultados expressivos em muito lugares. Se não virar uma linha auxiliar do Solnorabo, pode ter um belo futuro pela frente. O Cirão também sai maior do que entrou. Ocupou o centro-esquerda que já foi domínio do PSDB, hoje direitista, e pode ser o grande líder da oposição, cacifando-se para 2022. Sim, eu disse oposição: duvido muito que haja uma virada até o dia 28. Hmm, talvez se o Haddad levar uma facada?

55 comentários:

  1. As pesquisas foram mal feitas, ou fraudulentas. Acredito nesta última opção. Quem acompanhou as estimativas do Encuestas Digitales para a corrida presidencial, por exemplo, não foi pego de surpresa.

    Quanto ao Novo, o Amoedo torce o nariz para Bolsonaro, mas o partido em peso o apoia, já começou a militar pelo segundo turno e pretende apoiar boa parte de seu programa (inside information)

    O que falta à esquerda é entende que uma nova consciência está em expansão no Brasil. Quem continuar torcendo o nariz vai sucumbir abraçado aos velhos paradigmas.

    Ok, eu sei, não adianta avisar...
    Boa semana, Tony!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Independência da Bahia8 de outubro de 2018 14:29

      uma nova consciência está em expansão. O movimento Da segunda independência da Bahia vai estourar depois do segundo turno se Bolsonaro vencer. Não queremos mais são Paulo , Rio de janeiro, Minas , Curitiba e todo o sul ligado ao nosso estado. A mentalidade fascista e preconceituosa do Sul não nos interessa para nada. BAHIA LIVRE.

      Excluir
    2. "O que falta à esquerda é entende que uma nova consciência está em expansão no Brasil" A mesma que levou Collor ao Planalto, pois o que Bolsonaro diz é copia e cola do Collor em 1989! Só que Collor era NOVO na política mesmo, já Bolsonaro... (se pelo menos ele tivesse feito algo de bom em 27 ANOS ele poderia até ser palatável)
      Nick

      Excluir
    3. 14:29, procure pelo déficit fiscal da Bahia, antes de defender aventuras! Não há secessão sem superávit, na mesma medida que o adolescente não sai da casa do papai opressor sem o dinheiro para pagar as contas.

      14:42 Collor, o caçador de marajás, foi uma construção midiática da época. Nenhum analista sério pode traçar a mínima relação com os eventos atuais.

      Excluir
    4. 1-"na mesma medida que o adolescente não sai da casa do papai opressor sem o dinheiro para pagar as contas." Como podes afirmar que quem não concorda com você é adolescente e que vive com o pai Defuzinha?
      2-"foi uma construção midiática da época" Sim, Collor foi construção da mídia daquela época, do mesmo modo que Bolsonaro é uma construção da mídia da nossa época - twiter, instagram, Facebook- onde ele e os filhos construíram uma imagem de mito/herói e boa parte da população comprou essa imagem mesmo não tendo base com os fatos reais (até o "nossa bandeira não será vermelha" e "não cantaremos a internacional socialista mas o hino nacional" , etc são iguais)
      Nick

      Excluir
    5. "Nenhum analista sério pode traçar a mínima relação" Não sou analista, somente estudei história (o terror dos bolsominions) e vi vídeos do Collor falando e baseei meu argumento nisso!
      Nick

      Excluir
    6. Confundir um político construído por gigantescas empresas de mídia, de forma unilateral e de cima para baixo, com a ação espontânea de centenas de milhares de voluntários pelas redes sociais? Eis a evidência do total despreparo para qualquer discussão sobre a realidade. Não se trata de defender este ou aquele, mas de perceber os fatos com objetividade.

      Excluir
    7. "Confundir um político construído por gigantescas empresas de mídia, de forma unilateral e de cima para baixo, com a ação espontânea de centenas de milhares de voluntários pelas redes sociais" De qualquer forma os 2 são construção midiática, seja construído por gigantescas empresas de mídia ou de forma espontânea (baseada em muita fake news)!
      Nick

      Excluir
    8. PQP, esse "Nick" atualizou as definições de analfabetismo funcional.

      Excluir
    9. Sim, a Defu é muito analfabeta!

      Excluir
    10. O analfabetismo está grande mesmo, não viu eleitores de Bozo pagarem 700 reais para assistirem show de Roger Waters sem entenderem as músicas do Pink?
      Nick

      Excluir
  2. Texto quentinho, saído do forno, escrito pelo pessoal do... NOVO:

    Comparativo dos programas Bolsonaro/ Lula (Haddad):

    *IMPOSTOS*

    - Bolsonaro: Redução da carga tributária e aumento da receita destinada aos municípios (pág 58)

    - Lula/Haddad: Criar imposto sobre a exportação (pág 41), criar imposto sobre lucros e dividendos (pág 42) e aumentar o imposto territorial rural ITR para grandes propriedades (pág 56)

    *IMPRENSA*

    - Bolsonaro: contrariedade a qualquer regulação ou controle social de mídia (pág 7)

    - Lula/Haddad: implantar mecanismos de regulação da imprensa e criar uma empresa pública de comunicação para expor o posicionamento do governo (pág 16)

    *LAVA JATO*

    - Bolsonaro: a justiça deverá seguir seu rumo sem interferências políticas (pág 15)

    - Lula/Haddad: promover uma reforma do sistema de justiça para reduzir o poder de investigação do ministério público federal (pág 6, 15)

    *SEGURANÇA*

    - Bolsonaro: tolerância zero com o crime (pág 10) e redução da maioridade penal (pág 32)

    - Lula/Haddad: desmilitarização das polícias (pág 31) e iluminação com led nas ruas (pág 54)

    *MINISTÉRIOS*

    - Bolsonaro: reduzir os 29 ministérios existentes atualmente (pág 17)

    - Lula/Haddad: Criar 6 novos ministérios (pág 19, 20 e 55)

    *DITADURAS SOCIALISTAS*

    - Bolsonaro: deixar de louvar ditaduras assassinas socialistas (pág 79)

    - Lula/Haddad: desenvolvimento da infraestrutura de países do Mercosul (Venezuela) (pág 11)

    *AGRONEGÓCIO*

    - Bolsonaro: Segurança no campo, políticas para consolidar mercado interno, abrir novos mercados externos, melhoria da logística de distribuição (pág 69)

    - Lula/Haddad: regulação do agronegócio para evitar ampliação de grandes latifundiários. Implantar reforma agrária e distribuir terras ao MST e indígenas (pág 56)

    *CONSTITUIÇÃO*

    - Bolsonaro: respeito e obediência à constituição (pág 6)

    - Lula/Haddad: Estabelecer um novo processo constituinte para aumentar o poder do estado (pág 6)

    *PRESÍDIOS*

    - Bolsonaro: Prender e deixar na cadeia quem tiver cometido crimes (pág 30) e acabar com a progressão de pena e saída temporária (pág 32)

    - Lula/Haddad: Reduzir a massa carcerária do Brasil através da liberação de presidiários (pág 33)

    *SINDICATOS*

    - Bolsonaro: o sindicato deve ser voluntário, contra a obrigatoriedade do imposto sindical (pág 64)

    - Lula/Haddad: valorização de sindicatos e associações de trabalhadores (pág 40)

    *DROGAS*

    - Bolsonaro: Combate à ideologia de liberação irrestrita de drogas ilícitas (pág 26)

    - Lula/Haddad: Promover a descriminalização das drogas (pág 32)

    Links para ver na fonte:

    PLANO DO HADDAD=LULA: http://divulgacandcontas.tse.jus.br/candidaturas/oficial/2018/BR/BR/2022802018/280000629808//proposta_1536702143353.pdf

    PLANO DO BOLSONARO:
    http://divulgacandcontas.tse.jus.br/candidaturas/oficial/2018/BR/BR/2022802018/280000614517//proposta_1534284632231.pdf

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema eh o Bolsie cometer estelionato político, assim como a Dilma impeachtmada de 2014. O cara nunca foi um liberal de verdade.

      Ele e o Haddad se quiserem governar democraticamente vao ter que se aproximar do centro. E esse eh o grande problema do Bolsie: ele eh uma caixa de pandora. E o que saiu de lah até agora nao agradou para alem dos extremistas. Tanto eh que a facada e a invisibilidade dele cairam como uma luva.

      Agora no segundo turno vai ser dificil manter essa invisibilidade, que outros falem por ele. Sejam robos ou bolsominions. Vai ser uma disputa acirrada.

      O PT eh o mais do mesmo, enquanto o Bolsonaro seria o diferente (nao foi diferente em 7 mandatos) importante destacar... Entao a questao eh: qual seria o menor prejuizo? Essa eh a questao para quem pensa. Aos extremistas, nada importa. O PT eh sempre inocente e o Bolsonaro eh sempre mal interpretado.


      Por questao de coerencia, eu como gay nao posso comprar esse discurso de liberal na economia, mas nao nos costumes. E se tirar isso o que sobra eh o Bolsonaro Deputado, que eh o espectro do pior da nossa politica: encostado, nepotista, contra producente, falso moralista e corrupto.

      Que merda de eleicao.

      Excluir
    2. Vou me focar em alguns pontos pois sei que és tu DeFu:
      Bolsonaro: Redução da carga tributária e aumento da receita destinada aos municípios (redução para quem? mais pobres ou mais ricos? O PT foi um dos governos que mais repassou verba aos município e estados, porém os governos dos Municípios e estados que desviaram esse dinheiro- erro do PT foi não fiscalizar)
      Lula/Haddad: Criar imposto sobre a exportação (pág 41), criar imposto sobre lucros e dividendos (pág 42) e aumentar o imposto territorial rural ITR para grandes propriedades (ou seja imposto para quem NÃO PAGA MUITO IMPOSTO ATUALMENTE!)
      Lula/Haddad: desenvolvimento da infraestrutura de países do Mercosul (EUA apoiam Arábia Saudita e nunca virou uma, Brasil de PT apoia/apoiou Venezuela e não viramos um, se chama interesse geopolítico/econômico- não que seja o certo)
      Lula/Haddad: desmilitarização das polícias (APOIADO, não vai ser o fim da polícia MAS o da militarização da mesma)
      Bolsonaro: respeito e obediência à constituição ( não foi o que o vice dele disse)
      Tem muita coisa pra rebater mas não vou fazer isso. Boa sorte no seu voto no Bolsonaro, só não tente nos converter
      Nick

      Excluir
    3. O pessoal do Sónabolsa gosta de chamar seus oponentes de "maconheiros"... Sendo que no Canadá o governo está VENDENDO MACONHA para a população!!

      Eles são "demais" esses BOÇAIS!!!

      Excluir
    4. E o PRÓPRIO Sónabolsa falou que ele daria GOLPE no PRIMEIRO dia de posse como presidente do país!!!

      ESTÁ GRAVADO!!! EM VÍDEO!!!

      Excluir
  3. Lembrando que São Paulo elegeu a primeira deputada trans Érica Malunguinho,fico triste pela Marina,feliz pela expressiva limpeza no legislativo,agora apergunta do milhão: Joice Hasselman,MaMaefalei,Kim Kataguiri e Cia vão fazer a reforma política dando fim à privilégios políticos ou algumas máscaras vão acabar caindo?A seguir cenas do próximo capítulo.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu cito isto no texto (mas não o nome dela, obrigado).

      Excluir
  4. Na verdade o que a população quer eh algo diferente. Soh que o diferente chegou ao bizarro, que eh a candidatura do Bolsonaro.

    Os institutos de pesquisa, como sempre, dentro da margem de erro, apontaram bem o que ia acontecer. Houve um ou outro desvio ali, mas nada que desqualificasse as pesquisas como um todo.

    Os mais racionais nao votam em Bolsonaro, votam em Paulo Guedes. Só que eh ai que a populacao pode se rebelar. Fim das ferias, do decimo terceiro, do salario minimo obrigatorio, da rescisao contratual... Arranharia entre o limite do liberalismo e o suicidio politico, entre outras propostas liberais apenas aventadas, por enquanto.

    Sobre isso, se o Bolso manda o Paulo Guedes se lascar (o que eh uma probabilidade), aí eh o empresariado que vai se lascar junto, incluindo o dono da Havan (rs). Foi uma aposta muito alta. Vamos ver quem vai pagar.

    Se a democracia continuar (Bolsonaro tbm eh uma ameaça a ela, nao podemos esquecer), vai ser um governo dificil. Se uma coisa que o Pt sabe fazer muito bem e que foi a destruição do PSDB (por nao se-lo) eh ser OPOSICAO (rs).


    E antes de melhorar, as coisas pioram, diz o ditado.

    ResponderExcluir
  5. Pois é, a eleição presidencial tá uma desgraça. Mas pelo menos os paulistas podiam mandar o Doria à m* nesse segundo turno, né? Já seria alguma coisa.

    ResponderExcluir
  6. Correção: O PSL tornou-se a segunda maior bancada. O PT ainda é a maior.

    ResponderExcluir
  7. https://www.metropoles.com/brasil/politica-br/pivo-da-queda-de-geddel-no-governo-temer-e-eleito-deputado-no-rj
    O Calero foi eleito federal no Rio .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpa, li e vim correndo te contar, depois vi que você tinha escrito sobre. Júnior

      Excluir
  8. "Hmm, talvez se o Haddad levar uma facada?"
    Não dê ideias, não dê ideias...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Môa do Katende já foi sacrificado no domingo não está bom.
      (Badauê/Caetano Veloso)
      G-

      Excluir
  9. última questão que pode definir meu voto: quem foi "melhor" prefeito aí em SP, Tony? Haddad ou Dória da nova direita brasileira?
    Nick

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Porque? Voce votaria no faz-nada-há-27-anos HOMOFÓBICO???

      Acha que um cara desse irá trazer MUDANÇA ALGUMA???

      Excluir
    2. Não! kkkk
      Nick

      Excluir
    3. Kkkkk até a Mono sabe a resposta para a pergunta do Nick, tanto que precisou por uma pedra em cima.

      Excluir
  10. Calma, Tony. As pesquisas boca de urna acertaram muito. Deram a Bolso 45%, e a Haddad, 28%. E a votação de ambos ficou por volta disso mesmo. Para os estados, as pesquisas do IBOPE e Datafolha, divulgadas no sábado, já previam ascensão de candidatos bolsonaristas tanto para o governo quanto para o senado em estados como SP, MG e RJ. E quando divulgou-se o boca de urna, o IBOPE mostrou que Dilma e Suplicy estavam derrotados, e acertou, mostrou Zema liderando em MG e Witzel liderando no RJ, e a boca de urna do IBOPE também acertou. Mostrou Doria no segundo turno, enquanto França e Skaf brigavam voto a voto para a segunda vaga, e a pesquisa boca de urna do IBOPE também acertou. De modo geral, tanto as pesquisas da véspera da eleição, e principalmente as de boca de urna, acertaram nos números.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 15:55 por isso o ar de fraude: admitiram, de última hora, os números reais, para evitar a desmoralização completa.

      Excluir
  11. O mais frustrante para mim é tentar explicar o que aconteceu para um francês e ver a cara de incompreensão absoluta. Impressão de ter visto toda a republica brasileira ruindo. Os jornalistas na GloboNews calmamente discutindo como se estivessem falando das eleições no Botswana.

    Sensação de receio, pena e tristeza por vocês ai. De raiva, frustração, esse gosto amargo de saber que um eventual retorno se torna cada vez mais impossível. Se antes era pela experiência de morar fora, carreira, agora se torna pelo fato dos meus valores serem incompatíveis com o que a maioria da população brasileira acredita que é melhor para o pais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me fale!! Eu já sabia disso aos meus 21 aninhos, mas TENTEI, TENTEI, TENTEI!!! Lá fora TAMBÉM é a MESMA BOSTA CORRUPTA!! Eu não sei o que fazer mais...

      Já pedi tanto para ir embora pro meu planeta!!

      Excluir
    2. Ô Fernando
      Tem diferença do que está acontecendo no resto da Europa com a onda de extremismo conservadora-de-direita?
      Abraços
      Carlos Pena

      Excluir
    3. Essa francesa genérica dramática parece que está falando da Coreia do Norte, país aliás que os socialistas que ele ama endeusam. Acho fofo um dramazinho pra poder relembrar a todos aqui que a imigrante vive linda na periferia da cidade luz e que agora não vai mais pôr os pezinhos aqui até o PT voltar a roubar mais.
      Estamos todos muito comovidos com sua infelicidade, mon amour. Bebe uma champagnota pra esquecer a dor do exílio politico.

      Excluir
    4. 1-"Essa francesa genérica dramática parece que está falando da Coreia do Norte, país aliás que os socialistas que ele ama endeusam" O Trump, "herói" da direita mundial e brasileira também ama a Coréia do Norte e seu líder!
      2-"pôr os pezinhos aqui até o PT voltar a roubar mais." O Bolsonaro fazia parte do PP (mudou para o PSL somente para ser candidato) que tem mais presos/indiciados na Lava Jato que o PT

      Excluir
    5. @Conduta Mantida: Bastante diferença. Em algum países da Europa Central (principalmente Polônia e Hungria) realmente tem acontecido um desmonte às instituições democráticas escandaloso dentro da UE. Mas nos países mais ocidentais (Alemanha, Suécia, Holanda, Itália, França) a força das instituições assegura um patamar minimo. Existe uma noção de "isso não pode", existe reação de acordo quando um politico cruza essa fronteira - principalmente da mídia. A sociedade civil é educada, estimula o debate e assegura um equilíbrio nas propostas que não existe no Brasil. O que é mais chocante de acompanhar de fora a ascensão do Bolsonaro é um sentimento de complacência com "vamos abrir essa exceção" e "não vai ser tão ruim no final" que não existe aqui. Europeu lembra da historia - e essa ao que essa complacência levou, por duas vezes no seculo passado.

      @Anonimo 19:02: Chéri, por onde começar... Por que usar o gênero feminino para falar de mim ("acentuar feminilidade para desmerecer a pessoa", classe de machismo entre gays 101)? E se eu morasse na periferia da cidade luz (encore, tipico complexo de inferioridade derivado de necessidade de afirmação social) qual o problema? Sim, sou migrante. Não bebo champagne - acho vulgar, a relação preço-qualidade frequentemente é bem inferior à um Vouvray ou Saumur. E Coreia do Sul, really?

      Mas e você? Como faz para conciliar essa situação incrível de ser gay e defender um candidato homofóbico, machista e fascista? Vontade de pertencer ao outro lado, de ser considerado parte de "família tradicional" não é? Pois é querido, não vai acontecer. E alguém do seu lado vai logo te relembrar do fascista que você é. Vergonha de pessoas como você.

      Excluir
  12. O que TALVEZ salvará essas eleições são os votos do pessoal que não apareceu para votar (20%) SE aparecerem para votar EM MASSA no Haddad. E os votos nulos/brancos forem para ele.

    Por que se for para contar votos do Alckimin, Amoedo, etc... FORGET IT!!!

    ResponderExcluir
  13. O Mio Babbino Caro
    Começando pelo nosso tema doméstico sim a primeira Trans Erika Malunguinho foi eleita à Assembleia Legislativa então é hora de conhecer o "Aparelha Luzia" que a algum tempo vem sendo um dos point mais interessante de São Paulo e já aproveitar ver se dá pra sair no "Ilu Inã", tudo muito novo né mas não é o novo que nós pedíamos...os demais são o Douglas Belchior no Congresso e a velha Lecy das festas Bixórdia do antigo Lampião. Nem tudo nessa vida se resume às bolhas conhecidas.
    ...BOZOnaro e seu Vice kkkkkkk à espera da Redenção de kkkkkkAN
    Caiado em Goiás no primeiro turno o "Gay, Índios e Quilombolas são tudo que não presta" Luis Carlos Heinze senador no Sul enfim "Pet Shop Nazi" atualizado.
    Mais um pouquinho de BOZO informando o tratamento recebido no Albert VESTEIN(sic). O Chará Queima Rôsca. Clã Parasita Politico Rio de Janeiro não é lugar de Nordestino Jegue. Brincando de passar a mão na bunda do colega no banho de chuveiro ahahah
    Paulo Guedes Vossa Excelência trocou a cueca Presidente do Brasil.
    2°. Turno #ELENÃOXHADDAD
    (Família: Só se for a tradicional sem amante e só separados pela pelejenta)

    ResponderExcluir
  14. Só sei que a distopia já começou: viram a escultura LGBT vandalizada no centro de SP? Vamos regredir aos anos 80 pelo menos. Melhor já ir deixando aquela roupinha mais unisex no armário, desfazer aquele penteado meio fashion... a norma para os próximos 4 anos (e tomara que sejam só 4 anos) é se esconder para não ofender a família tradicinal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A família tradicional brasileira que assistia sentada os close nas bucetas das chacretes do Programa do Chacrinha???

      A que assistia a novela Dona Beija??

      "Consumidores" de pintos de travestis?

      Essa família?

      Excluir
  15. Agora, que está parecendo cada vez mais e mais que aquilo que eu li naquela página de "teoria" da conspiração, que estava TUDO ARMADO para o Sónabolsa ganhar, depois daquela "facada" SEM SANGUE ALGUM, e ele ser dispensado pelo médico para evitar debates, enquanto aparecia, no canal do "pastor", no mesmo horário do debate entre os candidatos na Globo... REALMENTE parece estar "TUDO ARMADO" para isso!

    Ainda mais depois do Toffoli falar que o GOLPE de 64 foi um "movimento"...

    ResponderExcluir
  16. "GOLPE!" "GUERRA CIVIL!" "MATANDO UNS 30 MIL!!"

    https://youtu.be/4dqomFThmnk

    Na época, seu "oponente" era o FHC.

    ResponderExcluir
  17. Ainda nao esqueço da ciroca...

    ResponderExcluir
  18. Igreja Universal também andou fazendo algumas ligações esses dias.

    ResponderExcluir
  19. Eita quando a gente começa a dar razão a Monotemática, realmente siginifica... Que chegamos ao fundo do poço e já estamos começando a cavar ele para ir mais para baixo...

    ResponderExcluir
  20. Aqui em Brasília foi eleita deputada federal Bia kisses,mestra em Reiki, um amor de pessoa, só na escola de Reiki.. Na rede social é uma demonia Bolsonaro, preconceituosa,homofobico. Eu me decepcionei tanto que nunca mais voltei na escola dela. Tony,pesquisa, essa criatura rende um post. Beijos.

    ResponderExcluir
  21. Mono, tô feliz com o seu retorno. Você e Babbino são uns amores aqui, sem falar do Tony.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pena o anonimato impedir que desenvolvamos uma relação mais profunda. Bem que o Tony poderia promover um encontro de seus coments. Se bem que é ate meio perigoso ou esquecemos das ameaças no auge do G-O-L-P-E.
      Mesmo assim vale a pena acariciar a idéia. Levarei incenso para nosso querido Tony!
      G-

      Excluir
    2. Awwwwnnnn, que bonitinho!!! Estou tocada!!! ;)

      Mas o Nick me representou bem na minha falta...

      E o Babbino quase me fez ter um orgasmo quando ele ensinou que aquela música deliciosa do Martinho da Vila é sobre punheta!!! DEMAIS!!!

      Excluir
    3. Agora to querendo ir pra Time Warp em São Paulo em novembro, mora aí??

      Excluir
    4. Mono, moro em Brasília, mas juro que sou inocente. Gosto dos seus comentários. Bem vinda de volta.

      Excluir