quinta-feira, 13 de setembro de 2018

DIAS DE TOFFOLI

Como será a gestão de Dias Toffoli à frente do Supremo? Dada a ligação histórica dele com o PT, não espero muita coisa. Por isto mesmo, acho que não vou me decepcionar como aconteceu com Cármen Lúcia. A ministra deixa a presidência do STF tendo comido um frango monumental, que, caso defendido, poderia ter mudado o curso da história do Brasil: ela pegou leve com Aécio Neves, e tudo segue como dantes no quartel de Abrantes. Não acho que Toffoli irá soltar Lula no primeiro dia, mas, ao lado de Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski, ele é um garantista no momento em que o Brasil mais precisa de rigor contra os poderosos. Vamos ver como se comporta.

8 comentários:

  1. Cara...a gente não tem futuro. Não faça esses posts novelizados sobre nossa JUSTIÇA por favor

    ResponderExcluir
  2. Veja o lado bom da história: Carminha pegou o lugar dele na Segunda Turma, quem não saiu da cadeia até agora dificilmente sairá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos ver se o Aécio for preso ela não libera...

      Bicha SELETIVA.

      Excluir
  3. O Mio Babbino Caro
    Como é a história da Carmem colocar o Br como refém do seu ARMÁRIO???

    ResponderExcluir
  4. No primeiro dia,ja absolveu GuifG Mantega...

    ResponderExcluir
  5. Nunca foi Juiz, nunca foi desembargador, currículo, pífio e fraco nem carteira da OAB tem, e se tem levou anos para passar, ou seja indicação do cachaceiro!Pelo fim de indicações no STF, TCU, e outros!Concurso público p estes cargos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 22:12 Isso não resolve nada. Em cargos importantes, concursos são feitos sob medida. Não há como impedir uma manipulação indireta. As vagas são sempre direcionadas para algum dos candidatos. O concutso é feito só para parecer que é justo e idôneo. Aqueles concursos para professor universitário ditos nacionais que exigem inscrição presencial e mais um monte de requisitos que só uma ou duas pessoas do proprio grupo da universidade vão realmente atender são um bom exemplo. Acho muito melhor o sistema do STF. Pelo menos não se esconde quem são os padrinhos da cada um.

      Excluir