segunda-feira, 30 de julho de 2018

UM ANO EM CARTAZ

Hoje faz um ano que eu assumi a coluna Multitela da Folha de S. Paulo. É estranho pensar que, nos últimos 365 dias, meu nome saiu todos os dias no jornal impresso. Mais estranho ainda pensar que eu não fraquejei nenhum dia, mesmo com três viagens internacionais nesse período. Obrigado a todos na Folha que me confiaram essa tarefa e obrigado aos leitores, que me mantêm nos cascos. E agora com licença, que eu tenho a coluna de quarta para terminar.

14 comentários:

  1. Parabéns, Tony.
    Qdo você entrou pensei que não duraria muito tempo, não por você é claro, duvidei do quanto a mídia impressa sobreviveria.
    Como ela se mantém, afinal de contas a morte das revistas e jornais e das bancas é eminente ou temos chance de sobrevivência?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando a TV se popularizou, acharam que o rádio iria deixar de existir. Ele perdeu importância, mas segue até hoje. Os Jornais devem seguir a mesma linha.

      Excluir
  2. O Mio Babbino Caro
    Se tem algo admirável são pessoas altamente profissionais.
    Parabéns!!!!

    ResponderExcluir
  3. Se fosse nos anos 70/80/90 quando era O JORNAL estaria a bater palminhas pra sra!!!
    Porem tornou-se crime ler essa porcaria nos circulos nobres da socidade cultural brasileira!
    Ja prestou atenção no escrabo que é o website deles?!!! O que é aquilo!!!!!!
    Infelizmente no Brasil nao temos O JORNAL ! So temos OS porcaria!!!
    Anyway ... se a sra se acha a fina flor da intelectualidade brasileira por "escrever" uma coluna no jornaleco ... Ahh os delirios .....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 21:02 Que invejinha da Tanya vc tem...

      Excluir
  4. Parabéns, vc merece!

    ResponderExcluir
  5. Parabéns , leio direto. Creio que a coluna já te trouxe outras oportunidades. E que novas e melhores aconteçam sempre.

    ResponderExcluir
  6. Eu dou parabéns. Mas imagino que não seja bolinho ter que estar a par de tantos programas (e muitos ruins). Eu sei que tv e cinema são a sua área, mas não tem uns que dá raiva de ter perdido uns minutos/horas da sua vida?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado. Mas você acha que eu assisto tudo aquilo? Claro que não. Procuro fazer um mix, equilibrando atrações na TV aberta, no cabo e no streaming. Também gosto de ter mais sugestões de programas brasileiros do que estrangeiros (nem sempre é possível).

      Excluir
  7. Eu te amo tanto tony

    ResponderExcluir