terça-feira, 1 de maio de 2018

TRAGÉDIA PAULISTANA

O incêndio e desabamento de um prédio público abandonado há 15 anos e ocupado por dezenas de famílias sem-teto é um resumo trágico de tudo que está errado com São Paulo. Como que um edifício que era o auge da modernidade em 1968 permaneceu tanto tempo vazio? Como que a Polícia Federal sai de lá em 2003, e ninguém faz nada com o lugar? Ou melhor, fizeram: deveria ser óbvio que ele seria invadido. E foi, por movimentos organizados que, no entanto, não se preocuparam com a segurança dos moradores. Esquerda e direita ajudaram a empilhar um equívoco atrás do outro, e a pilha desmoronou na madrugada desta terça. Há dezenas de outros prédios em situação idêntica na região do largo do Paissandu: quem sabe agora alguém toma uma providência? E a sarabanda do suplício ainda teve um momento cômico quando Temer, o Velho, aproveitou que estava em SP para o feriado e resolveu dar as caras, achando que seria bom para sua imagem. O presidente levou uma tunda do populacho, que o expulsou dali a pontapés. Agora que se queimou, ele também vai cair na real?

(Leia aqui a excelente análise do Raul Juste Lores sobre essa tragédia dantesca)

12 comentários:

  1. "Quem sabe agora alguém toma uma providência?"
    Vão tomar as mesmas providências que tomaram após o incêndio na Boate Kiss: talvez arranjar um culpado, se for o caso, julgá-lo num processo que demorará décadas; não mudar nem um pouquinho a regulamentação existente e muito menos alterar a forma de fiscalizar se essa regulamentação está sendo seguida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 11:40 sim, aBiguinho, porque o incêndio na Boate Kiss foi da mesma natureza deste em uma invasão criminosa, com ligações elétricas ilegais. #Jênio

      Excluir
    2. 17:36 Arranje alguém que te ame. Pq bixa azeda pq está mal amada, NINGUÉM MERECE!

      Excluir
    3. Amiginha metida a lavradora das 17:36. A boate não era invasão, mas estava completamente irregular, i.e. ilegal da mesma forma que a invasão. No prédio morreu (até agora) no máximo 1 pessoa, na boate ilegal morreram mais de 200.

      Excluir
  2. São Paulo tendo um dia de Rio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu amor, incêndios em edifícios é tradição da história paulistana. Me poupe...

      Excluir
    2. Que nível de comentários...meu Deus!

      Excluir
    3. Rio também (vide edifício andorinha). Mas prédios desbando (junto com bueiros explodindo) são marca registrada do Rio sos anos 2010 (explosões de gás no centro e são conrado, desabamento do prédio junto ao teatro municipal). Junte isso a tiros de fuzil no ibirapuera e pronto. Rio de Janeiro sem praia.

      Excluir
    4. Meio off-topic, mas adoro a Torre Almirante, construída pela Tishman Speyer no local do antigo Andorinha.

      Anyway, cidades brasileiras são cidades brasileiras. São Paulo acha civilizado pintar a "guia" (ou "meio-fio") de branco. Nenhuma cidade em país desenvolvido faz isso (além de feio, porque fica tudo encardido, não ajuda em nada).

      Excluir
  3. O Mio Babbino Caro
    ...A Miséria o Abandono a Marginalização vicejando deu seu fruto.

    ResponderExcluir
  4. Vai vc abrir uma birosca e os fiscais de tudo aparecem feito abutres querendo tomar seu dinheiro ameaçando fechar seu negócio.
    Mas prédio abandonado caindo aos pedaços nem administração fantástica de Haddad se importa, não dá voto.
    E depois posam de paladinos dos pobres.

    ResponderExcluir
  5. Nada funciona nesta terrinha sem lei, ou melhor uma colcha de retalhos de leis e Normas que ninguém cumpre, uma tragédia anunciada e que vem rolando por décadas e mais décadas, vão falar falar e blá blá blá e vai cair no esquecimento, até acontecer outra tragédia por aí seja de que forma for!Ô lugar esculhambado, este país como diria a Dercy:TÁ UMA MERDA!!!!

    ResponderExcluir