sábado, 12 de maio de 2018

O LOOPING DE MARINA

Depois de quatro anos na moita, Marina Silva ressuscita às vésperas de uma nova eleição presidencial. As primeiras pesquisas mostram a candidata muito bem posicionada, com chances de captar votos à esquerda e à direita. Ela então quebra o silêncio e começa a dar entrevistas, proferindo platitudes. Até que ressurge a pergunta que não quer calar: e as guei, Marina? Evangélica de carteirinha, a ex-senadora tem um histórico de hesitação quanto a este assunto. Mas eis que, ó surpresa, Marina se posiciona a favor dos direitos igualitários! Festa no Vale dos Homossexuais, show de Pabllo Vittar, agora podemos votar nela! Calma lá, pessoal, não é bem assim. Marina diz que sim, apoia, mas que não assina embaixo nem assume compromisso. Precisa refletir. E reflete. E reflete. E reflete.

Há oito anos que embarcamos no looping marinesco. Eterna postulante ao Planalto, Marina Silva não resolveu até hoje o conflito entre sua fé e as demandas de boa parte de seu eleitorado potencial. Coitada, não teve tempo, né? Precisa refletir. Pois eu não reflito mais. Minha gota d'água foi o fato de Marina ter dito no "Roda Viva" de 1o. de maio que tinha assinado a mesma carta de compromisso com os direitos LGBT que Ciro Gomes e Manuela d'Ávila, e depois ter desmentido o que foi dito. Teria apenas recebido a tal da carta, a qual ainda estaria analisando. VTNC, Marina. Vai analisar as dobras do Malafaia. O momento político exige clareza e firmeza, duas coisas que você provou PELA TERCEIRA VEZ que não tem. Eu ia votar em você, ainda mais depois da desistência do Joaquim Barbosa, mas agora percebo que não dá. Cansei do seu looping. Chega.

20 comentários:

  1. Eu não voto, já votei, ela só parece de 4 em 4 anos, e tem mais é verde por fora e vermelha por dentro!Enganados uma vez e chega!!!!

    ResponderExcluir
  2. Já votei em Marina, mas comecei a perceber que ela é desse jeito que você bem explicitou em seu texto Tony! Também não voto, a não ser claro se for Marina x Bolsie no segundo turno! Ixi...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será assim mesmo. Penso e fiz e farei exatamente assim.

      Excluir
  3. “...O momento político exige clareza e firmeza...”
    My master!!!

    ResponderExcluir
  4. Melhor alguém que reflete, reflete e reflete do que alguém que já tem posição contraria definida, convenhamos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A posição dela já é contrária. Ela só diz que refletr mais que espelho pra enrolar as bee tolas que caem nessa conversa dela.

      Excluir
    2. Não, não é. Por pior que seja a posição contrária e melhor sabê-la desde o início que ficar nessa enrolação para "bicha ver". A real posição dela sobre o assunto é bem clara, ela é evangélica.

      Excluir
  5. Só votaria nela se fosse num segundo turno com o Bolsonaro (aliás, eu votaria em qq um que fosse pra um segundo turno com o bolsovômito).

    ResponderExcluir
  6. Atualmente a melhor situação que descreve a minha escolha para presidente é: uma pessoa que acabou de girar o Pião do Baú. Sigo olhando aflito aquele pião girar e girar, escutando aquela música da porra sem saber onde ele vai parar...
    Obviamente na Bolsie, não pararás!.

    ResponderExcluir
  7. Eu nao tenho saco pra evanja! Sorry!!! E lembrando que tanto o bicho preguiça da amazonia como o bostanazi sao evanjas. O ultimo por conveniência pra ganhar votos dos evanjas ignorantes. Good luck brazucas! Vcs precisam! Mas no fundo eu quero que vcs se fodam!!!!

    ResponderExcluir
  8. Sou minoria no Vale, mas voto Bolsonaro. Prefiro lidar com gente honesta. A dissimulação dos que buscam os votos das guei me enoja.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prefere lidar com quem não te reconhece como cidadão pleno? Asno.

      Excluir
    2. Bolsobosta honesto ? Fazes-me rir.

      Excluir
    3. As gay podem casar, e não foi por ação do petismo, não sei que direito falta pra ser cidadão pleno.

      Excluir
    4. 01:16 Nem devia dar conversa para ti, mas vamos lá: gays não podem casar da mesma forma que um cidadão heterossexual, fazem união estável e depois até podem convertê-la em casamento num processo que pode, inclusive, ir para na justiça em alguns casos. Além disso, quem tem sua condição de vida utilizada como forma de ofensa nunca é um cidadão pleno. Já ouviu alguém xingando o outro de: "seu hétero!".

      Excluir
  9. O Mio Babbino Caro
    Essa Mulher nunca conseguiu me convencer. O melhor é ir por eliminatórias, sabendo porem que seja lá quem for eleito deverá cumprir o que Whashgton e as Trasnacionais Já estabeleceram.

    ResponderExcluir
  10. Vrau!! ARRASA muito essa Tonya hein rs... Tony vc está assistindo "Fora do Armário" na HBO to achando muito interessante!

    ResponderExcluir
  11. O jeito é ir de Ciro, mas se o Bolsonaro tiver alguma chance de se eleger, eu voto e faço campanha para quem estiver na disputa com ele.

    ResponderExcluir