segunda-feira, 14 de maio de 2018

ASSALTO À MÃE ARMADA

Um ladrão tem que ser muito mané, ou então estar sob o efeito de tóchicos, para assaltar um grupo grande de pessoas em plena luz do dia. A chance de ter alguém armado no grupo é razoável - e, na frente daquela escola em Suzano no sábado passado, tinha. Os mais cínicos diriam que o rapaz foi vítima da seleção natural. Além de tudo, o cara apontou uma arma para crianças na presença das mães. Ou seja, cutucou leoas com vara curta. Infelizmente ele morreu, o que fez com que a internet se dividisse entre os que exaltam sua morte e os que acham que a mãe-PM reagiu com violência desnecessária. Eu não acho: a mulher deu três tiros no sujeito, mas só exagerou para quem não tem uma cria para proteger. No entanto, eu também lamento mais essa tragédia brasileira. O ladrão era negro, pobre, pé-rapado. Não vou dizer que ele era inocente, porque tem muita gente que nasce nas mesmas condições adversas e mesmo assim não descamba para o crime. Mas, convenhamos, um país onde um assaltante é baleado em frente a uma escola não é um bom lugar para se viver. O pior é que este caso pode dar munição aos asnos que defendem que todo mundo ande armado, não só policiais que passaram por treinamento rigoroso. Nossas cidades podem virar um bang-bang ainda mais sanguinário do que já são. Agora, vou confessar algo de que não me orgulho: revi várias vezes o vídeo, por causa da expressão de dor e surpresa do assaltante. Como muita gente, eu também tenho um lado sádico e vingativo.

(O título original deste post era "O Dia da Mãe", mas mudei para esta sugestão do Rodirgo Guaxupé)

52 comentários:

  1. Corretíssima a Policial. A vida dela e de outros estava em risco imediato e ela defendeu a todos com os meios que ela tinha.
    Azar o do ladrão.
    Quem não dá valor à vida alheia(o ladrão) não merece que a sua própria vida seja vista como valor absoluto. Isso nem é opinião minha, é a lei.
    Já foi tarde.
    Menos um.

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente com o comentário acima. Menos um...

    ResponderExcluir
  3. O bandido devia ser pé rapado e principiante. E é exatamente essa estória de seleção natural que me preocupa. Com base nela, bandido que chega aos 30/40 anos tem a cabeça muito boa (pois soube sobreviver no seu início de carreira) e causará muito mais problemas por ser naturalmente mais inteligente.

    ResponderExcluir
  4. Agora o que me deixar cabreiro nesse vídeo é que todo mundo sai correndo! Até o cara do carro quase vai para cima da policial tentando fugir. As pessoas não sabem agir em coletivo. Parecem não saber que em grupo são mais fortes, mesmo que não tivesse alguém com uma arma. É sempre o cada um por si que deixa sociedade cada vez mais fraca e caminhando para o anarquismo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a reação natural do ser humano. Eu também teria saído correndo, ainda mais se tivesse uma criança sob meus cuidados. Para reagir com a PM, só mesmo tendo passado por um treinamento.

      Excluir
    2. Ah depende. Tem gente que naturalmente reage, mesmo sem treinamento. Vide, aquelas propagandas para não reagir a assaltos.

      Excluir
  5. Tony, eu tenho impressão oposta. Se eu fosse um bandido, acharia que é menos arriscado assaltar um grupo de mães e filhos do que um homem qualquer pelas ruas. O número de PMs femininas é muito pequeno. Mulheres não andam armadas, são uma minoria entre presidiários e delinquentes. Junto com crianças, as chances de haver alguém armado é menor ainda. Esse bandido é muito azarento, mas muito azarento mesmo!!

    Vale repensar o que vc escreveu.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não havia só mulheres na porta daquela escola. Também tinha vários homens. E repito: só mesmo um mané ou um drogado para atacar um grupo tão grande, que ele não pode controlar. Nem precisava ter alguém armado: poderia vir alguém do lado, ou mesmo por trás do meliante.

      Excluir
    2. Tony, as crianças iriam fazer uma homenagem às mães. Só tinha mulher na porta do colégio. Poderia ter um homem perdido no local mas a maioria era de mães e crianças. Alvo fácil de ladrões.

      Excluir
    3. Tem sempre um homem por perto. Ainda mais num colégio, onde costuma haber um bedel ou um segurança. O bandido agiu sem pensar e sem calcular o risco que corria.

      Excluir
    4. Da pra ver claramente um homem razoavelmente corpulento no meio das mães com cara de inspetor/porteiro/“segurança”. E as mães já estavam de olhos arregalados antes do meliante aparecer no enquadramento, ou seja, elas viram de longe que ele tava vindo com uma arma na mão. Provavelmente deveria estar andando com aqueles trejeitos de noiado antes mesmo de virar a esquina.

      Excluir
    5. Havia pelo menos um homem. Segundo a notícia que li, um funcionário da escola que o bandido estava revistando quando levou o tiro da policial.

      Excluir

  6. A viralização desse vídeo se deve justamente por essa inversão de expectativa.

    Foi a mesma coisa que aconteceu com aquele garotinho gordinho que desceu a porrada num Bully magrelo.

    O fato eh que mulheres, em geral, são vítimas potenciais: são fisicamente mais frageis. O mesmo se aplica a velhos e deficientes, por exemplo. Não que bandido seja covarde, definir vítimas potenciais eh ateh de uma certa inteligência...


    "A reação é um ato de coragem muito perigoso".

    Essa e a única crítica plausível para esse acontecimento.

    ResponderExcluir
  7. Subscrevo ao post. Ja fui assaltado em plena Av. Afonso Pena em Belo Horizonte ás 9h da manhã. O cara estava em abstinência, looogico. Dei uns 50 reais porque nao queria arriscar perder meu ipad. Há casos em que a pessoa se ferra por pouca coisa. Em BH quase todos meus assaltos foram de crackudos. Muitas vezes uns 10 real resolve. Duro sao os mais profissionais que levam tudo e "trabalham" em ruas escuras e de pouco movimento. Uma coisa é defender um filho, outra coisa é arriscar a vida por causa de um ipad.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando vou andar na rua em SP sempre tenho em um bolso mais escondido a carteira e o celular real e num outro a carteira e o celular do roubo: uma carteira velha com uns papeis sem importância e uns 50 reais dentro e um celular antigo que não uso mais. Por sorte até hoje, nunca tive que usá-los.

      Excluir
    2. Se isso for verdade. Aconselho a procurar um psiquiatra.

      Excluir
    3. Mas os cariocas já até patentearam esse truke tem séculos. Pergunta pras vovozinhas de Copacabana se elas não andam com a “carteira do bandido”?

      Excluir
  8. Infelizmente ele morreu. Infelizmente pra você, né? O bandido saca uma arma na frente de crianças e é alvejado. Felizmente um bandido perigoso e sem escrúpulos morreu e ninguém se feriu. Se o cara é pé de chinelo, drogado, pobre,preto é algum tipo de atenuante, o que dizer da imensa maioria de caras honestos que ralam pra ter uma vida decente mesmo tendo poucas condições e vivendo no país de Temers, Serras,Aecios e Lulas..
    Não, Tony, a internet não está dividida em relação ao caso. 99% contra 1% não é exatamente uma divisão, né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que o Tony usou dividir no sentido de: "decompor em diversas partes ou porções" não no sentido que você entendeu de: "distribuir proporcionalmente".

      Excluir
    2. 17:50 Felizmente um Tony não incorporou esses espírito fascista.

      Excluir
  9. Eu sou a favor de que todo mundo ande armado. Daí, os próprios assaltantes teriam medo de assaltar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ou fariam da mesma forma que agem ao ir eliminar um de sues comparsas ou rivais (que provavelmente estão armados): chegam atirando em todo mundo que está perto naquelas chacinas que ocorrem de tempos em tempos.

      Excluir
    2. Armar todo mundo. Aí sim teríamos mais assaltantes.

      Excluir
    3. Timão 18:36 Aquelas chacinas que infelizmente invariavelmente tem policiais envolvidos.

      Excluir
  10. A verdade é a seguinte: o cara foi assaltar e de azar de ter uma policial na cena. Ela sacou mais rápido, teve mais destreza e venceu o combate. Foi uma luta justa. É um faroeste. Ganha que é mais rápido no gatilho. Acho que cada vez mais veremos cenas como essa.
    Agora, na guerra inútil (e cheia de altos interesses) do tráfico de drogas, não tem como fazer justiça. Ganha quem tem mais armamento pesado.

    ResponderExcluir
  11. O Mio Babbino Caro
    O que vejo que diz mais sobre nós nesse quadro é a fuga.
    Uma mãe chega a esquecer a própria filha o "bedel" correndo. Após a cena definida o carro sai em disparada quase atropelando a mãe. Triste cena a colocar mais fermento nesses turvos dias que estamos vivendo.

    ResponderExcluir
  12. Ninguém vai comentar da (suposta) mãe que sai de fininho, visivelmente tendo se esquecido da filha (de blusa cor de rosa) e voltando pra buscá-la? :=)

    ResponderExcluir
  13. O Stallone previu isso: Pare, Senão Mamãe Atira, um dos melhores filmes do século XX. Acho que ganhou o Oscar de melhor roteiro e melhor ator e atriz, assim como de melhor filme! Ganhou também o Grande Prêmio de Cannes derrotando ninguém mais, ninguém menos do que Jean Luc Goddard!

    ResponderExcluir
  14. Ao contrário do que muitos possam pensar, também achei a atitude dela correta, ela estava fazendo serviço dela. Porém o espetáculo montado depois do ocorrido que me preocupa, poisa direita vai tentar aumentar os votos de Bolsie com o ocorrido!
    Nick

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chola mais Nica, a realidade das ruas fala mais alto que suas análises infantilóides.

      Excluir
    2. 1) 20% :Vai entrar pra história como o candidato a presidente que foi para o segundo turno com menos voto!
      2) "Chola mais Nica" Será que eu que sou infantiloide!?
      Nick

      Excluir
  15. As biichas estao cegas? Lógico que tem homem ali!
    Quanto ao assassinato e a violência de faroeste bang bang em frente de escola e em todos os lugares, nao me venham a reclamar: vcs nao foram empurrar pato na paulista?, jura que vcs nao sabiam que isto viria acontecer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este é o cúmulo da má-fé: então quer dizer que durante os governos do PT não havia violência?

      Nunca é demais lembrar que foi a crise provocada pela Dilma que empurrou milhões de brasileiros de volta à miséria. O resultado está aí.

      Excluir
    2. Esse esquerdopata ai vc não chama de asno, por quê será não é? Ofensa seletiva para não desagradar o público sensível que se vc peitar te coloca na fogueira como fazem com qualquer um que os contrarie.

      Excluir
    3. A policia paulista tucana é a mais bem preparada do país. Dorme com essa esquerdinha...

      Excluir
  16. Bom, acho que meu post não foi. Acho que existe uma diferença entre (1) o que ocorreu e (2) o prazer sórdido e racista que advém do compartilhamento em massa do vídeo. Let's face the truth -- it's a fucked up country.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 02:50 la esses broncos alcançariam essa reflexão. A turba quer cadáveres.
      O negocio aqui desandou e o governador leva flores para assassinos.

      Excluir
    2. O raciocínio equivocado de pessoas que confundem formação com doutrinação sempre supera a notória capacidade deles de passar vergonha. Precisam defender a agenda carcomida em cada mísero espaço que encontram. Não entendem que são o passado, o velho, o ultrapassado, a esquizofrenia de um espírito do tempo em vias de ser abandonado.

      Qual a dificuldade em enxergar que as pessoas estão simplesmente cansadas da criminalidade? Ou que o senso de certo e errado é inerente ao humano? Ou que sempre, sempre, absolutamente sempre há escolhas? Numa porta de uma escola cheia de crianças, alguém que valesse um vintém estaria vendendo doces, balas e pirulitos.

      O prazer da população, se há, é ver o bem vencer o mal, o certo se sobrepor ao erro, o justo não sucumbir frente ao injusto. O problema é que a psicopatia de fundo esquerdista impede uma análise objetiva da realidade. Essa gente consumiu centenas de milhares de reais durante a vida para adquirir desinformação em vez de conhecimento.

      Tanto faz se o bandido era preto, branco, rosa, amarelo ou azul, isso é circunstancial e só faz qualquer diferença para quem perdeu a capacidade de hierarquizar aquilo que observa, colocar-se à margem dos clichês e desconectar-se de uma ideologia racista com sinal trocado.

      Felizmente estão cada vez mais isolados e ouvindo apenas o eco da própria voz.

      Excluir
    3. "Tanto faz se o bandido era preto"??

      Pretos são marginalizados no Brasil desde sempre. Não têm acesso à educação, ao saneamento, à saúde. Sem perspectivas, alguns resvalam para o crime. Nossas cadeias estão cheias de pretos. Isto não tem nada de "circunstancial".

      Excluir
    4. Sem querer me meter, mas já me metendo, qual escola no Brasil barra o acesso do preto à educação? Qual posto de saúde recusa atendimento a pretos? As empresas de águas e esgotos se recusam a instalar infraestrutura em casas de não-brancos? Olha aí essa fanfic de esquerda. Sou preto de pai e mãe e não conheço esse país nāo. Sei que meu tataravô não se dava muito bem, mas isso só continua na fala de quem quer me manter quietinho na senzala ideológica. Tô fora.

      Excluir
    5. 13:35 Não sei que capacidade é esta do blog atrair esses seres dos opostos, não bastasse as gays bolsomitas, agora as bicha preta holydEianUs.

      Excluir
    6. Não concorde com um fascista e ele te chamará de "bicha preta holydEianUs".

      Excluir
    7. DeFu 12:42 Seu erro é um mal de raiz você não é capaz de mudar a realidade que estamos inseridos.
      Sua participação nesse fórum é uma missão, uma cruzada que se autodeterminou de convencimento e conversão, que todos já sacaram. Usa o espaço única e exclusivamente como púlpito para suas pregações doentias.
      Não interage com nada que não seja o professar sua fé ideológica redentora que só convence convertido.
      Não você não é o cara por favor caia na real.

      Excluir
    8. Arrasou com a defuNTA !!!! Hahahahahahahahahahahahahhaha

      Excluir
  17. Atirar pra matar é crime! Se tem bandido pé rapado é pq tem bandido peixe grande, tipo os banqueiros da dívida pública (Setúbal maior gângster do país)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 8:42 Se há dívida pública, há um Estado que gasta mais que arrecada e precisa emitir títulos para financiar a farra dos direitos infinitos e a inevitável corrupção que surge em toda máquina administrativa burocrática e paquidérmica. Não inverta causa e consequência, sob pena de espalhar ainda mais desinformação travestida de discurso revolucionário.

      Excluir
  18. Êxodo 22:2 “Se o ladrão for achado roubando, e for ferido, e morrer, o que o feriu não será culpado do sangue."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 17:23 kkkkkkk se for pínçar versículos bíblicos para justificar qualquer coisa, não sobra nada.Kkkkkkkk
      Não falo que o viadeiro está maluco.

      Excluir
    2. Viado não deveria citar a Bíblia para nada... just saying.

      Excluir
    3. Mas o que é isso aqui agora???? To desconjurada!!!
      Tem a defu NTA fazendo apologia a matança, viado citando versículos da bribria, tem a reaça culpando Marx por toda a desgraça! Realmente é triste ver a doideira das viadas..

      Excluir