quinta-feira, 31 de maio de 2018

NADA A TEMER

Michel Temer, o Velho, achou que ficaria no Planalto por mais de seis anos. Depois de derrubar Dilma em 2016, ele e sua gangue dariam um jeito na economia. Uma virada de jogo parecida com a do Plano Real, que elegeu FHC em 1994. Equipe técnica para isto ele tinha; o que faltou foi equipe política. Um círculo íntimo formado por Eliseu Padilha, Romero Jucá e Moreira Franco não tinha como dar certo no Brasil de hoje, que tem Lava Jato e redes sociais. Esse pessoal parou em algum momento dos anos 80, antes da chegada da TV a cabo - internet, eles não fazem a puta ideia do que seja. Cada tentativa canhestra de melhorar a imagem do governo deu com os burros n'água: das risíveis campanhas criadas por Elsinho Mouco à tentativa de transformar Marcela Temer, que tem carisma zero, em garota-propaganda. E mesmo que essas iniciativas fossem boas, seriam massacradas pela realidade. As gravações de Joesley Batista, as investigações sobre o porto de Santos e a greve dos caminhoneiros terminaram por enterrar a presidência do Velho sete meses antes do fim. Temer se mostrou inapto, corrupto, incompetente, despreparado. Nem quem apoia suas reformas gosta dele. Seus planos deram todos errado, sua reputação se arruinou, sua perspectiva a médio prazo é a cadeia. Agora teremos que conviver com esse fantasma desmoralizado até o final do ano. Um cachorro morto, um pato manco, um zumbi. Nem precisamos mais gritar "Fora Temer": ele já saiu, foi só sua casca que ficou.

13 comentários:

  1. O Mio Babbino Caro
    Tudo isso justificou o alívio de não ter o PT no poder!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinceramente, não acho que com o PT ainda na presidência teria sido muito diferente. Vc acha que teria? Mesmo?

      Excluir
    2. Baboo, não disfarça que nós sabemos que vc votou nele. Estamos de olho, hein?

      Excluir
    3. 16:57/20:48 Em qualquer "democracia" político ruim se substitui na eleição seguinte. Perder por uma diferença de "apenas" 3% é perder, além de nos livrarmos de uma figura asquerosa como Aécio. Aprendamos a lição.

      Excluir
    4. Pessoa (?) das 00:31. Eu não votei no Aecim, não, e não apoiei nada disso que rolou aqui. Xôôô!

      Excluir
    5. 08:58
      Omisso!!!

      Excluir
    6. Kkkk como se fizesse diferença um ou outro ter apoiado ou não. A massa tava nas ruas, não adianta ficar revoltadinha porque até hoje não engoliu que seu partido é uma quadrilha e que vc é conivente.

      Excluir
  2. Já tem deputado dizendo que ele não dura até outubro. Difícil prever qualquer coisa no Brasil...

    ResponderExcluir
  3. Duvida que vai voltar um dia como senador? Collor que o diga, e Dilma em breve. O Brasil ama seus ratos.

    ResponderExcluir
  4. Acho que, nos planos dele, não continuaria no governo por melhorar a econômica do país, mas sim por livrar seus comparsas da cadeia. Como a Lava-Jato ainda está segue lavando muita coisa perdeu todo aquele apoio que tinha.

    ResponderExcluir
  5. 15:03 Concordo contigo. Ele é capaz de voltar e, ainda por cima, com pompa, sendo um dos mais votados...

    ResponderExcluir
  6. Governo com cara de (P)MDB - todos, eu disse todos- são assim! Esse partido asqueroso acabou com o meu estado e está acabando com a minha cidade! Ariquemes/Rondônia. Eu nem gosto de imaginar o que rola na União, pois a vontade de chorar é grande! Sei disso pois sou funcionária pública de carreira e trabalhei nos governos (P)MDB (como se o problema fosse a letra P😱) e sei como funciona a máquina gerida por eles! Eles não estão nem aí, pra nada, pra ninguém! Foram-se todos!

    ResponderExcluir
  7. "Equipe técnica para isto ele tinha"...

    Senhor!

    Tony, seu fascistinha!

    ResponderExcluir