terça-feira, 29 de maio de 2018

MÃE SÓ TEM DUAS


A "maternidade real", que vem ganhando visibilidade na internet graças a sites e blogs escritos por mães estressadas, finalmente ganha um filme digno da gravidade do assunto. Só que "Tully" é uma comédia, e das mais inteligentes. O roteiro de Diablo Cody (que ganhou um Oscar por "Juno") escapa das piadas fáceis e espalha um monte de pistas falsas, ao mesmo tempo em que cria personagens de carne e osso enfrentando problemas com que muita gente vai se identificar. Charlize Theron, aos 40 anos e com muitos quilos ganhos para o papel, nunca esteve tão bem. Ela faz uma mãe de três filhos pequenos que, sem tempo para mais nada, "ganha" do irmão rico uma babá noturna, que cuida de seu bebê recém-nascido para que ela consiga dormir bem. Aos poucos a moça (a Tully do título) vai se revelando uma ótima mãe, dona-de-casa, amiga e confidente - alguma coisa deve estar errada, não? Mas não é o que a gente imagina. Sem pudor de denunciar a dor de ser mãe, "Tully" está mais para delícia.

8 comentários:

  1. O Mio Banho no Caro
    Eu queria falar é dos Caminhoneiros não dá pra deixar a "maternidade" pra depois.
    Fica zangado não tá todo mundo assim...gasolina rsss

    ResponderExcluir
  2. Oi Tony! Faz um post sobre pq tantas jovens atrizes aparecem com suas namoradas sem problemas e pq não existe uma contrapartida masculina.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ué o Bonemer não conta? E vai se preparando porque um astro de primeiro escalão vai sair do armário. Mas o meio gay já sabe dele há anos.

      Excluir
  3. Uhm. Parece interessante. Quando (e se) sair no Now, eu assisto.

    ResponderExcluir
  4. 21:50 Se você quer falar sobre os caminhoneiros uma boa discussão é: o fato de bastiões adorados pela direita (Kim, Raquel Sheherazade, Rodrigo Constantino e o general Villas Bôas) agora virarem alvo da dita "extrema-direita", leia-se (na maioria dos casos) os mini-Bolsies. Todos os bastiões, seguindo a cartilha da direita, são contra qualquer tipo greve. Esse povo da dita "extrema-esquerda" não sabe que greve é coisa comunista?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha. Vi a matéria na Folha/UOL, achei interessante! Também quero comentários do Tony sobre, junta política com mídia! Mas claro que eleitor de Bolsie não sabem que greve é de esquerda e que Margaret Thatcher iria odiar (visto que NÃO SABEM justamente pq vão votar nele e isso já diz tudo). Pensei que era a esquerda que estava fragmentada no Basil, mas vejo que a direita nem organizada está hahhahah
      Nick

      Excluir
    2. Deve ser gostoso se achar culto e soltar uns hahaha em blog sabendo ( e fingindo que nem sabe, pois sonso define a pessoa) que a ideologia que defende afundou o país, sob ordem da gangue de marginais que continua no partido esperando voltar pra continuar o assalto.
      Deve ser gostoso ser assim um inútil pateta.

      Excluir
    3. 01:05...Não tem solução pois acredito que você acredita no que diz.
      Vamos ao post seguinte.

      Excluir