quarta-feira, 4 de abril de 2018

PAD THAI

A Tailândia é um assalto aos sentidos. Cores fortes, sabores estranhos, cheiro de tudo quanto é jeito. E Bangkok é um caleidoscópio. Não é bem uma cidade charmosa, mas é fascinante e avassaladora. E o que tem para fazer por aqui? Bom, o programa inescapável, o Cristo Redentor thai, é o Buda de Esmeralda, que fica em um complexo de templos anexo ao Palácio Real, o Wat Phra Kaeo. Estive lá em 1978 e meu queixo caiu; voltei agora e caiu tudo de novo. Dessa vez ainda visitei o vizinho Wat Pho, que tem uma famosa estátuda do Buda reclinado. Tem que ir.

Menos obrigatórios são os mercados flutuantes, que hoje ficam quase todos fora da cidade. Fomos ao de Damnoen Sudak, a mais de uma hora de estrada, e me decepcionei um pouco. É feito só para turistas, e quase todas as porcarias que se vendem ali são industrializadas. Necas de artesanato local ou autenticidade, mas tá valendo.
Turista gosta de se enfiar em shopping, e nós não somos exceção. Mas também nos arriscamos na Chinatown de Bangkok, onde tem fila para entrar nas lojas que vendem e compram ouro. Também há farmácias exóticas, restaurantes sombrios e uma casa com mais de 200 anos aberta à visitação.

Também fomos a Ayutthaya (pronuncia-se aiutaiá), a antiga capital do Sião, a 80 km de distância. Localizada em uma ilha na confluência de três rios e saqueada pelos brimaneses em 1767, a cidade moderna de hoje é salpicada de ruínas de diversas épocas com pedaços de Buda para todo lado. Aprendi a diferenciar o antigo estilo khmer, de torres arredondadas, das pontas agudas das dinastias mais recentes. E assim vamos devorando a Tailândia: feito o prato mais típico daqui, o pad thai, o país não tem uma receita fixa, mas diversos ingredientes que se combinam de forma quase aleatória. Tem horas que arde muito, tem horas que é bem docinho.

(Veja minhas fotos pessoais da viagem no meu perfil do Instagram)

24 comentários:

  1. A picância tailandesa é famosa.

    ResponderExcluir
  2. Legal vai ser Laos né

    ResponderExcluir
  3. E a vida (gay) norturna na Tailandia? Tem? Como é?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ô se tem, mas termino os dias tão cansado que ainda não fui a lugar nenhum.

      Excluir
  4. O Mio Babbino Caro
    Gigante Tony rsss que bom saber que em seu grupo há uma saudável diversidade de opiniões. Você não imagina como estão levando a sério o dia de hoje por aqui. Mal sabem que isso é Br e

    ResponderExcluir
  5. conversando com um alemão, ele me disse que gostou de Bangkok, mas que era uma cidade muito barulhenta, poluída e suja. Bangkok? A mesma Bangkok que eu conheci? Ou será que estamos tão acostumados ao caos que uma cidade moderadamente ordenada nos parece avançada? Ou os alemães estarão tão acostumados com a ordem que qualquer cidade moderadamente barulhenta parece não-civilizada? Que dilema ...

    ResponderExcluir
  6. Curiosidade: ainda não identifiquei nenhuma comoção significativa com o tiroteio no Youtube. A atiradorA vegana, bodybuilder, ativista dos Animais e muçulmana não se enquadra exatamente no discurso antifa dos fascistas de plantão, né? Se fosse homem, caucasiano, filiado ao Partido Republicano e eleitor do Trump, já teria post até aqui no blog, mesmo com a viagem rolando. O problema é que o caso só prova que armas, facas, carros, caminhões e bombas não mantam ninguém, já os malucos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caguei pra esse tiroteio, mas pra contribuir ao seu comentário, devo dizer que pros indignados humanistas de esquerda ela era apenas uma doida varrida.
      Não serve à causa.

      Excluir
    2. 13:34 Vc precisa de tratamento isso está virando um transtorno obsessivo.

      Excluir
    3. Sim pra eu, um esquerdista ela era uma doida varrida assim como todos os outros autores de tiros no EUA. Por isso sou a favor de leis regidas sobre armamento . Pois não é qualquer um que tem equilíbrio mental pra portar uma arma . Nick

      Excluir
    4. Anonima 13:34 a sra é meia doida! Isto esta claro!
      Quanto a sua comparsa doida plena americana, lo siento! Nao serve a causa!
      Next

      Excluir
    5. Tia tonia, please ne!!!! É muita deslumbracao e bem das chatas!!! Tailandia !!!???? Por favor pare que esta feio e chato!!!
      Quantos vezes ja fui pra Tailandia??? Sei la ...umas 30 vezes ... nada pra ficar com essa deslumbracao cafona!!!! Pare!!!!

      Excluir
    6. Tia tonica Pode meu bem... sua invejosa...alem da Tailândia ser linda, titia esta muito bem acompanhado.

      Excluir
    7. Invejosa eu??? hahahahahahahaha!!! Inveja do que mizifia? Da beleza? Do poder? Da idade? Seja mais precisa next time e nao tão assim ... como dizer...vaga?

      Excluir
    8. ENTAO VOU SER DIRETO, INVEJOSO SIM, MAL AMADO SIM E RECALCADO TB, NAO GOSTA DO DONO DO BLOG..COMA MENOS E VAZA DAQUI!

      Excluir
    9. Nossa capitão do mato, calm down! Eu acho que a sra precisa tb de uma lua de mel a dois kkkkkkkkkkk

      Excluir
  7. Você vai esticar a viagem aos países vizinhos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou a Luang Prabang no Laos, Siem Reap (Angkor) no Camboja e na volta ainda passo uma noite em Hong Kong.

      Excluir
    2. Hong Kong, a China que não é China é um lugar muito bom!

      Excluir
  8. Antiga capital do Sião, me fez lembrar o filme original em preto e branco, Ana e o Rei do Sião, ótimo filme.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Babbino
      Sião...a mim já me fez lembrar "Os pescadores de Pérolas" de Bizet.

      Excluir
  9. Vcs estao viajando em grupo? Pois alem do seu marido,vi o zeca e um monte de atrizes e jornalistas. Entao é uma lua de mel ou road trip de amigos? Ou oa dois?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Road trip de amigos na primeira parte (Bangkok), lua de mel a dois na segunda (Laos e Camboja).

      Excluir
  10. Não sei porque, mas acho muito bonito as ruas cheias de publicidade caótica (como a da terceira imagem) que existem em alguns lugares ao redor do mundo! Uma pena, SP não ter uma dessas... :(

    ResponderExcluir