sexta-feira, 27 de abril de 2018

OI BOTA AQUI O SEU PEZINHO

Muito fofo ver os líderes das Coreias do Sul e do Norte colocando o pezinho um no país do outro. Menos lindo é ouvir que Trump está fazendo o que Obama não teve culhão de fazer: desnuclearizar a península coreana. O ex-presidente disse várias vezes estava disposto a se encontrar com Kim Jong-Un, só para ser achincalhado pela maioria republicana no Congresso e pela Fox News. Aliás, o vídeo abaixo demonstra com clareza o viés do canal de Rupert Murdoch. Mas calma que novembro vem aí, com as eleições de midterm nos EUA.

11 comentários:

  1. O Trump não está desmilitarizando nada. O que ele fez foi dizer para a Coréia do Sul: America First! em alto e bom tom. Com aquele ameaça toda de guerra que ele criou, a Coréia do Sul (que era quem ia mais se ferrar com isso) resolveu deixar sua postura de colônia americana e passou a agir sozinha. O Japão (outra colônia) está começando a seguir o mesmo caminho de independência. O Trump é um ótimo presidente para fazer as "colônias americanas" pararem de agir como tal. O governo americano sempre agiu e sempre vai agir no estilo America First.
    O Trump, ao contrário dos outros presidentes, não finge o contrário. E isso faz com que os outros países passem a buscar uma postura mais independente dos EUA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só eu sinto o odor de uma fanfic aqui em 15:32?

      Excluir
    2. A fronteira americana com o México vem sendo cercada a muito tempo. Nunca deixou de ser, nem na era Obama. Quem acha que o governo americano, tem ou ja teve preocupação com o bem estar mundial é muito inocente. Os EUA sempre tiveram uma postura imperialista. A diferença é que, os últimos, os presidentes eleitos disfarçavam essa postura. O Trump, para o pesadelo dos diplomatas deles, não disfarça.

      Excluir
  2. Teremos sossego por um bom tempo!!!! Assim esperamos.

    ResponderExcluir
  3. Eu soube que o dia foi de luto na Globo News, Tony:

    https://m.oglobo.globo.com/mundo/coreia-do-sul-da-credito-trump-por-reaproximacao-com-norte-22272582

    ResponderExcluir
  4. Sejamos honestos, Trump foi eleito se opondo a praticamente tudo que os Democratas defendem, com uma perseguição feroz de quase toda a mídia, sem o apoio do beautifull people e APESAR do Partido Republicano. Já fez em um ano e meio mais que Obama em dois mandatos, segue cumprindo suas promessas em um ritmo inédito e, gostemos ou não, é um estadista forte como há tempos não se via.

    Quando admitiremos os fatos e assumiremos que erramos ao avaliá-lo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando ele fizer alguma coisa que preste.

      Por enquanto, foram só escândalos sexuais, saída dos EUA de tratados importantes, temepstades verbais no Twitter dignas de uma criança, empoderamento da extremíssima-direita e perseguição a gays e transexuais.

      Excluir
    2. 17:46 kata suas tralhas e vai pra lá! aquela bosta vai te receber de bracos abertos!!!! (Kkkkkkkkkkk)

      Excluir
  5. Será mesmo que teremos uma onde democrata? Não há dúvidas que o partido fará ganhos em assentos na Câmara e Senado, questão é saber se esses ganhos darão maioria ao partido.

    ResponderExcluir
  6. A FOX me lembra imprensa tipo catraca livre, Luís Nassif, PH Amorim, mídia ninja.
    Só que sem aquele pixulecozinho da Dilma.

    ResponderExcluir
  7. Tony vc está esquecendo de levar em consideração que blefe tbm é uma forma de fazer política, e isso ele tem feito com competência. Na diplomacia, nem tudo que é dito, é para ser levado ao pé da letra. Nem estou dizendo que ele é um gênio da negociação, mas que ser um blefador pode estar dando resultado.

    ResponderExcluir