quarta-feira, 25 de abril de 2018

MINAS DAS ANTIGAS


A banda novaiorquina Brazilian Girls - que não tem nenhum brasileiro entre seus integrantes - lançou três ótimos álbuns em meados da década passada e depois sumiu. Dez anos depois, eles ressurgem como se nada, com o mesmo som que mistura rock, eletrônica e muitas pitadas internacionais. A vocalista Sabina Sciubbia (que fala seis línguas, inclusive português) merecia mais adulação: repare no vídeo acima o quanto a mulher é diva. E é só mais uma que reapareceu.

Outra que andava sumida é a inglesa Lisa Stansfield, que jamais se tornou a superstar que seus primeiros anos prometiam. Depois de um tempo sem gravar, ela volta com "Deeper", talvez o melhor disco de sua carreira - o que não quer dizer muito, porque ela jamais lançou um disco inteiro bom. Mas "Everything", a faixa de abertura, ou "Billionaire", que rendeu clipe, são pop bem feitinho, que vai agradar ao público semi-careta que Lisa mantém desde que surgiu.


Mina nunca sumiu por muito tempo, mas diminuiu o ritmo frenético de lançamentos nos últimos anos. Hoje vivendo reclusa em Lugano, na Suíça, a cantora italiana de maior sucesso de todos os tempos não dá mais entrevistas, não faz televisão e sequer aparece nos próprios clipes, a não ser em animação. Mas a voz continua potente, aos 77 anos de idade. O recém-lançado "Maeba" inclui tango, rock, baladas napolitanas e até covers de George Michael e Elvis Presely em pegada de jazz. É disforme feito uma ameba, mas é ótimo. Questa Mina è ancora regina.

5 comentários:

  1. Sim, Mina, eterna Regina. E esse clip,lançado a cerca de um mês, tem uma pegada do filme I am Love.

    ResponderExcluir
  2. “Lisa Stansfield é um dos 10 cds que a sua mãe tem no carro dela.”

    To tentando lembrar onde eu vi isso que eu rachei de rir.

    ResponderExcluir
  3. Vamos ter um post sobre Trump, the best president, aos beijo com Macron? Sobre Melânia lacrando nos modelitos, ao lado da véia francesa? :*

    ResponderExcluir
  4. Lida Stansfield sempre foi maravilhosa e faz um pop de qualidade. Tem gravado com certa regularidade sim, assim como uma outra diva, Sade. Apenas naibfazen música chiclete para as massas, o que pra mim já é um indício de boa música.

    ResponderExcluir
  5. Tony, uma pergunta do fundo do meu coração que já amou música e passou a vida dedicado a ouvi-las:
    Você ainda tem saco de ficar escutando essas coisas "novas"?
    Acho tudo um tédio profundo, inclusive porque de novo não tem nada.
    A música pop/rock morreu e esqueceram de atestar, talvez porque ainda venda ingresso de festivais, e olhe lá.
    Não sei como vc tem saco pra ouvir tanta baboseira.

    ResponderExcluir