sábado, 3 de março de 2018

O INCRÍVEL FILME QUE ENCOLHEU


Até a metade, "Pequena Grande Vida" entrega tudo o que o trailer promete. É uma comédia irônica sobre uma técnica fictícia de encolhimento de gente. A justificativa nobre é que as pessoinhas gastem muito menos recuros e quase não poluem o planeta, mas o que convence o personagem de Matta Damon a se reduzir é a perspectiva de ficar milionário: a vida fica muito mais barata, e quem tem algum patrimônio irá vê-lo se multiplicar por dez. Aí a história dá um pulo de um ano, muitas coisas mudam sem explicação e o filme vira um libelo pela igualdade e solidariedade, sem o humor cáustico de antes. Verdade que é só nesta segunda parte que surge Hong Chau, como uma refugiada vietnamita sem papas na língua. Mas o roteiro - que levou uma década sendo burilado - parece ter sido inventado à medida que iam filmando, sem ninguém saber onde ia dar. Esta é a primeira vez que me desaponto com o diretor Alexander Payne. Achei que ele era maior.

3 comentários:

  1. Ahhhhh! Tinha visto o trailer e ficado super interessado em ver. Agora, depois de ler seu texto, é mais um que vai para a lista: "ver quando sair no TelecinePlay ou NetFlix".

    ResponderExcluir
  2. Tony, vc fez curso de francês? (VERGONHA)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiz aula particular durante muitos anos.

      Excluir