domingo, 4 de março de 2018

A MULHER MAIS BONITA DA REPÚBLICA

Conheci Tonia Carrero pessoalmente em 1996, quando eu era roteirista do "Gente que Brilha" do SBT (o programa, uma variação do formato "Esta é Sua Vida", tem sua atual encarnação no "Arquivo Confidencial" do Faustão). Tonia, na época contratada da emissora de Silvio Santos, foi uma das homenageadas, e eu precisei fazer uma extensa pesquisa sobre sua vida e carreira. Além dos sucessos e dos amores, topei com um dado curioso: ela foi a primeira mulher a estampar o dinheiro brasileiro. Não por seus méritos de atriz, mas pela beleza estonteante - "clássica", como se dizia antigamente. Tonia aparecia nas moedas como a efígie da República, uma mulher de cabelos esvoaçantes inspirada na Marianne francesa. Depois a imagem foi adaptada para as cédulas e os traços endureceram, mas a semelhança ainda estava lá. Quando tocamos neste assunto no programa, Tonia se envaideceu toda - lógico - e ficou de perfil, como que para provar que era ela mesma no dim-dim. Afável e divertida, não perdeu o bom humor nem quando começou a chover dentro do antigo teatro Silvio Santos durante a gravação, e faxineiras invadiram o palco com seus rodos. Era uma "femme du monde": viu tudo, fez tudo, conheceu todo mundo e queria sempre mais. Conseguiu muito, apesar de seus últimos anos não terem sido nada fáceis. Vai brilhar para sempre, no metal e na memória.

7 comentários:

  1. Diva é pouco prá uma Mulher como Tônia. Que Deus a receba de braços abertos.

    ResponderExcluir
  2. Gosto de assistir os filmes dela jovem só para admirar a beleza dela, os filmes são um porre na reprodução luxuosa e vazia de Hollywood, mas a beleza dela... como é bom ver o belo!!!

    ResponderExcluir
  3. Bela por dentro e por fora! A alma voará ao universo!

    ResponderExcluir
  4. Não só linda e grande artista como ativista atuante contra a ditadura militar. Em 1969 ela foi depor a favor de Vladimir Palmeira num julgamento em tribunal militar. Muito corajosa.

    ResponderExcluir
  5. Uma grande perda, eu não conhecia sobre o dinheiro esfinge,fico imaginando se ela tivesse nascido nos EUA, ou na Europa, seria conhecida mundialmente,infelizmente coisas da vida, chegar e partir, mas ela cumpriu a sua missão.Condolências a família.

    ResponderExcluir
  6. Tudo mentira!!!! Sou euzinha no dinheiro!!!

    ResponderExcluir