segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

SERTATÔNICO ELETRONEJO

Em geral, gosto muito de música eletrônica e abomino o sertanejo (há exceções). Mas acho interessante que os dois estilos se misturem, por mais improvável que pareça. Só que os resultados ainda deixam a desejar. A parceria entre Simone & Simaria com o totoso do DJ Alok rendeu o que seria chamado de reggaetón no resto do mundo, mas com letra mão-pesada e ausência de refrão pegajoso. De qualquer forma, é melhor que os álbuns das irmãs, sempre gravados ao vivo e impossíveis de ouvir sem que você esteja animadérrimo e/ou em coma alcóolico.
Ainda pior é "Paraíso", o dueto entre Lucas Lucco e Pabllo Vittar. A proposta é ousada, pois a letra sugere que os dois intérpretes vivem uma tresloucada noite de amor. Mas que musiquinha chinfrim, hein? Repetitiva e preguiçosa, apesar do arranjo moderninho. E não estava na hora da Pabllo turbinar esse repertório?

16 comentários:

  1. Cai o pano. Já já você vira comentário de hater só porque falou o óbvio: que esse Pabllo é um cantor muito do limitado. Mas que tá surfando na visibilidadx trxns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não falei que Pabllo canta mal. Acho que canta muito bem, até. Seu repertório é que precisa melhorar.

      Excluir
    2. Essa associação com o Lucas se iniciou antes do contrato com a Sony. Agora, com ela o Pabllo deve ser aproveitado de forma menos amadora.
      Acho que não deram muita bola para a música porque a ideia é causar com o vídeo clipe em que os dois devem se pegar mais que ela e o Matheus Carrilho se pegaram no clipe de Corpo Sensual...

      Excluir
  2. O Mio Babbino Caro
    NEm assim, pra mim sertanejo só Belmonte e Amaraí.
    E esse holofote na Pablo Vittar e a crucificação Da Liniker hein.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. comparar Pablo Vittar com Liniker é como comparar vinho(Liniker ) com cachaça (Pablo Vittar)

      Excluir
    2. 19:54 Pura verdade. São coisas diferentes que inclusive podem ser tomadas na mesma festa. Infelizmente, alguns ignóbeis preterem a cachaça em relação ao vinho porque acham que assim vão pagar de "cult".

      Excluir
  3. A melhor coisa que S&S fizeram foi Loka. Essa música aí é horrível. A da Pabllo eu gosto mto, já ouvi tanto... E acho difícil a Pabllo mudar o estilo, vai ser como a Anitta. Não tô criticando, adoro, mas duvido que faça algo mais sério.

    ResponderExcluir
  4. Não gosto do eletrobrega da Pablo, e acho que nesse segmento ela canta mal. Mas ela vai fazer carreira cantando Whitney? Não duraria um mês.
    Acho que o próximo album dela com Diplo, se for bem produzido, pode fazer ela passar a perna na Anitta e se tornar famosa na Europa, onde esse som eletrônico and brega cola fácil. Nos EUA acho que tem chance zero.
    Acredito mais no potencial dela pra estourar no exterior do que Anira, que é mais uma cantora pop genérica, a Pablo pode surfar no ineditismo de uma drag cantora pra essa geração.

    ResponderExcluir
  5. Alok é um totoso mas como dj... é aquele som farofa cafona pra cacete, eletrônico pra festa hetero. Deus me dibre.

    ResponderExcluir
  6. Pabllo Vittara? Barfff

    ResponderExcluir
  7. WTF???!!!!!
    Lucas Lucco depois de Major Lazer É BURRICE!!!!
    O Lucas Lucco não é cantor, é uma porção de músculo tatuado clichê que só repete letras curtíssimas musicadas.
    E não, Pabllo Vittar não canta! Quem canta de verdade não previsa de recursos eletrônicos e principalmente: SABE CANTAR AO VIVO! Coisas que x Pabllo não sabe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você não viu Pabllo cantando Whitney Houston no “Altas Horas”? Ao vivo, meio de improviso, sem ter ensaiado com a banda. Você pode não gostar do timbre nem do estilo, mas voz ela tem.

      Excluir
    2. Você não viu Pabllo cantando Whitney Houston no “Altas Horas”? Ao vivo, meio de improviso, sem ter ensaiado com a banda. Você pode não gostar do timbre nem do estilo, mas voz ela tem.

      Excluir
    3. Vc não viu Pabllo no Rock in Rio e em outros shows ao vivo? Eu já, e ela entretém mais do que realmente canta.
      Gosto do timbre e gosto mais ainda do estilo, amo Pabllo Vittar e a importância dela pra causa gay é ímpar! Quisera eu ser adolescente crescendo num mundo com Pabllo Vittar na minha lata de Coca Cola, não é tentando me pintar de homofóbico que vc vai fazer uma boa defesa dele.
      A propósito, voz pra cantar todo mundo tem, pra educar a voz basta ter um bom professor de canto, não sei se vc já fez aulas de canto, eu já e por muitos anos nem por isso sou cantor.

      Excluir
    4. Oxê, pelo que li quem se pitou de homofóbico foi você mesmo. O Tony não falou de homofobia em nenhum lugar, apenas disse que achava que ela cantava bem.

      Excluir