terça-feira, 2 de janeiro de 2018

1978 OU 2013?

Em 1978, o Irã inteiro se levantou de repente contra o xá Reza Pahlevi. Todo mundo aderiu e a monarquia caiu em menos de seis meses. Será que, quase 40 anos depois, a história se repete? Difícil dizer. O país sempre teve uma classe média educada, muito maior e mais sofisticada do que a de qualquer um de seus vizinhos. Há uma juventude de saco na lua de ser perseguida na rua pela polícia religiosa. Há também uma crise econômica resistente, que atinge quase todas as classes sociais - menos a Guarda Revolucionária, a verdadeira elite iraniana, hoje até mais forte do que os aiatolás. Mas será que a república vai deixar de ser islâmica? A única revolta recente no Oriente Médio que rendeu frutos foi a da Tunísia, berço da Primavera Árabe sete anos atrás. E o establishment do Irã é violento, mais do que disposto a matar qualquer oponente (não é para brincar de Guy Fawkes que o pessoal da foto ao lado tapa o rosto). Ainda tem Donald Trump tuitando apoio, o que provavelmente mais atrapalha do que ajuda os revoltosos. Ao invés de reviver 1978, o Irã pode estar passando por um 2013 à brasileira: muito barulho por nada

33 comentários:

  1. Vai dar em pizza com certeza! Metade da população é a favor do regime então já sabemos como termina!
    País maravilhoso! Sempre!

    ResponderExcluir
  2. O barulho sempre resulta em alguma coisa. As vezes, não é aquilo que se almejava. Porém, uma revolução (boa ou ruim) sempre acontece...

    ResponderExcluir
  3. Como 2013 foi muito barulho por nada? 2013 foi o início do fim em várias perspectivas diferentes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como nada, resultou no Temer.

      Excluir
    2. Só para lembrar: resultou em Temer, vice do PT.

      Excluir
    3. Viva o brasil!!!

      Excluir
  4. Como assim por nada migo? O pré sal foi entregue!! A elite do atraso venceu

    ResponderExcluir
  5. Tá muito ingênuo quem acredita que 2013 foi espontâneo né bee!!! Alguém organizou, uns dizem que foi por causa do juros outros do petróleo a vdd a gente nunca vai saber

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com o desemprego entre os jovens girando em torno de 40%, o estranho é essa revolta não ter explodido antes.

      Excluir
    2. Uma besteira! O mesmo golpe que foi dado no Brasil foi tentado no Irã. Como somos república das bananas...os cara lá não deixaram prenderam um monte de gente e até hj e difícil jornalistas estrangeiros entrarem lá

      Excluir
  6. Por quê Trump atrapalha? Vcs esquerdopsolistas enfiam a culpa de tudo no cara. Tsk tsk tsk. Vai votar no Boulos, isso sim é bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem que perguntar se o pessoal aí da foto quer o apoio do Trump, principalmente depois da mudança da embaixada em Israel...

      Excluir
    2. 05:52: o principal argumento dos aiatolás contra os manifestantes é que tudo não passa de armação dos EUA. Ao declarar apoio tão vocalmente, Trump endossa esse argumento e enfraquece os manifestantes. Mas esta equação simples de entender está fora do alcance de quem acha que eu sou esquerdopsolista.

      Excluir
    3. Sinto, mas declarar apoio não endossa nenhuma "armação dos EUA". Isso não passa de crítica gratuita, típica disso que se tornou a imprensa ocidental. O presidente da nação mais poderosa do mundo tem a obrigação de se posicionar.

      Excluir
    4. Não significa para nós, que estamos fora do Irã. Para a mídia estatal de lá isto é música, que serve para validar a argumentação fajuta dos aiatolás.

      Excluir
  7. Sempre que você esquerdar e der gritinhos contra Trump, leia esta matéria, Tony:

    http://folhadocacau.com.br/wanderlino-bastos-anuncia-o-corte-de-450-mil-pes-de-cafe-e-reclama-de-perseguicao-do-ministerio-do-trabalho/

    É assim que os estatistass agem, enquanto Trump defende a liberdade.

    Quanto ao Irã, queria que Trump ficasse calado? Ou preferia que ele apoiasse o programa nuclear de uma ditadura islâmica sanguinária, como fez Obama?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema do Trump não é ser liberal em economia - até porque eu também sou.

      O problema do Trump é ele ser absolutamente despreperado para o cargo que ocupa, um narcisista infantilóide, um grosseirão que desrepseita mulheres, negros e gays, e um capacho para a extremíssima direita americana, sempre pronto a afagar neonazistas e funamentalistas religiosos.

      Na política externa, Trump só conseguiu até agora dimininuir a influência dos EUA no mundo, anrindo espaço para Rússia e China.

      Tá bom ou quer mais?

      Excluir
    2. Amor, Trump peitou o coreano maluco, enquanto Obama fazia acordo com aiatolás iranianos e beijava mão de Cuba.

      Excluir
    3. Ah, sim, é verdade, os tuítes dele contra a Coreia do Norte são mesmo obras de um grande estadista. Aliás, todos os tuítes de Trump o são.

      HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

      Excluir
    4. O Trump é um presidente de reality show! Adora frases de impacto que no mundo diplomático só lhe causam descrédito. Só que, assim como o Obama, não vai conseguir fazer muita coisa, ficará só no falatório. A principal característica de todo estado de direito fortalecido é ser extremamente burocrático e com vários níveis de poder de forma a impedir qualquer tipo de revolução política seja ela de esquerda ou de direita. Se esperava uma revolução quando Obama assumiu, e não teve nada disso. Com Trump será a mesma coisa. Só que com ele, temos um reality show e podemos acompanhar cada tentativa fracassada ou bem sucedida que ele dá.

      Excluir
    5. Ditador Coreano: Tenho um botão de bomba nuclear!!!
      Trump: E daí? O meu é ainda maior e mais poderoso!!

      Se você considera agir como crianças de 5 anos de idade, peitar alguém. Sim o Trump é um excelente diplomata.

      Excluir
    6. A arte da Guerra by Trump: O meu é maior que o seu!
      Será um best-seller. Hahahahahahaha!

      Excluir
    7. Pelos comentários, vcs preferem que ele ataque a Coréia do Norte com mísseis e bombas. Com tuites ridículos e diplomacia rasa, ele está mostrando o básico, que o gordinho deve ficar quieto. Obama e suas obametes nem isso conseguiram/quiseram, afinal lambe botas de socialistas e ditadores.

      Excluir
    8. Trump lambe as botas dos neonazistas e dos fundamentalistas... E se gaba de agarrar as mulheres pela xoxota. Prefiro líderes mais elegantes.

      Excluir
  8. Não gosto do Trump, mas acho que ele será bom para desmitificar a figura filantrópica que os americanos sob influência de Hollywood atribuem a figura do presidente. Ou alguém acha que, numa calamidade como as retratadas nos filmes 2012 ou no Independency Day (clássico), o Trump vai ficar para morrer para dar mais lugar a população de seu pais ou vai pegar um caça e vai sair lutando contra os aliens arriscando a própria vida em nome dos EUA???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem lembrado, já que uma invasão alienígena pode acontecer a qualquer momento.

      Excluir
    2. Já viu algum filme de Hollywood para o grande público em que a figura do presidente americano não é retratada como um santo que só pensa no bem da sua população antes mesmo de pensar em si mesmo?

      Excluir
    3. "Todos os Homens do Presidente", "Meu Querido Presidente", "Frost/Nixon", "Na Linha de Fogo", as séries "House of Cards", "Veep", "The West Wing"... Podemos ficar aqui até amanhã, se você quiser.

      Excluir
  9. Nesses últimos golpes de estado recentes os protestos servem pra enganar frouxas (mundialmente) que é a população local que causou o estrago, não a influência externa e esconder o que rola realmente (propinas, subornos, chantagem, assassinatos) um mundo cão cruel do qual devemos denunciar barbaridades

    ResponderExcluir
  10. O Trump não passa de um matuto wasp endinheirado. Foi um Tiririca elevado à enésima potência, uma brincadeira de mau gosto que foi longe demais.Por outro lado, grande parte do povo americano abominava a Hillary e a sua empáfia e vagabundagem. Parece que qualquer polarização pode criar algo assim quando temos um Bolsonaro ou Lula como opções e um bando de ignorantes votando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chamar as pessoas de ignorantes só mostra sua empáfia é igual à da Hilary.

      Excluir
  11. o que falta agora, descobrir os colaboradores dos inimigos do Brasil no Brasil. Não é difícil né....alguem conhece alguem que agitou pra junho/13? desconfie dele.

    ResponderExcluir
  12. Que derrubem logo estes aiatolás picaretas e a volta da Monarquia no Iran,e quem achar ruim vá a PQP!!!!

    ResponderExcluir