sábado, 4 de novembro de 2017

KEVIN IN SPACE

Kevin Spacey foi pro espaço. Como já se temia, não demoraram a surgir dezenas de outras acusações de assédio e comportamento inadequado. Assim fica mesmo difícil defender o sujeito: as histórias são muitas, e já entrou até polícia na jogada. De qualquer forma, me impressiona a velocidade com que a carreira dele virou pó. Foi saído de "House of Cards"; o filme "Gore" foi cancelado; seu agente e seu assessor de imprensa o dispensaram; a Holanda retirou o convite para um evento. Não estou dizendo que Spacey seja inocente, mas o tribunal da internet não só chegou a um veredito como já está executando a pena. É um sinal dos tempos, para o bem e para o mal.

19 comentários:

  1. Quando vi seu primeiro texto sobre o assunto, quase concordei com tudo (exceto a parte da inocência do rapaz), e também achei que estava tudo acontecendo depressa demais. Mas agora faz muito sentido... havia denuncias desde 2012 no set de HoC, as empresas e pessoas que o rodeiam sabiam de tudo, e se calaram por anos, e quando viram a merda batendo no ventilador, botaram o cara pra fritar.
    Acho um absurdo que as coisas não tenham acontecido antes, que isso tudo só venha a luz agora, mas por outro lado me pego pensando se ele não está sento tão massacrado porque no fim, é um gay assediando homens. Eu acho que tem que ser mesmo, mas que todo mundo tem que ser, e veja bem, tem alguém aí recusando trabalhar com o Woody Allen?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também concordo que, apesar de ser completamente errado o tipo de assédio que ele fazia, muito do escarcéu acontece por ele ser um gay atacando outros homens.
      Isso vai ser mais um motivo para os gays se fecharem em guetos, já que só assim suas paqueras não vão poder ser consideradas 'inapropriadas'.

      Excluir
    2. 11:33, que insanidade seu comment. Apenas não seja um predador sexual e tudo está bem. Ser gay não é sinônimo de ser assediador em série. Não haverá necessidade de nos fecharmos em guetos.

      Excluir
    3. Tens razão, Gabi. Com certeza o fato do Kevin ser gay está pesando em sua inquisição. Você citou Woody Allen, e daí me lembro dos vários casos de abuso deste sujeito, e como no fim ele sempre acaba premiado. Woody é hétero, of course. Até a filha adotiva dele relatou estupro numa carta em 2014, e o que aconteceu? O filme de Woody, 'Blue Jasmine', foi premiado com Oscar. É aguardar pra ver o que acontecerá com Harvey Weinstein, e comparar com a situação de Spacey. James Toback recebeu denuncias de abusado/estupro/assédio por 300 mulheres e até agora não foi muito punido. E James é hétero. Gabi traz algo importante pra se pensar, e que certamente tem fundamento.

      Excluir
    4. Anônimo das 11:33, você fala em guetos com palavras que parecem resvalar para o preconceito. Gays vivem em 'guetos' porque isso faz parte de nossa história. Quando gays começaram a trocar experiencias pessoais, afetivas,sexuais, de amizade, viver em 'guetos' era o jeito, porque éramos rechaçados pela sociedade. Hoje ainda vivemos em 'guetos' porque continuamos a ser rechaçados pela sociedade, e porque 'guetos' existem também para segregar certas ocasiões que necessariamente não significam preconceito. Como relações que tem o intuito sexual e afetivo, gays sentem atração por homens, então se fecham em 'guetos' por isso; lésbicas do mesmo modo; héteros quando fazem incursão sexual também se fecham em 'guetos'. Nossas paqueras ainda são consideradas inapropriadas pela sociedade, anonimo, e 'guetos' existem e ainda irão existir, seja para o bem ou para o mal.

      Excluir
    5. Eita povo do textão...

      Excluir
  2. Que foto horrível meu deus. Nunca falaram para ele que roupa de astronauta, ainda mais laranja é completamente unflattering?

    De qualquer forma, vale a frase de Clarice Lispector: "Leva-se 20 anos para fazer uma reputação, e apenas 5 minutos para arruiná-la. Lembre-se disso e fará as coisas de forma diferente."

    Pelo jeito, isso não é o caso apenas na era da internet. Antes, reputação também era algo difícil de construir e fácil de desabar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não passa pela sua cabeça que a foto pode ser montagem.

      Excluir
    2. Professor Pasquale4 de novembro de 2017 14:23

      Anônimo, isso foi uma pergunta? Perguntas terminam com ponto de interrogação.

      Excluir
    3. Concordo. Reputações são destruídas e ponto, e com rapidez, desde que o mundo é mundo!
      Lembrei de um filme q passou outro dia na TV com Audrey Hepburn e Shirley Mclaine, no qual elas interpretam duas professoras que são vítimas de uma fofoca em que se mistura: mentira, preconceito, e veja só, tb algo de verdade, arruinando a vida delas de forma trágica.

      Excluir
  3. Reclamar do quê? O cara passou a vida toda no bem bom. Tem 2 Oscars, por aí vai. Disse num outro comentário e reitero nesse. Enquanto gays asquerosos sempre têm o apoio de alguns gays babacas liberais, Kevin estranhamente não contou com o apoio de nenhum imbecil liberal. Muito estranho.

    ResponderExcluir
  4. Que tem muita gente se divertindo com o fato de ser gay que praticou assédio contra homens, isso tem...

    ResponderExcluir
  5. Estou esperando ansioso Caetano também perder todos os trabalhos por ter feito sexo com uma menor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caetano não é conhecido do povão. É artista de um grupo específico de pessoas. Não faz show em estádio lotado. Se fosse um pop star já teria destruído sua carreira faz tempo...

      Excluir
  6. É.... a reputacao dele foi-se como uma casa de cartas de baralho...

    ResponderExcluir
  7. E, enquanto isso, os políticos...

    ResponderExcluir
  8. http://www.lanacion.com.ar/2079591-el-hijo-del-actor-richard-dreyfuss-acuso-a-kevin-spacey-de-acosarlo-sexualmente

    ResponderExcluir
  9. Sério que você acha que Kevin Spacey é mais conhecido que Caetano este por sua vez não teve a reputação pro ralo pq o incidente foi nos anos 80 e consensual e o assusto só foi debatido na internet

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kevin Spacey é muito mais conhecido nos EUA (onde vive e onde o escândalo está ocorrendo) do que o Caetano é conhecido aqui...

      Excluir