sábado, 18 de novembro de 2017

ALERJIA

Pessoas bem-informadas sabem faz tempo que a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro é uma pocilga, infectada por representantes das milícias, dos bicheiros e da máfia dos ônibus. Por isto, não é de se admirar o placar de 39 votos contra 16, que garantiu a soltura do presidente da casa, Jorge Picciani, e seus comparsas Paulo Melo e Edson Albergasse, todos presos em ação da operação Cadeia Velha da PF. Surpresa mesmo deve estar a ministra Covárden Lúcia, que nunca imaginou, coitada, que seu ato de tibieza em prol de Aécio Neves provocasse esta onda de impunidade nos parlamentos locais país afora. O Brasil arcaico está reagindo, como se não houvesse eleição no ano que vem. Se bem que, se depender de cariocas e fluminenses - que brindaram a si mesmos e aos demais brasileiros com Brizola, Garotinho, Cabral, Cunha, Bolsonazi, Pezão e Crivella - esses deputados que estão aí estão todos com a reeleição garantida. Ou será que, depois do estado quebrar e afundar, finalmente ficaram alérgicos a essa corja?

14 comentários:

  1. Admiro o seu otimismo,Tony!
    A Carmem Lúcia sabia exatamente o que estava fazendo quando proferiu aquele voto desastroso.
    Já o povo do Rio, a maioria pobre, deseducada e desinformada(como em todo o país) , não faz a menor ideia do que está se passando na Lava Jato e na Alerj, e reelegerão os mesmos de sempre, ou candidatos parecidos ou apoiados pelos mesmos velhos caciques e partidos de sempre .
    80% do eleitorado sofre de analfabetismo funcional e enquanto não houver mudança disso através da educação, os políticos atuais e seus familiares têm seus cargos garantidos.
    Nós vivemos no país deles:dos criminosos que captaram para si o Estado, e não vão largar sem que uma revolução lhes tire de lá...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com admiração querido Bruno, lamentável é ver pessoas como Tony, colocar um Brizola(Darcy Ribeiro), na mesma cova rasa de um Bolsonaro.

      Excluir
    2. Pelo jeito você não percebeu que Brizola e Darcy Ribeiro não eram exatamente a mesma pessoa. Brizola é o principal responsável (não o único) pela expansão desenfreada do crime no Rio de Janeiro. E se você sonha em como seria um governo dele, é só estudar o que aconteceu quando sua pupila Dilma Rousseff chegou à presidência.

      Excluir
    3. Brizola era um louco caminhando no chão enquanto Darcy e o sempre presente Niemeyer eram loucos com os pés em outro planeta. Era tudo uma porra-louquice total!

      Excluir
    4. Brizola fez o favor de morrer, coisa que Sarney e Lula não fazem.

      Excluir
    5. Sarney=Lula, fala sério.

      Excluir
    6. o voto obrigatório não ajuda em nada...

      Excluir
  2. É repugnante o discurso de indepêndencia dos poderes. Em Estados Democráticos de Direitos existe INTERDEPENDÊNCIA entre os poderes.

    Aqueles que votaram para a punição dos deputados do PMDB são em grande maioria membros de partidos de esquerda. Um deputado do PSOL foi expulso por ter votado contra. Acho relavante a decisão do partido, que tem poucos membros eleitos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Isso não vem ao caso"

      Excluir
    2. Por que não vem ao caso? Isso é de máxima importância para o Brasil todo.

      Excluir
  3. O Mio Babbino Caro
    O cenário político brasileiro é um enorme aterro sanitário, garantido com mais 20 anos de congelamento em gastos com educação. À parte isso como vc esta vendo o festival Mix Brasil deste ano.

    ResponderExcluir
  4. O que importa é que o Rio cotinua lindo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 18:52 mas com certeza se o pão de açúcar fossem pão e açúcar não estariam mais lá a algum tempo rsrsss

      Excluir
  5. Faltou muita gente na relação, começar pela Rosinha.

    ResponderExcluir