quinta-feira, 23 de novembro de 2017

A CORRIDA DE 25 MIL REAIS

Este caso da Kéfera versus o taxista é exemplar em mais de um sentido. O primeiro: é uma demonstração clara de como funciona a cabecinha de muitos influenciadores digitais, que comandam seus milhões de seguidores como se fossem uma horda de hunos. "Pisaram no meu pezinho! Pau nesse sujeito, galera, ele não merece viver". E a galera obedece, não raro extrapolando o objetivo inicial. Foi o que aconteceu aqui, com o motorista recebendo mais de 5 mil ameaças depois que a youtuber incentivou o povo a manter ocupado o celular do coitado. Algo semelhante se passou com Danilo Gentili, que atiçava os fãs a "esculachar" seus desafetos, até que um repórter da Folha perdeu mesmo o emprego. Desde então, o apresentador anda pianinho nas redes sociais - aposto que por recomendação de seus advogados. O segundo sentido exemplar dessa treta é servir de exemplo mesmo. Kéfera vai morrer em 25 paus, a não ser que entre com recurso (se eu fosse ela, pagava logo e encerrava o caso de uma vez). É um sinal de alerta para essa turminha que enriqueceu rapidamente na internet e se acha acima do bem e do mal. Melhor se emendarem antes que morra alguém.

19 comentários:

  1. Que nojo de quem come em lugar público que não é apropriado pra isso. No ônibus tem sempre alguém comendo sanduiche, já comeram marmita do keu4 lado, uma das coisas mais nojentas que já vivi. Outro dia no metrô um idiota tomando café da Starbucks deixou pingar na minha calça clara e ainda debochou quando reclamei. Perdi faz muito tempo a esperança de que brasileiro tenha um pingo de educação e respeito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E não tem, se isso que lhe aconteceu no ônibus e metro fez você pensar que brasileiro não tem educação saiba que nas periferias ela nunca existiu! É vergonhoso, é lamentável mas fazer o que? O brasil já esta perdido faz tempo!

      Excluir
    2. Tem gente em bairros do Brasil que comem na calçada, e fazem outras coisas que deveriam ser feitas na privacidade do lar, não na publicidade de uma calçada. Brasileiro é grosseiro e muito mal educado.

      Excluir
    3. Nunca vá para o Japão. Lá praticamente todo mundo come marmita na mesa de trabalho, no ônibus, no metrô, na calçada, em qualquer lugar...

      Excluir
  2. Parece que o taxista resolveu entrar com recurso pois achou a indenização baixa. Queria algo em torno dos cem mil reais.

    ResponderExcluir
  3. Acho mega punk realmente fazer refeição em transporte público. Eu mesmo abomino comida que tenha odores no meu carro. Acho digno ela querer protestar, mas daí convocar os amiguinhos para defendê-la é sinal de que ela não se garante sozinha. Acho até que ela tinha o direito de reclamar, mas fazendo desta maneira... tsc tsc tsc

    ResponderExcluir
  4. Se eu fosse o taxista processava novamente, agora com incitação a violência.

    ResponderExcluir
  5. E o Imbassahy com padê no congresso?

    ResponderExcluir
  6. Pior é que ela continua se achando certa.
    Espero que seja o começo do fim do sucesso dela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dado o número de gente que partiu para ciam do taxista: se ela se fizer de injustiçada e pedir diheiro numa vaquinha, consegue mais que os 25 mil...

      Excluir
  7. Tony, escuta a versão dele no Youtube:
    https://www.youtube.com/watch?v=CwSUNixrev0

    Ele disse que ela estava comendo marmita no taxi.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, no vídeo dá para ver que ela tem uma marmita semi-comida na mão.

      Na boa: acho uma puta folga querer comer no táxi. Ainda mais uma refeição quente.

      Excluir
    2. Concordo, folgada mesmo, ainda mais sem pedir permissão!

      Fora o vitimismo falso que ela encena, né? Troféu framboesa de ouro para pior atuação.

      Excluir
  8. achei o taxista bem grosso e estúpido.

    eu no lugar dela faria escândalo bem maior. não to dizendo que seria a atitude correta, mas pelo que me conheço sei que eu rodaria a baiana hehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E depois pagaria 25 mil a ele. Se ê que vc tem isso.

      Excluir
  9. A sua frase é profética Tony: "Melhor se emendarem antes que morra alguém."
    Eles não vão se emendar. E alguém vai acabar morrendo....

    ResponderExcluir
  10. Cuidado para você não ficar igual com seu sucesso subindo pra cabeça.
    Foi medo de sucesso naior ainda que te faz evitar levar esse blog para o YouTube?

    ResponderExcluir
  11. Não sei quem é a fulana influenciadora mas pro brasil ela está perfeita: nalfa (a coitada não sabe falar o português corretamente e imagino que sua escrita deva ser bem melhor...rs), phyna pois comer a marmita nojenta dentro de um taxi é o que há de sofisticação! E por último bem que idiota ignorante: traço típico dos brasileiros!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só faltou ser arrogante e snob como vc!

      Excluir