terça-feira, 24 de outubro de 2017

STUPID IS EASY

Para além da polêmica toda provocada pela campanha "Black is Beautiful" do papel higiênico Personal Vip Black - que eu concordo ser mesmo um desrespeito à história do movimento negro - tem outra coisa que me incomoda demais nesses anúncios. É a cara de primeira ideia. "Black is Beautiful" é a primeiríssima coisa que vem à cabeça de qualquer publicitário que receba um briefing para bolar um slogan para um produto preto que se pretende elegante. Claro que, em última instância, a culpa é do cliente, pois é ele quem aprova e paga a conta. Mas o pessoal da agência tinha que ter barrado essa chamada ainda nas internas, de tão óbvia que ela é. Fora que, mais uma vez, ninguém se deu ao trabalho de checar o impacto que este título provocaria nesses tempos sensíveis em que vivemos. A publicidade não pode viver na bolha que ela mesma cria para seus produtos, onde tudo é belo e limpo e bom; tem que cair na real, e ter a inteligência de antecipar a reação do consumidor. A Neogama e a Santher não fizeram nada disso, e ainda veicularam uma peça pra lá de preguiçosa. Que vai entrar pelas vias erradas nos, aham, anais da propaganda.

32 comentários:

  1. O que vai ter de gente desinformada falando "ai meu deus que mimimi onde que isso aqui é ofensivo? esse povo reclama de qualquer coisa" eu nem imagino.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O indignado reguleitor tabajara. O pior dos tipos, que vem decidir quem pode dizer o quê. Vulgo, caga regra.
      Pior tipinho da rede.
      Deve ser um gay insuportável, fresco, que acha que tudo no mundo é contra ele.

      Excluir
    2. 10:10 Tá bom, só porque vc quer, vai falar "merda" a vontade e não vai receber porrada.

      Excluir
    3. 12:03 Falar merda é algo subjetivo. E eu quis defender o direito da pessoa não achar o anúncio ofensivo, já que o anónimo 07:58 de antemão criticou essa possibilidade.
      Vcs querem liberdade desde que seja de acordo com o pensamento de vcs.
      Estão cegos e fechados a uma sociedade múltipla e posam de libertários.

      Excluir
    4. Vcs quem????
      Pra onde caminha essas bichas gente?

      Excluir
    5. 16:17"Falar merda é algo subjetivo"
      Está bom ou querem mais!

      Excluir
  2. eu ri vergonhosamente, mas ri.

    ResponderExcluir
  3. O black is beautiful ficou na história e nos botons, é tambem um desrespeito à história do movimento negro a “branquelização” nos fons de peles, cabelos e narizes na indústria fonográfica que todo mundo insiste em fingir que não existe.
    Esse mundo patrulhado ficou um lugar chato!

    ResponderExcluir
  4. Mimimi...
    Vamos escrever, também, sobre o que têm relevância. O que ainda podemos mudar, sobre o que atinge as nossas vidas como brasileiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Começando, por exemplo, passando longe de post "nada relevante" pra dizer que o assunto não é relevante, mesmo que tenha dado tanta importância para clicar pra ver e comentar nele.

      Excluir
    2. 09:34
      Começando por exemplo por pessoas que podemos mudar, que não entendem que amor é importante e empatia com o outro tbm.

      Excluir
  5. E se a campanha fosse "White is Beautiful"?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Miga, não faz a Hittler da Ku Klux Klan!

      Excluir
    2. Aí seria redundante. "White is Beautiful" é o status quo da nossa sociedade. Vc já assistiu o Teste da Boneca que é realizado com crianças? Esse teste já foi feito em diversos países, inclusive o Brasil e o resultado é sempre o mesmo. https://youtu.be/kGqArTY4HWI

      Excluir
    3. já vi gente falando de racismo e criticando caixa preta, lista negra, porque a merda ta sempre no papel branco... 😂

      Excluir
  6. Amo quando humanos se dizem donos das palavras. Ninguém mais pode usar. E ainda se acham defensores da liberdade.
    Tá bom então. Cai nessa quem é igual.

    ResponderExcluir
  7. O bagulho já começa errado quando criam uma linha VIP (oi???) p um negócio q serve basicamente p limpar a bunda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Relaxa, seu papel lixa contínua no mercado.

      Excluir
  8. Sério mesmo que as pessoas que tem uma vida estão preocupadas se um limpa bunda usou uma frase mais antiga que as rugas do meu saco?
    Jesus, vcs não tem mais nada na vida a não ser ficar policiando os costumes?

    ResponderExcluir
  9. Engraçado que atacar um símbolo do movimento negro não tem nada de mal, é puro mimimi de quem quer privilégio. Agora se fosse para escrever, hipoteticamente, "MEU CU PARA JESUS", estariam todas histéricas aqui, porque daí é falta de respeito com símbolo religioso e aquela besteirada de sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente!
      Indignação de conveniência

      Excluir
    2. Símbolo do movimento negro?
      Bem, fosse assim, no máximo seria nos Estados Unidos.
      Ou vc acha que brasileiro médio sabe falar inglêsne conhece frase gringa de luta?
      Nos poupe, saia da bolha.

      Excluir
    3. 20h11, não sei quem é o "nos" a que você se refere mas, sinceramente, pretendo continuar sem saber. Continue linda e inteligente assim como você é. Papai Frota te ama, tá?

      Excluir
    4. 19:27
      Segure na mão do ALEXANDRE FROTA e vá os dois para o INFERNO malditos, já não estão satisfeitos com todo o mal que nos causaram até agora e querem mais. Vá lá defender racismo estupidez ignorância homofobia

      Excluir
  10. Vou abrir meu coração pra vcs, mas infelizmente de forma anônima pois ficaria triste se fosse atacado nesse país tão mergulhado em revolta.
    Obviamente, sou gay e totalmente a favor das causas humanas, não só a Lgbt, mas todas que signifiquem um mundo sem preconceito e com aceitação e inclusão.
    No entanto, nos últimos anos, com os partidos mais à esquerda "se apropriando" desses causas, e eu cada vez menos me identificando com a maneira de fazer política, de governar e se ver o mundo desses partidos, fiquei meio que à deriva. Não sei bem para onde me virar, tampouco que políticos me identificar, nem vou dizer que não confio em nenhum.
    Sei que alguns pensarão que, por ser gay, teria como obrigação ser de esquerda, e me considerarão burro ou homofóbico ou bolsomito.
    Seria simples se fosse isso, mas a dura verdade é que são questões mais complexas e até profundas.
    Não me idenfico nada com marxismo, o que cria um impasse logo de cara.
    Bem, sei que novas pessoas estão surgindo na política e espero que algumas me animem até a participar mais.
    O que me fez escrever agora aqui é porque ando achando que o último lugar relativamente seguro e neutro que conheci quando jovem, o mundo gay, está como todo o resto, um ringue de ataques, em vez de trocas de ideias e opiniões.
    Não que eu seja frágil e isso me cause algo, apenas desejo que possamos nos expressar e confortar mutuamente em nossas igualdades e diferenças.
    Obrigado pela atenção.
    Abraços a todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Abraço, querido. Tempos melhores virão

      Excluir
  11. Impossível saber o que é mais terrível, a propaganda ou os comentarios.
    Prendam o Caetano

    ResponderExcluir
  12. O Mio Babbino Caro
    Assim, ninguém estudou história, sociologia...tenho a impressão que o Brasil chegou ao fundo do poço. E os ignorantes se vangloriando de serem ignorantes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou a over graduada que tem nojinho do povão.
      Depois não sabem porque a esquerda faliu e só sabe roubar

      Excluir
    2. 12:52 Falou a ignorante defendendo sua ignorância.

      Excluir
  13. Papel higiênico tem que ser branco questão se saúde e higiene.
    E se você tiver um sangramento como vai observar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você esqueceu do ponto mais importante: e a chuca? Como saber se foi bem feita mesmo????

      Excluir