domingo, 1 de outubro de 2017

COISAS MAIS ESTRANHAS


Uma menina toca os pés e as mãos de um homem nu, num contexto totalmente deserotizado, sob a supervisão da mãe e o olhar de dezenas de outras pessoas. As redes sociais entram em convulsão, o museu que abrigou a performance é palco de protestos e até o prefeito de São Paulo não perde a oportunidade de dar o seu pitaco reacionário. Enquanto isto, um filme que mostra um garotinho tendo o braço arrancado por um palhaço satânico logo na primeira cena lidera as bilheterias há três semanas e é considerado um ótimo entretenimento. Não, não estou dizendo que "It - a Coisa" deva ser censurado. Acho que, neste caso, as pessoas entendem que se trata apenas de um filme, embora seja possível a interpretação de que ele incite a violência contra crianças. Mas não deixa de ser um retrato da nossa cultura (e aqui me refiro a todo o Ocidente, não só ao Brasil): preferimos ver uma criança sendo estraçalhada do que perto de um homem nu. Como se a violência meramente física não fosse possível, só a de cunho sexual. Enfim, tergiverso. O fato é que, mais para ficar a par do gosto popular do que por estar com vontade, fui ver "It", que já é o filme de terror de maior sucesso de todos os tempos. É a segunda versão para o cinema do livro de Stephen King, e ficou com cara de um episódio especial de "Stranger Things". Anos 80, uma cidadezinha do interior, uma turminha de amigos que anda de bicicleta, uma menina um pouco mais velha, uma ameaça terrível... Tem até um ator-mirim que está em ambos os elencos. Apesar da ausência de grandes estrelas e do diretor argentino, "It" é Hollywood em todo o seu esplendor. Os valores de produção são incríveis, os sustos acontecem no ritmo certo (embora eu não tenha sentido medo uma única vez) e o final é o mais feliz possível, apesar dos créditos finais deixarem claro que vem aí uma continuação (virão milhares). É muito esperta a ideia de amedrontar a plateia com seus medos mais infantis. Mas continuo achando a coisa mais estranha do mundo a gente se divertir com um menino tendo o braço arrancado e se escandalizando com uma menina que toca no pé de um homem nu.

58 comentários:

  1. Realmente é muito Stranger Things, a todo momento, no cinema, os pensamentos remetiam à série.

    ResponderExcluir
  2. Excelente análise, Tony. Sinal claro de um tempo em que espaços como este deverão se proliferar e se tornar centros de discussão e resistência. Os reacionários usam e abusam daquele discursinho infantiloide e alienante que tem enorme alcance numa sociedade cada vez menos crítica. Sugerir reinterpretações do que vemos por aí é tarefa necessária e urgente. Parabéns por este espaço... parabéns por sua história de luta e coerência. Estamos juntos. Sem revolução não há solução.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Homorrealidade, a sociedade entendeu sua agenda e, como eu disse abaixo, deixou o recado bem claro. Quanto à "revolução", ela já está em curso: será liberal na economia e conservadora nos costumes. Entenda, sua visão de mundo segue retumbante para o esgoto da história.

      Excluir
    2. “Conservadora nos costumes”? Depois dos avanços das mulheres e dos gays, só na cabecinha ignorante de asnos como você.

      Excluir
    3. Concordo com o asno. Nos EUA, a classe média educada e progressista inclui uns 40-50% da população. Aqui não passa de 10%. Se houver uma revolução realmente popular no Brasil, ela será conservadora. Nem feministas, nem esquerdistas, nem movimento negro colocam 500 mil pessoas na rua. Só os LGBTs conseguem, mas sabemos como: com música alta, vinho químico, droga (extra-oficialmente) liberada e sexo na rua, ou seja, com um Carnaval fora de época que acaba na segunda-feira "de cinzas", regado a um baixíssimo engajamento político (quantos foram eleitos pelas bichas que dão close na Paulista?). Por isso sou contra bater de frente, é estúpido. Nem na América tem dado certo, pois os jogadores da NFL que se ajoelharam durante o Hino Nacional de lá, por exemplo, enfrentaram uma fortíssima reação de revolta da população, e Trump saiu ainda mais fortalecido. Fizemos (nós, gays) avanços incríveis nos últimos trinta anos, comendo pelas beiradas. Entretanto, depois que colocamos uma trans seminua fingindo ser J.C., num carro de som, não pararam mais de nos dar porrada, e o povo trans não ganhou nada com isso.

      Voluntarismo juvenil pode nos enterrar junto com a extrema-esquerda. Herói morto não é coroado.

      Excluir
    4. Gay conservadora nos costumes... Cuidado com a burra, gente!

      Excluir
  3. Soa paulo domingão, cheio de pivete de rua vendendo/oferecendo droga pra geral, não vi ninguém fazendo textao pra isso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 12:50 Se você não comprasse as drogas dos pivetes, já ajudaria bastante.

      Excluir
    2. 18:40 O aeroporto de Claudio é muito distante.

      Excluir
  4. Será que vcs não sabem o quanto o brasil é ignorante?
    O sol cabloco derreteu o cérebro de vcs todos!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Só lembrando que movimentos de esquerda também tem um viés fascista sobre a arte.
    Se lembra quando tentaram censurar uma peça porque tinha blackface? Lembra de quando tentaram boicotar filmes num festival de cinema por serem filmes de direita? Ou ainda a censura do politicamente correto contra vocês roteiristas? (Miguel Falabela e seu seriado sexo e as negas que o digam)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 13:51, isso tudo foi "censura do bem". HAHAHA O duplipensar desse povo não deixa eles se darem conta da espiral de loucura em que estão metidos.

      Excluir
    2. Ganhei o dia, o Tony concordou comigo!
      Seu lindoooo!
      Fofooo (não estou chamando de fofo porque vc é gordinho, mas pela sua fofura, no sentido de docilidade, mas falo isso com todo respeito porque sei que você é casado).

      Excluir
    3. 16:11 Caralho, como são seus dias, o coisa carente.

      Excluir
  6. O Mio Babbino Caro
    Porque o retrato de nossa cultura, é cinismo e hipocrisia.
    O apelo que sexo permite aos desonesto e inocentes, é explorado ad infinitum, resultando nesta miséria a que estamos sendo expostos nesses tempos de Travessia do Rubicão.

    ResponderExcluir
  7. O importante disso tudo é que a agenda pedófila recebeu o recado em alto e bom som: a família brasileira seguirá protegendo seus filhos de espertalhões desnudos e irá repreender de forma veemente aqueles que ousarem flexibilizar os valores morais vigente, seja a mãe, um museu, ou os moderninhos de plantão.

    Só não entendo o porquê de certas reações. Num país onde a degradação de algumas camadas sociais leva milhares de crianças a serem vítimas de abuso infantil, ainda encontramos supostos bem pensantes defendendo aquele horror. Deveríamos comemorar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. “Esquerda pedófila” só existe na cabeça de asnos como você. Eu nem sou de esquerda, mas posso dizer que p recado foi, sim, entendido: os asnos querem tomar o poder e instaurar a teocracia. Nós não vamos deixar.

      Excluir
    2. Tony, as portas do inferno foram abertas no dia 13 de março de 2016, quando vocês se juntaram a Aécio, Geddel, Bolsonaro, Eduardo Cruz, Alexandre Frota, Kim Kataguiri, Feliciano, Mafalafaia.. Agora acho um pouco tarde demais para reclamar.

      Excluir
    3. “Agenda pedófila”? Vocês é que são os tarados obcecados nisso, virou a agenda de vocês pra ganhar voto nas urnas. Vão se tratar!

      Excluir
    4. 08:03 Falar em "Portas do Inferno" abertas em 13 de Março de 2016 a essa altura... blá blá blá bla
      (Como coisa que não sabem disto)
      A hora agora é o trampo de levar todos esses asnos empoderados de volta às jaulas.

      Excluir
  8. Só estou com pena do artista. Soube que a vida dele se transformou num inferno.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sendo que ele nunca exigiu a presença de crianças...

      Excluir
  9. Não vi sentido nessa defesa do peladão. Em PoA aconteceu o mesmo com a exposição queer. Há momentos que recuar é a melhor estratégia pois esse tipo de ação joga a população no colo da direita. Entender os valores do povo faz parte do jogo político, mas só tem piá de condomínio na esquerda. Isso me deixa puto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez você entenda quando vierem atrás de você.

      Excluir
    2. 15:56 É notável a falta de embasamento desses caras.
      https://m.youtube.com/watch?v=3zIGNkR62Mo

      Excluir
    3. https://www.pensador.com/frase/NTczNjMz/

      Excluir
  10. Aí, Tony lindo, preguiça dessa sua fase de histeria lacradora. Até o Safatle já reconheceu que discurso feminista, negro e LGBT tem sua importância, mas não se sustenta na disputa política. A direita só irá crescer e crescer com essa lacração de cuspadores. Gente pelada sempre terá uma carga erótica, queiramos ou não.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 16:08 Tá bom.
      Vamos ver quanto o branco hetero, ainda resiste.
      Perdedora ou Realista, mas Perdedora!

      Excluir
    2. 16:56

      PequenX sonhadXr atordoadX,

      Platão já disse, duvido que você saiba, que um povo jamais derruba sua elite, a não ser que ela se divida, se fragmente.

      A própria Revolução Francesa não foi uma conquista de sans-culottes empoderadXs, mas o resultado de uma decisão tomada pelo rei, algumas décadas antes, que estimulava os nobres a romperem com sua tradição militar para abraçar as atividades do florescente capitalismo de então. Aqueles que prosperam se aliaram aos burgueses.

      Só se derruba uma elite de dentro para fora. Apenas outros homens brancos, ricos e poderosos serão capazes de derrubar seus pares. Por enquanto, todavia, seguem mais coesos do que nunca.

      Beijos de LUZ para ti.

      Excluir
    3. 19:22 você só esqueceu que aqui somos todas viadas. Queira vc ou não. O máximo que podes é ser enrustida no "estádio".

      Beijos de purpurina para ti, sua viada, existencialmente, igualzinha a mim.

      Excluir
  11. Eu só queria saber o que os senhores de Santana defensores da moral e dos bons costumes alheios desejam com esse episódio do museu:
    1) O fechamento da exposição?
    2) A proibição da mesma para menores de idade?
    3) A prisão do artista?
    4) A prisão da mãe da criança?
    5) Querem ter o poder de determinar onde os pais devem levar os filhos?
    6) Querem ter o poder de interferir na criação dos filhos alheios?
    7) Querem que a Vara da Infância e Juventude e Ministério Público retirem a gurda da menina da família e que a mesma seja entregue para uns instituição onde seja resguardada da visão de corpos masculinos desnudos?
    8) O prazer de expor seu fascismo e deixar aflorar o censor que existe em você?
    Só pra eu saber mesmo, estou curioso, pois é textão pra cá, copia e cola pra lá, verborragia, comentários onde sobram mau caratismo (do tipo comparar o episódio com assédio às mulheres em transporte público), mas afinal o que vocês querem de verdade?
    Ah e proteger as "nossas crianças não é resposta".
    E enquanto isso no Paraná, o governador(PSDB), o presidente da Assembléia Legislativa(PSDB) e alguns deputados estaduais (PP, PSDB, DEM) estão sendo investigados na Operação Quadro Negro da Polícia Federal onde recursos públicos foram desviados da Secretária Estadual da Educação para bancar a campanha de reeleição do governador e dos deputados investigados. O dinheiro desviado seria suficiente para a construção de pelo menos 260 escolas. E cadê a gritaria do MBL, dos movimentos liberais, cadê o vídeo de prefeito que é revoltadíssimo com a corrupção do partido alheio mas se faz de morto com os corruptos de seu partido? Cada um é cada um, mas pra mim esse fato é muito mais revoltante e prejudicial a infância do que uma criança acompanhada da mãe tocar o tornozelo de um homem desnudo dentro de um museu e na companhia de outras tantas pessoas.
    Hipócritas!

    ResponderExcluir
  12. Queria fazer uma pergunta a mister Goes mas se possível evitarmos cair na coisa do asno e etc.
    Queria saber se vc acha que é impossível um gay ser de direita, se é tão absurdo quanto vcs aqui querem fazer parecer.
    Grato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que é possível ser gay e de direita. Tenho vários amigos gays de direita, e me dou bem com todos eles. Eu mesmo tendo à direita em assuntos econômicos: defendo pouca intervenção do estado na economia, por exemplo.

      O que acho ridículo é gay conservador social. Ou seja, a favor da família tradicional, contra a arte moderna, a favor de que os gays sejam "discretos" e se escondam das crianças, esse tipo de coisa. Não é impossível: conhecemos vários gays assim. Mas é ridículo.

      Excluir
    2. Gay cristão tambem é uó. A Bíbilia só falta crucificar as viadas, e elas juram que Jesus é amor.

      Excluir
    3. Ou seja, ou compra o pacote completo do progressismo, ou é um asno. Esclarecedor.

      Excluir
    4. Credo, não foi nada disso o que eu escrevi. Tem asno aqui precisando fazer aula de interpretação de texto.

      Excluir
    5. Tem um quadrante que explica direitinho, acho que um gay pode ser esquerda libertária, esquerda autoritária, direita liberal, mas direita conservadora só gay asno mesmo.

      Excluir
  13. Esse povo... Fico aqui pensando como vão reagir ao ver que alguns pais levam crianças a praias de nudismos e elas lá vem pintos e vaginas alheios aos montes...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já fui a uma praia de nudismo e as únicas duas crianças que estavam lá, com a família num canto, não eram incentivadas a tocar o corpo de nenhum desconhecido, 20:34.

      Excluir
  14. As vezes eu acho que o Alexandre Frota é um dos comentaristas do seu blog...

    ResponderExcluir
  15. Nossa! A defu the original anda numa militancia de fazer inveja as colunas vermelhas dos vietnamitas , credo! Como tem bixa loka por aqui!!! Garanto que todas bem pobres e sem cacetes!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A defu original é ainda mais tocantete, dizem que se monta de filha de Maria com direito a véu e tem como codinome Capitu, ela mesma a mulher em milhares.
      Mas quando possuída hun!
      "A ressaca dos mares
      A sereia do sul
      Captando os olhares
      Nosso totem tabu"

      Só não menstrua.

      Excluir
  16. Santa Madre de Deus! Faça posts,por exemplo ,sobre as atuais Rainhas europeias,sobre Masaccio,sobre vinícolas francesas etc etc etc...Qq tema q vc fale sobre algo do Brasil,vira um confronto direita xesquerda,enfadonho e chato. E tb qta falta "em chupar Pinto" pra um q ofende outro ,q ofende outro,q ofende outro. Jesus,Maria,José!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você sabe dessas pessoas que só ficam bem se fazem o mal né. Aqui tem muitas e vc não sabe, o que a falta "em chupar Pinto" faz.

      Excluir
  17. Ué, mas tu não chegou a escrever um post dizendo que se o segundo turno do ano que vem for entre Doria e Bolsonazi, seria melhor torcer pelo primeiro. Daí agora vem reclamar do comentário reaça do péssimo e patético prefeito de sampa. Tu pelo visto chegou a ir nessa ideia de 'menos pior'. Só que o Doria é um imbecil de primeiro quilate, que se por acaso ganhar a presidência vai botar um monte de conservas no Governo, como fará o Bolso se por acaso ganhar. Escolher entre o 'menos pior' entre Doria e Bolso quando os 2 são uns idiotas de força maior, é flertar com a ignorância. Não existe 'menos pior' entre Doria e Bolso. Só existe 2 amebas que devem ser combatidas e derrotadas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para Doria, arte começa e termina romero brito.

      Excluir
  18. Essa polêmica apenas começou...

    http://www.dailymail.co.uk/news/article-4936858/Fury-girl-four-encouraged-touch-naked-man.html?ito=social-facebook

    ResponderExcluir
  19. Gregorio Duvivier encerrando esta discussão para sempre:

    Viva o país em que o topless é proibido, mas a ejaculação no ônibus é tolerada. Um país em que uma exposição dita profana é cancelada, mas o mandato do Aécio segue firme e forte. O país em que o professor não pode ter partido, mas pode ter igreja, e fazer propaganda da igreja, mesmo na escola pública.

    Sabe o que é um crime contra a infância? Ensinar criacionismo nas escolas. Crime contra a infância é a música gospel da Aline Barros que ensina as crianças a pagarem o dízimo: "Jesus se agrada, Jesus se agrada / da ofertinha da criançada / Tirilim, tim, tim / oferta vai caindo dentro da caixinha".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gente do céu, essa música da Aline Barros é verdade mesmo? Cruzes!

      Excluir
    2. É verdade, e você ainda não viu tudo. Cleyciane era uma aprendiz.

      Excluir
  20. Na boa, às vezes penso que o prazer do Tony em escrever não é colocar no papel suas ideias e opiniões, seu prazer fica nas reações que o que ele escreve quer causar.
    Ele gosta de repercussão, polêmica e reflexão em tudo que escreve... por isso alguns assuntos rendem tantas postagens e outros mais interessantes ele não se interessa tanto em escrever.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As duas coisas: adoro escrever e adoro as reações. Mas às vezes fico assustado com a violência delas.

      Excluir
    2. 12:42 Essa violência que faz com que a maioria dos comentários sejam de anônimos. Maldade e ignorância aqui, andam de mãos dadas.
      Só não consigo intuir por que.
      (Na verdade até consigo, mas é tão assombroso que o melhor é ir levando, isso é só um blog... de entretenimento.)

      Excluir
  21. Sabe porque nenhum desses oportunista de plantão fazem escândalo com a criança tendo o braço arrancado? Porque o filme é de uma distribuidora cheia da grana que pode comprá-los ou ferrá-los judicialmente...

    ResponderExcluir
  22. Muito simples, minha dica para os gays reaças, galera ao invés de ficar nos importunando aqui e em outras páginas, por que vocês não se juntam a Rozangela Alves Justino e vão montar uma página, organização, seja lá o que for junto com ela, ou então aproveitam e entram nas organizações que a Rozangela já possui? Certeza que vocês iriam adorar a presença da Rozangela, afinal vocês combinam tanto com ela. Seres estúpidos junto com uma homofóbica de marca maior, tudo dentro do mesmo embalo.

    ResponderExcluir