sexta-feira, 8 de setembro de 2017

OPERAÇÃO LEVA-JEITO


Gostei mais do que esperava do filme da Lava-Jato, também conhecido por "Polícia Federal: a Lei É para Todos". O ritmo incessante, as boas atuações e o ponto de vista claro me fizeram achar que essa franquia (estão previstas continuações) leva jeito. Sim, ponto de vista: cinema não é jornalismo. Não precisa ser imparcial e nem ouvir o outro lado. "Polícia Federal" é assumidamente a favor da, aham, Polícia Federal, assim como "Lula, o Filho do Brasil" era assumidamente a favor de Lula. Como eu também apoio a Lava-Jato, não me senti ultrajado em nenhum momento. Claro que as coisas não se passaram exatamente assim: dramatizar a realidade sempre implica em elipses, simplificações e omissões. Algumas escolhas do roteiro são questionáveis, como todos os acusados manterem seus nomes verdadeiros e todos os policiais ganharem nomes fictícios. Mas o filme funciona como entretenimento, e ainda avisa - para quem ficar até o fim dos créditos - que a segunda parte irá para cima do Temer e do PMDB. Já quero ver.

32 comentários:

  1. Acabei de ver e também gostei muito. Existe uma razão para os policiais não terem o nome real: cada um deles no filme representa um amálgama de duas ou três pessoas diferentes.

    ResponderExcluir
  2. Enquanto isso, a crítica vermelha arrasou “Polícia Federal — A Lei é Para Todos”.

    Disse que parece um filme de ação americano.

    Disse que o filme não dá chance do espectador ter empatia com os acusados (what???)

    Disse que o filme vilaniza o PT (hahaha).

    Dava para desconfiar que o filme é bom. Agora tenho certeza. #PartiuCinema

    ResponderExcluir
  3. Boas atuações?! Hahahaha, fala sério! Nunca vi diálogos mais decorados e expressões faciais mais caricaturais, às vezes parecia uma paródia de tão ruim. Eu só queria pedir o meu dinheiro de volta quando saí do cinema. O filme é confuso, os diálogos são artificiais e parece propaganda política do PSDB (vai ver que é por isso que os paulistas aqui do blog estão gostando). Parece um filme feito pra TV ou pra um programa eleitoral. Já concordei mais com as críticas de cinema desse blog, viu? Me deu até sono...

    ResponderExcluir
  4. CARA vc merece morar em SP

    ResponderExcluir
  5. Tem q ser muito burro na boa. Quem essa elite vagabunda tá ferrado é vc e não o Lula ACORDA

    ResponderExcluir
  6. Como mostrou o filme Bastardos Inglórios (2009) de Tarantino, após cada invasão relâmpago nazista em países como a França, junto com os oficiais seguiam rolos de filmes alemães para serem assistidos compulsoriamente pelos vencidos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A mundialização das produções hollywoodianas no pós-guerra foi a continuidade da estratégia nazifascista. Apenas que agora não temos mais oficiais levando rolos de filme para o front, mas empresas distribuidoras – apesar de ações no campo de batalha como ocorreu na cidade de Cabul ao ser invadida pelas tropas norte-americanas na guerra do Afeganistão pós-9/11: carros com autofalantes circulavam na cidade tocando músicas de FMs dos EUA. E aqui no Brasil os fascistas fazem circular seus panfletos seus panfletos visuais em cinemas e televisão com O thriller judiciário “Polícia Federal: A Lei é Para Todos” e um “thriller econômico” - “Real: O Plano por Trás da História”, E ainda é esperado para o ano que vem uma série Netflix sobre a Operação Lava Jato cujo diretor brasileiro José Padilha. Pelo menos Padilha que é de direita é sincero e não simula isenção e apartidarismo como os diretores das produções lançadas este ano.

      Excluir
    2. 09:24 e tem gente que acha que o maior prejuízo que hollywood trouxe para a humanidade foi o amor romântico

      Excluir
  7. A Lei é para todos os pretos, pobres, putas e petistas9 de setembro de 2017 08:18

    As benesses da lei não é para todos, só para os da Casa Grande, para os de sangue azul.

    Se a lei é para todos, porque o Aécio, tendo praticado tantos crimes, está livre, leve e solto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade miga No mínimo bizarra a escolha do subtítulo... "A Lei é para todos" no país que não vai processar o pessoal da Samarco, que estuprador em série é libertado sem problema (para voltar a estuprar no transporte público) ou que juiz bêbado e sem documento escapa de blitz (e ainda dá voz de prisão para quem está fazendo seu trabalho)...

      Excluir
    2. Aécio Livre
      Alckmin Livre
      Serra Livre
      PerrelLa Livre
      Temer Livre
      FHC Livre
      Jucá Livre
      GM Livre

      Excluir
    3. Mas Geddel está preso, Cunha está preso, Cabral está preso, Henrique Alves está preso...

      Excluir
    4. E Lula e Dilma ainda estão livres, vejam só!

      Excluir
    5. 10:49 Segundo o panfleto do psdb a "lei é para todos"

      10:24 kkkkkkk o nome disso é: MOVIMENTO BRASIL LIVRE

      Excluir
    6. 12:46 não sei em que pais tu vive, Dilma teve julgamento político e perdeu o cargo e Lula já foi condenado pela Lava jato. Agora o Aecio cheira pó tá livre e voltou para o cargo e o juiz ainda disse que Aecio prestou um serviço enorme ao pais e me imagino que o serviço que ele fala tem a ver com pó

      Excluir
    7. Aécio, além de desmoralizado em rede nacional, segue sob pesada investigação. É carta fora do baralho.

      Excluir
  8. ESTE FLAYER DO PSDB TÁ MUITO MAU FEITO A COMEÇAR PELO TITULO “A LEI É PARA TODOS” , O JUIZÃO GILMAR MENDES INDICADO PELO PSDB E O JUIZINHO MORO AMIGUINHO DO AECIO QUE O DIGAM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "MAU FEITO"
      Morto com a militância de esquerda.

      Excluir
    2. 22:37 é isso mesmo MAU de LOBO MAU muito MAU mesmo

      Excluir
  9. Os coxinhas e eleitores do Jon Dollar estão tudo gostando desse filminho lixo. Não vi e jamais vou sair de minha casa pra assistir um filme com Flávia Alessandra no elenco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flavia Alessandra não vai dormir essa noite por conta dessa revelação tão importante.

      Excluir
    2. O Pai da Flavia Alexandra e vários familiares seus são militares , então é bastante compreensível ela ter aceitado fazer este filme chapa branca

      Excluir
  10. Quem patrocinou essa bosta... Quero dizer: filme?

    ResponderExcluir
  11. É propaganda eleitoreira do PSDB?

    ResponderExcluir
  12. Li todos os comentários. Minha conclusão: o choro é livre.

    ResponderExcluir
  13. VIVA TEMER! VIVA AÉCIO! O PAÍS ESTÁ NO CAMINHO CERTO!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viva São Moro de Maringá.. Grande Discipulo de Mussolini, Inquisitor Mor da heresia vermelha, Lider Máximo da fascistada verde e amarela, Padroeiro protetor da corrupção tucana. Viva

      Excluir
  14. Cadê o preso do PSDB?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 16:40 Como disse o Giannotti, o PSDB acabou, filhote.

      Guarde seu ódio para o PACO. Você ainda vai sentir saudades do PSDB.

      Excluir
  15. Pessoal fanático da esquerda enxerga a ideologia como uma bíblia sagrada e um dogma. Eu, que não sou de direita nem esquerda, acho que, se não fosse esse messianismo todo envolvendo socialismo ou como queiram chamar, seriam pessoas razoavelmente inteligentes.
    Mas, na prática e na realidade, são bairros, chatos e pedantes.
    Morro de pena pois os coitados juram que são seres superiores.
    Mas merecem o limbo que alcançaram com essa atitude fétida com que agem sempre.

    ResponderExcluir
  16. O filme teve investidores que não quiseram seus nomes divulgados. Por que? Um filme panfletário, isso sim!

    ResponderExcluir
  17. Vc deu spoiler no final do texto kkkkkk

    ResponderExcluir