terça-feira, 19 de setembro de 2017

O CARRO VOADOR

Era uma vez um mecânico que prometia fazer os carros voarem. Bastava dar uma turbinada no motor e voilà, seu possante saía pelos ares. Não faltavam interessados: afinal, quem nunca sonhou em planar com um Chevette ou saltitar entre as nuvens a bordo de um Fusca? Não importava que os carros por turbinados por esse mecânico logo se espatifassem no chão. Tampouco importava que a mecânica de automóveis não previa em seus manuais nenhuma técnica miraculosa para fazer os carros voarem. "Quem quer que seu carro voe tem o direito de tentar", defendiam alguns, "esse mecânico só está oferecendo o que muitos querem, ninguém pode proibir".

É mais ou menos esta a linha de raciocínio de muita gente razoável, que não viu nada de mais no parecer do juiz do DF que liberou a "cura gay". Sim, amiguinhos, foi isto o que ele fez. O texto foi composto por palavras bonitas, dando a entender que os pacientes que buscam entender melhor sua orientação sexual poderão contar com o auxílio de psicólogos, mas basta conferir quem está por trás da ação que gerou a liminar. É Rozangela Alves Justino, que se orgulha de ter "curado" dezenas de homossexuais. Tudo o que ela e seus comparsas querem é o sinal verde da Justiça para instalar no Brasil a indústria do realinhamento sexual, que ainda viceja em alguns estados americanos e em vários países atrasados. E a clientela dessa corja não é formada por adultos conscientes, mas sim por menores de idade que não têm como escapar da sanha de suas próprias famílias.

Por isto, não dá para ser leniente numa hora dessas. É exatamente isto o que estes neofascistas querem: que pessoas razoáveis caiam em sua esparrela, e eles deem mais um passo rumo à criminalização da homossexualidade. Estou exagerando? Veja o que acontece nos lugares onde eles chegaram ao poder. Portanto, não se enganem. Um psicólogo que promete reverter a orientação sexual é tão absurdo quanto um mecânico que garante fazer um carro voar.

51 comentários:

  1. Muito obrigado, Tony. Ótimo resumo e ótima argumentação. Vamos levar esse texto adiante.

    ResponderExcluir
  2. Quando a gente acha que isso é assunto superado... Eu não sei o que é mais digno de pena: aquele que se acha 'doente' por ser viado ou aquele que acredita (supondo que este tipo de pessoa tenha algum tipo de boa fé, o que é difícil) que pode padronizar a sexualidade alheia. A humanidade é múltipla assim como sua sexualidade.


    Agora, favor não confundir a homossexualidade que é um aspecto sexual socialmente aceitável, com transar com mortos, crianças e animais, por exemplo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 09:55 A questão, como é focada no texto, é o uso que será feito disso, com "famílias" submetendo seus filhos à cura...
      Favor não confun...isso só faz, pessoas de má fé.





      Excluir
    2. 09:55 A questão, como é focada no texto, é o uso que será feito disso, com "famílias" submetendo seus filhos à cura...
      Favor não confun...isso só faz, pessoas de má fé.





      Excluir
    3. Conheço pencas de boys que comeram bichas por dinheiro e precisam, sim, de psicólogo para superam essa experiência. Cada caso é um caso. Carros não foram feitos para voar, mas há muito helicóptero parado no trânsito das marginais da vida.

      Se João pode ter acompanhamento psicológico para """virar""" Maria, por que alguém que vivenciou a homossexualidade não pode redirecionar a própria conduta?

      Criminalizar a prática homossexual é outra coisa. Se ocorrer, parto para a briga! Entretanto, tratar quem quer ser tratado é mais do que justo, e nem adianta a esquerda tentar plantar histerias sem sentido.

      Excluir
    4. #Sou gay quero me curar e os militantes (todos de esquerda) não deixam.
      #sofro de gay e não permitem que me trate.
      # Estou com gay e me impedem de curar-me.

      Excluir
    5. A razoabilidade da doida, senhor tenha piedade.

      Excluir
    6. @17:28, homossexualidade não é "prática". É condição.

      Justamente por ser condição é que você não pode falar em "terapia de reorientação sexual".

      O juiz do DF fala expressamente que o psicólogo poderá falar em reorientação sexual. Ou seja, liberou a terapia de conversão.

      É simples.

      Se ele tivesse dito "psicólgos podem falar sobre sexualidade com pacientes insatisfeitos com sua orientação sexual, desde que não busquem realizar tentativas de 'cura'", aí tudo bem. Mas não foi isso que aconteceu.

      Excluir
    7. Juanita, nem todXs são bichas tão convictas quanto a senhora, né? :-)

      Excluir
    8. Mas todas são bichas.
      (Vivem querendo complicar)

      Excluir
  3. Uma forma de reagir é pelo voto. Precisamos votar apenas em candidatos que apoiam 100% gays, lésbicas, bissexuais e transexuais, e suas lutas por direitos, dignidade e respeito na sociedade.

    Precisávamos também de umas bichas valentes protestando na frente do Tribunal de Justiça do DF, onde aquele juiz energúmeno proferiu aquela decisão infeliz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai anônimo, eu também amaria que LGBTQ votasse em quem nos apoia. No entanto a verdade nua e crua é que LGBTQ ta votando muito em quem não nos apoia. Ou você por acaso acha que se LGBTQ votasse em candidatos aliados não teríamos condições de eleger um quantitativo maior de congressistas que nos apoiam? É isso que dá gay achar que só o que importa é diversão, buatxe, e esquecer que pra se ter isso é necessário ter política necessária para tanto.

      Excluir
    2. A militância ainda não cansou de tentar por cabresto no voto das gays? HAHAHAHA Bicha burra morre logo, miga! Melhor você esperar sentada se acha que vamos eleger gente que quer nadar de braçada na vida boa. Cada uma que cuide de si.

      Excluir
    3. 17:17 Você é muito burro cara!

      Excluir
    4. 17:17 explique como é cada um por si? Política é coletividade. Quando os evangélicos querem avançar a agenda política e moral deles, eles lançam pastores como candidatos a deputado estadual, federal, prefeito etc. Ruralistas fazem o mesmo. Sindicalistas e grandes capitalistas idem. Mas viado agora não pode fazer o mesmo? Explique, querida.

      Excluir
    5. 4:02 Não sei o outro comentarista, mas eu JAMAIS votaria em alguém pelo que ele faz na cama. Por essa lógica, deveriam subdividir o "sindicato" imaginário em coletivo das passivas, das feladoras, das casadas e recatadas, das bilus, das militontas, das caídas e fracassadas, das bUnitas, et caterva (risos).

      Sem contar que conhecendo as viadas oportunistas e arrogantes que se envolvem com política (em busca de uma teta), como eu conheço, duvido que os gays deem crédito a essa escória.

      Excluir
    6. Está aí a lógica nua e crua de DeFu, a anônima das 8:28 e 17:17. Ser gay é apenas e simplesmente o que se faz na cama: transar com homem. Ser gay não é ter mais chance de ser discriminado em sociedade, ter menos direitos (casamento homossexual ainda não é reconhecido na maior parte do mundo e em muitos mais homossexualidade é crime).

      Veja bem. A DeFu tem pensamento estreito até sobre o que constitui e o que vem de consequência por ser homossexual. Explica muita coisa.

      Tony, já não é hora de filtrar esses comentários melhor?

      Excluir
    7. Este é um dilema que me corrói todos os dias.

      Excluir
    8. 08:28 Mas tudo isso que vc citou, no fundo, é só viado mesmo né.

      Excluir
    9. Tony 11:32 que vc encontre uma solução salomônica para seu dilema, porém pior que esses absurdos DeFunianos, é o grau de VIRULÊNCIA que rola no blog, NAO HÁ EMPATIA alguma com o outro, ou a dor do outro, é ódio sobre ódio. Não consigo achar explicação pois são temas que poderiam ser revertido de forma legal a nosso favor, afinal ainda há muito a conquistar, porém o que prevalece é um RANCOR arvorado a luxuoso. Algo realmente lastimável. Um poço de fel que sonhamos encontrar mel.

      Excluir
    10. Calar e excluir o contraditório do debate, ou aceitar e respeitar a real diversidade de opiniões? Ó, dúvida cruel.

      Excluir
    11. 18:35, existe uma diferença entre debater ideias e abusar da liberdade de expressão para disseminar ideias excludentes e homofóbicas.

      Excluir
  4. Tony, por favor não me jogue pedras porque eu sofro, odeio homofóbicos sem exceção, apenas gostaria de entender algo dentro de um contexto.
    Na nossa sociedade ocidental e basicamente cristã, o direito civil permite que uma pessoa se case apenas com uma outra, não permite poligamia no âmbito civil.
    Isso por si só já não é uma das muitas evidências de que vivemos numa democracia dominada pela religião cristã?
    E me parece que esse modelo é bem aceito inclusive pelos lutadores a favor da liberdade. A democracia parece aquele cobertor menor que a cama e que o casal fica disputando puxando pra lá e pra cá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que comment sem pé nem cabeça. É uma pergunta ou uma afirmação? O que liberdade tem a ver com cobertor? O que vc quer querido?

      Excluir
  5. O Mio Babbino Caro
    Este juiz do Df, é o mesmo pescador de aguas turvas que se aproveita dos tempos de empoderamento conservador, para levar adiante suas agendas fascistas, não há nada isolado. Maioridade penal, escola sem partido, aborto...intolerâncias, não tem fim. E tudo, inacreditavelmente relativizado pelos asnos de plantão de sempre. São esses os nossos dias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Babu, não adianta tentar culpar quem não ama a Dilma que nem vc. O juiz fez o que a posição dele permite, e só a lei pode reverter aquilo.
      Ficar tentando polarizar isso é pior culpar quem não é petista como a senhora só te faz pagar mais mico do que já paga sempre aqui no blog.

      Excluir
    2. 12:51 Acreditar que o mundo é dividido em petistas e não petistas facilita sua existência, vá em frente. Nunca fui petista, eu só tento ser, digamos, coerente. E não há nada que possa fazer com pessoas desonestas a não ser a ação do tempo. Olha, vivo bem VIU Rsrs

      Excluir
  6. Gente razoável? Gente razoável alguma pensaria que "cura gay" deve ser fornecida. Se gente dita razoável pensa assim de razoável não tem nada, é muito é ignorante mesmo. O que esses psicólogos boçais querem é algum modo de instaurar uma indústria que forneça uma abominação dessas para lucrar em cima de muitos pais imbecis que levarão suas crianças a passar por uma barbaridade dessas.

    ResponderExcluir
  7. Hum... cadê os gays de direita que defenderam o fechamento da mostra Queer? Essa turma vivia nos comentários expressando sua ignorância e ódio, mas depois dessa da "cura gay" a bicharada direitista sumiu daqui. Coisa estranha, não? Estranho nada, é que gay de direita prefere atacar coisas que promovam pessoas LGBT, como a "cura gay" não nos promove, muito pelo contrário, então gays de direita optam pelo silencio. Gente boníssima essa, hein, kkkkkkkkkkkkk.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 14:37 - Os gays de direita não são dados a histerias sem sentido.

      Excluir
    2. 14:37 já conheci pessoas de direita mais sensatas do que tenho visto aqui. Comentários com o seu me remete mais a jecas do que própria mente a uma direita que pudéssemos contemporizar nossas posições.

      Excluir
  8. Texto incrível Tony!
    Como sempre ;*

    ResponderExcluir
  9. Próximo passo: se é doença, pode ser tratada pelo SUS. O povo de deus acha que foi uma grande vitória, sem perceber que no final vai pagar a conta, como sempre. País de trouxas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 16:02 - Eles já pagam uma conta pra lá de salgada, fofa! Pesquise e descubra que a comunidade gay é UMA VERDADEIRA DRAGA de recursos do SUS.

      Excluir
  10. Acho essa porra toda um lixo reacionário e atrasado.
    Mas acho que a esquerda perdeu a credibilidade pra sair gritando qualquer coisa.
    E por um singelo motivo: nunca admitem que erram e qusndo erram.
    Fico de cara vendo vcs aqui exigindo que quem quis a queda da Anta agora admita que ajudou os conservadores.
    Cadê algum mea culpa das bobagens que vcs vem apoiando ha décadas?
    Nunca vi nenhum.

    ResponderExcluir
  11. Para a Defu anta: ela tem se multiplicado nos comments, a maioria dos comments de direita são dela própria dando vazão à loucura !
    Faz um favor pra nos e pra toda humanidade: suicida-se ou procura a tar da evanja, vê se ela te cura e se manca daqui!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. FYI não sou a Defu, tampouco de direita, mas estou sempre aqui comentando e criticando as imbecilidades dos esquerdinhas.
      Sim, vcs tbm cometem imbecilidades, acredite!!!

      Excluir
    2. 20:25 Acredite, não é a DeFu...Dida, são vários asnos, se eles não viessem pastar aqui, aonde sempre encontram algumas migalhas. Iriam pastar aonde, me diga.

      Excluir
    3. 21:24 e 22:53, Lavem suas bocas antes de pronunciarem o Santo Nome de Nossa Mestra Iluminada.

      Excluir
  12. Ai Tony como eu queria ser uma repórter para, durante uma entrevista com um desses "psicólogos", sair com essa (e saborear a cara de tacho do infeliz):

    - Dr. Fulano, então se eu lhe procurar, o senhor vai poder me ajudar também não é? Porque eu sou heterossexual e estou muito infeliz nesta condição, porque meu sonho sempre foi ser gay!

    ResponderExcluir
  13. É impressionante como essas pessoas que tentam justificar essa decisão esquecem que psicólogos atendem crianças.

    Ou seja, os pacientes não são meros adultos que conscientemente querem falar sobre sua orientação sexual com um psicólogo evangélico...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato. O pessoal da direita fala como se que buscasse esse tipo de "terapia" fosse um adulto consciente e angustiado, quando na verdade são pais ignorantes que submetem seus filhos a um tratamento com sequelas gravíssimas. Abundam os relatos de pessoas que passaram por isto quando pequenas, e são histórias de horror.

      Excluir

    2. Adoraria que o povo tivesse essa mesma preocupação quando a esquerda pedófila defende terapia hormonal e mudança de sexo para crianças e adolescentes. Dois pesos, duas medidas...

      Excluir
    3. 18:29 Se a OMS determinar, será acatada. O que não dá é isso ser determinação de juiz pastor etc.
      Deu pra entender, antes de mirabolantemete introduzir direita ou esquerda nessa história.

      Excluir
    4. Novamente, no blog do Tony alguém fala da esquerda monoliticamente, como se toda ela pensasse da mesma forma e defendesse as mesmas coisas. Primeiro, transexualidade não tem nada a ver com homossexualidade. Identidade de gênero e orientação sexual são conceitos distintos. Em segundo lugar, homossexualidade não é doença desde a década de 1990 e, portanto, um profissional que quer fazer uma terapia numa pessoa homossexual não deve poder fazê-lo.

      Apenas entenda, Anônimo, que ideias não vêm em pacotes. Pelo seu texto, uma pessoa de direita deve achar OK o lance do redirecionamento, mas acredite, muita gente não acha.

      Excluir
  14. Sim, vamos proibir que pessoas busquem terapias alternativas e sem eficácia comprovada. Homeopatia? Banida! No caso dos psicólogos, aguardo pela imediata extinção da psicanálise. Obviamente, não farão isso. A próxima etapa do ativismo bocó está mais para a proibição da própria religião cristã, claro! Só não entende o movimento desses pilantras quem não quer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Homeopatia devia mesmo ser banida, é empulhação pura.

      Excluir
    2. Tony, eu já me curei com homeopatia, depois de anos e anos de tentativas frustradas com halopatia. Assim como já me trarei com acupuntura e foi ótimo. Ambos os casos, aliás, reconhecidos e proporcionados hoje pelos planos de saude.

      Excluir
    3. Que bom para você. Também conheço vários casos em que a homeopatia não serviu para absolutamente nada.

      Excluir
    4. Quando há distúrbio psicossomático, terapias alternativas podem servir de muleta. Fora isso, não passam de engodo.

      Excluir