sexta-feira, 22 de setembro de 2017

A GUERRA CIVIL CARIOCA

Meu coração sangra pela minha cidade natal, que poucos anos atrás parecia ter tomado tento na vida. Hoje o Rio arde, com a população sitiada, o governo estadual falido e a prefeitura na mão de um fanático religioso que não entende picas da cidade. Tem um lado meu que grita "bem-feito": quem mandou eleger Brizola, Maia, Garotinho, Rosinha, Cabral, Pezão, Paes, Crivella? Os cariocas já tiveram a fama de serem os cidadãos mais politizados do país, mas é incrível como têm dedo podre para escolher seus governantes. Com um mínimo de civilização, o Rio de Janeiro seria forte candidato a melhor lugar do mundo, mas parece condenado ao caos e à violência. E não dá mais para negar, conterrâneos: essa culpa é toda nossa.

26 comentários:

  1. Essa culpa é toda nossa? Really?
    Ah, Tony, com todo respeito, me dá um tempo

    ResponderExcluir
  2. Não sei Tony, talvez seja um pouco injusto culpar os cariocas.
    Os criminosos que ocuparam o poder por décadas cultivaram cuidadosamente uma massa de analfabetos funcionais (como em todos os lugares do país), que respondem por pelo menos 80% dos votos no Estado.
    É uma massa facilmente manipulável, incapaz de reagir simplesmente porque não consegue fazer um simples jogo de ligar os pontos... Não ligam causas as consequências ou quando tentam, erram...
    Além disso, os bandidos no governo fazem questão de manipular o sistema pra que ninguém de fora dele tenha qualquer chance de se eleger. Se quiser ter uma chance, me parece q o caminho é: primeiro, renda-se ao sistema corrupto, diga amém a tudo, de preferência pegue uma parte pra vc, de forma a virar cúmplice, e depois vc terá chance de uma carreira na política.
    E aí que está o problema: política não deveria ser carreira. Os eleitos deveriam prestar 5 anos de serviço sem direito a reeleição. Assim, pensariam em melhorar o país pra quando eles próprios deixassem o poder.
    No sistema atual, só pensam em se perpetuar, e pra isso, manter uma massa de zumbis votantes, é fundamental.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Manipulados ou não, foram os próprios cariocas que escolheram seus grande goverantes... Assim como no federal colhemos o que por burrisse ou inocência plantamos.

      Excluir
  3. O Mio Babbino Caro
    Idolatrada mãe a quem recorro toda vez ameaçado o pranto.
    Paraíso S. Sebastião Rei de Janeiro.(M/R)
    Quanta dor!

    ResponderExcluir
  4. Eu estou rindo de camarote de vocês todos que vibraram e celebraram felizes tanto a Copa quanto as olimpíadas, orgulhosos que o Brasil do Lula tinha chegado ao topo do mundo, todos gritando chupa mundo!
    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
    Parabéns pra vcs todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc é meia que doente ne?

      Excluir
    2. 1:23, prefiro sandália sem meia.

      Excluir
  5. O rio sempre foi caótico em todos os sentidos!
    A começar pela cabecinha dos seus habitantes, que sejamos sinceros, nunca foi la que boa..., junta-se ignorância com mau-caracter, vira isso o que vcs estão vendo...

    ResponderExcluir
  6. Respostas
    1. É do game "Favela Wars", que já é antigo: foi criado em 2013.

      http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2013/10/carioca-cria-game-de-guerra-em-favela-apos-passar-por-tiroteio-no-rio.html

      Excluir
  7. O povo carioca é maravilhoso,mas nunca foi muito inteligente.

    ResponderExcluir
  8. HAHAHAHAHAHA
    Hoje já acordei desmaiando de rir da esquerda brasileira que ama o politico modernão canadense e viram o Canadá ontem impondo sanções ao Maduro.
    HAHAHAHAHAHAHAHAHA e agora né?

    ResponderExcluir
  9. Culpado eu? NÃO MESMO! Mas nada como viver como os paulistanos ou neopaulistanos no perímetro Vila Madalena-Vila Mariana; Higienopolis - Itaim-bibi...
    Como dizia um sábio: “A ignorância é que astravanca o pogréssio”..

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Nossa Vila Paulistana é um refúgio da degradação generalizada de Banânia. O segredo? Uma Polícia forte com a Rota na rua e equipamentos da Apple em 24X no cartão, para manter a juventude esquerdista entretida.

      Recomendo a todos um vídeo recente do Mamaefalei, em que um venezuelano é levado a um debate na USP. Revela as tripas laceradas da esquerda brasileira.

      Excluir
  10. Com o nível dos comentários vou acabar concordando que, se é viado é porque...morro de vergonha com a solidariedade dos meus irmãos viados.
    Carioca agradecido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. @13:08, aprenda que viado não é "irmão" de ninguém. No máximo, é a írmã má, tipo aquela da Cinderela.

      Excluir
  11. Ué, mas o Rio não era a casa da modernidade brasileira? A cidade onde tudo era divino e perfeito? Dia desses vi nas redes um rapaz falando que a elite paulista era um horror, e eu concordo. Entretanto críticas a elite carioca nesse mesmo viés que o moço falava quase nunca vi/ouvi. O Rio sempre foi uma farsa. É uma cidade racista, segregacionista, de uma elite branca metida a progressista mas que tem horror de gente pobre e preta. A cidade do Rio, o Estado do Rio, com suas (falsas) áureas de espírito moderno ajudaram a consolidar no país uma imagem que de verdadeira só tinha a enganação.

    ResponderExcluir
  12. Está certo, Tony. Nós no Rio de Janeiro conseguimos a façanha de eleger o pior do pior da política nacional. É só comparar com estados de semelhante complexidade como São Paulo ou Minas Gerais. Veja que mesmo com erros pontuais, ou escolhas duvidosas, o São Paulo, por exemplo se mantém firme e sendo o estado mais seguro da federação por 100.000 habitantes (IBGE e Mapa da Violência 2017). O Rio nem pode culpar o governo federal, pois o estado tem eleito sistematicamente quem está no poder (vide Dilma em 2014). Espero que nós, Fluminenses possamos levantar a cabeça com orgulho um dia.

    ResponderExcluir
  13. Se a segurança pública continuar assim, já imagino as reações da imprensa com o resultado das eleições de 2018:

    ”A onda conservadora chegou ao Brasil”

    ”Isso é um grande retrocesso!”

    “Tempos obscuros.”

    “Fascismo dos conservadores e religiosos.“

    Quem viver...

    ResponderExcluir
  14. Desculpe a ignorância, mas até o BRIZOLA??? Sempre imaginei que o mesmo fosse um visionário .. ainda mais no quesito educação!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em busca dos votos das favelas, Brizola proibiu que a polícia entrasse nelas perseguindo bandidos. Foi o começo da escalada de violência que hoje engolfa o Rio inteiro.

      Excluir
    2. Visionário que deu ao Brasil a Dilma
      HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH

      Excluir
    3. 00:42 Se os demais investissem em educação o que Brizola investiu, e não em segurança, a história seria outra. Sem falar da corrupção.

      Excluir
  15. Incrível é São Paulo não ter definhado na mão dos tucanos...não, péra.

    E quem nasceu para ser Rio, por mais que melhore, nunca será Paris.

    ResponderExcluir