sábado, 5 de agosto de 2017

TENTE ESQUECER EM QUE ANO ESTAMOS

"Ai, ai, meu Deus
Mas o que foi que aconteceu
Com a música popular brasileira?"

Rita Lee lançou "Arrombou a Festa" em 1977, metendo o pau em quase todos os medalhões da MPB da época. Dois anos depois, gravou uma nova versão e atualizou a letra. Sobrou para Chico Buarque, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Roberto Carlos, Raul Seixas, Martinho da Vila... Todos reverenciados hoje como talentos indiscutíveis. Mas será que Rita já não estava captando no ar a decadência da nossa música? Muitos pesquisadores concordam hoje que o apogeu se deu no começo dos ano 70. Nos primeiros anos daquela década, saíram trabalhos seminais como "Clube da Esquina", os Novos Baianos e os Secos & Molhados. Além da inovação musical, as letras transbordavam qualidade (as dos S&M eram quase todas poesias famosas). E mesmo assim os caras vendiam muito, tocavam nas rádios AM, iam ao programa do Chacrinha e eram conhecidos pelo povão.

Luiz Melodia foi um dos expoentes do período. "Pérola Negra" é uma canção sofisticadíssima, com timbres de jazz e letra isenta de clichês, e ainda assim se transformou num clássico popular. Aliás, toda a obra do cantor e compositor carioca, falecido ontem, é de um refinamento absurdo. No entanto, ele só faturou nos primeiros anos de carreira. Sem se dobrar às regras do mercado, em pouco tempo Melodia foi relegado à categoria cult, onde permaneceu até a morte.

Enquanto isto, as paradas  embregueceram de vez. O "mainstream" da MPB se encolheu num nicho, e os bárbaros transpuseram as muralhas. O resultado é o panorama desolador que vivemos hoje, dominado pelo sertanejo mais rasteiro, com musiquinhas chinfrins recheadas de rimas pobres. Não que eu também não goste de porcaria: adorei "Deu Onda", acho que a bobagem faz parte do pop.

Mas cadê o outro lado? Cadê a garotada com o calibre de um Melodia, um Belchior? Tem gente ótima por aí, eu sei, mas meio escondida. Claro que estou soando velho, reclamando de não me encaixar mais nos tempos que correm. Pode ser. Tentei ouvir Simone e Simaria, não deu. Prefiro música alfabetizada.

23 comentários:

  1. Cadê a garotada? Tá endeusando "Sua Cara".

    ResponderExcluir
  2. E o Johnny Hooker ???

    ResponderExcluir
  3. Acho a Iza e Jaloo interessantíssimos

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. "interessantíssimos" WHO????

      Triste e melancólico, não é mesmo?

      A elite esquerdista destruiu a alta cultura através de seus paulofreirianismos e suas revoluções culturais. Agora chora sobre o defunto, enquanto compara Lula à Jesus, em capa de revista.

      Até mesmo a moçada educada a peso de Ouro foi transformada em lacradorXs empoderadXs. Queriam o quê????

      HAHAHAHA

      Eis os escombros do ocaso para que seus ideólogos chafurdem na gosma fétida de frutos que já nasceram podres (ui). Foi pior na URSS, culturas riquíssimas reduzidas a pó. Foi o mesmo com a China e Cuba, meros espectros de um passado glorioso.

      Aqueles que, tal como Tony, viveram o brilho de décadas idas se dão conta (por lampejos tardios) que o avanço do comunofascismo nos destruiu. A cartilha de Gramsci foi aplicada com sucesso por estas cercanias.

      Os da nova geração? Nem história conhecem. Nem arte, nem tradição. Romperam com tudo, e o resultado está aí: uma molecada histérica, pretensiosa e estéril. Não tinha como ser diferente.

      O fato é que "cultura de esquerda" só produz algo quando há uma Cultura de verdade para achincalharem em suas críticas. E... tadããā!!! Não sobrou muita coisa, amiguinhos, pois os vovôs das vanguardas plantaram o ovo da serpente, e o inverno chegou.

      Restam pequeníssima células que, se derem muita sorte, levarão uns trinta anos para reestabelecerem
      algum debate que valha.

      O relativismo mental do pensamento dominante tem forçado quem ainda sobrou a buscar abrigo na direita. Sāo sempre muitíssimo bem recebidos quando demonstram capacidade de reflexão. Só não pensem que as coisas estão muito melhores por lá, pois eles vivem no mesmo país. Apenas diagnosticaram a doença e seguem tal qual uma 'Résistance' movida por não mais que esperança.

      TF

      Excluir
    2. Com certeza, você é mais um idiota medíocre nazifascista!
      O teu sistema,o Capitalismo promove a "(não)arte de consumo" e não dá acesso ao público da verdadeira arte pensante, a arte que faz crescer, criar, pensar... ah é, vocês não gostam disso, né?

      Excluir
    3. MELDELS... Confundir nazifascismo com capitalismo só comprova a indigência mental da esquerda. Ou sua absoluta má-fé.

      Excluir
    4. 02:16 A elite esquerdista...O país diz que tem 500 anos e você me vem com esse laia. PELOAMÔ!




      Excluir
    5. Eu acho essas caipiras sertanojas a cara da coxinhada..

      Excluir

    6. 18:30 Que eu saiba, o país chamado Brasil não tem em 200 anos, bee! De república, pouco mais de 100. A mentalidade esquerdista, que cresceu com o varguismo, quase deu o "salto" com Jango. Foi detida pelos militares, mas voltou com força em 1985 e, desde então, ocupou TODOS os espaços. Tentou dar o tal do salto mais uma vez recentemente. Felizmente foi desmascarada a tempo. A Venezuela não teve a mesma sorte.

      Excluir
  4. Falou-se tanto que a internet ia fazer aflorar talentos mil agora sem as amarras das gravadoras e.....NADA! Só revelou porcaria, a começar por Luan biba. O problema não é a indústria nem a internet. É o público jeca que acha Ivete deusa com aqueles axés pobres (redundância). E ai de quem não gostar daquilo, é isolado numa ilha.

    ResponderExcluir
  5. TEMOS SILVA , GENECI, JOHNNY HOOKER,FILIPE CATTO E TEM AS MENINAS TB ( NOVAS SAPINHAS)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida, pra senhoura e pras outras ficarem avisadas, johnny hooker não canta. Mulher melhore, bicha burra.

      Excluir
    2. O 19:56 nem se dá conta do que Tony quis dizer. Cita uns esquizóides que só atingem um ou outro gueto e acha que tá tudo bem. Geração perdida.

      Excluir
    3. GERACAO PERDIDA, VC QUE DEVE SER UM VELHO QUE ACHA QUE TUDO QUE É VELHO É BOM E O NOVO RUIM...MELHORE VC, EU TENHO 40 ANOS E SOU ABERTO AO QUE É BOM!

      Excluir
    4. Credo! 40 anos e ainda não aprendeu a escrever. Deve vestir uma bermudinha no final de semana e pagar de tiozão, azarando a molecada. Triste.

      Excluir
    5. E vc bichinha politicamente correta e mal amada,fudida etc e tal, julgar alguem por se expressar diferente do que é convencao da internet nao faz a portugues dela melhor ou pior que o seu! Agora pelo que eu me lembro estavamos discutindo gostos musicais.

      Excluir
  6. Até o ano passado,fui ver gente nova. Só gostei mesmo de Jeneci. Saí no meio das apresentações de Tulipa e Catto.Prefiro nem comentar. Uma chatice Renato Braz. A Hooker em cena,é figurinha feia,desprovida de porte,ainda precisa aprender a cantar realmente bem. E tem uma bundinha murcha,insignificante rs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por isso gosto do Emicida

      Excluir
    2. O problema dessa "gente nova" é apostar na eterna desconstrução, numa sociedade que já está em frangalhos nos aspectos éticos, morais, culturais e econômico. O drama maior é que não há quase ninguém capaz de reconstruir a partir do que restou.

      Excluir
  7. Triste a morte de Luís Melodia.Conheci a obra desse artista quando ele interpretava a música do Cazuza, "Codinome Beija Flor". Nem sabia que essa música era do Cazuza,pensava que na verdade fosse composição de Luiz Melodia. Ele deu cara própria e ainda conseguiu fazer a versão melhor do que a original.Só um gênio para fazer isso.
    Em plena decadência de qualidade musical no Brasil,mais um poeta da MPB morre,sem deixar reposição semelhante.
    Porém ainda existem barzinhos,saraus e ruas com pessoas escrevendo poemas em guardanapo,dedilhando violão com uma mão e com a outra uma garrafa de cerveja, rodas de conversas discutindo livros,músicas,cinema e política em plena noite .Esse era o universo de onde veio Luís Melodia ,na qual ele se inspirou para fazer suas canções. E tenhamos cuidado para essas coisas singelas não serem substituídas por carros tocando funk em último volume com um monte de pessoas retardadas bêbadas.

    ResponderExcluir
  8. Enquanto tiver quem bote terra em cima dos quem estão indo contra a maré do sertanejo, funk entre outros q dominam as massas, nós estaremos buscando algo q já está entre nós e não nos damos conta. Em vez de incentivar os novos artistas da mpb, ficam apedrejando, aí fica difícil né.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 00:01 Deixa eu desenhar: quem vai contra bosta só produz bosta. Não há mais arena de debate cultural, e o rebaixamento do todo segue numa espiral descendente. O embate só é travado numa chave histérica e militante.

      TF

      Fui.

      Excluir
    2. APENAS CRITIQUEM BICHAS VELHAS E CADA UM ESCUTE O QUE QUISER! VAO OUVIR APENAS Barbra Streisand KKKKKKK

      Excluir