quinta-feira, 17 de agosto de 2017

A POESIA CONCRETA DE TUAS ESQUINAS

São Paulo é uma das metrópoles mais feias do mundo. Mas nem sempre foi assim: em meados do século 20, a cidade viveu um boom imobiliário e se encheu de ousados arranha-céus, assinados por alguns dos maiores arquitetos do Brasil e do mundo. Especialmente entre 1950 e 1960, surgiram edifícios icônicos como o Itália, o Copan e o Conjunto Nacional. Este período de arrojo e beleza urbana, nunca mais repetido, é o tema do primeiro livro do jornalista Raul Juste Lores, que toda semana destaca em sua coluna na Folha alguma joia semi-esquecida no meio da feiúra. Aqui elas estão reunidas e têm suas histórias contadas, num trabalho tão essencial que até surpreende o fato de não ter sido feito antes. Fartamente ilustrado, "São Paulo nas Alturas" traz até um guia com itinerários a pé por alguns bairros paulistanos, para o interessado observar in loco muitos dos prédios citados. E depois se indagar o que foi que deu errado.

17 comentários:

  1. Os três prédios na capa desse livro são medonhos!! Em qualquer grande metrópole do mundo já teriam sido demolidos.

    ResponderExcluir
  2. Como se arranha-céus fossem o ápice da estética arquitetônica. Céus, que visão urbanística estreita lambe-botas da escola americana.

    ResponderExcluir
  3. Não conheço nenhuma metrópole que se dignasse a derrubar uma obra de Niemeyer.

    ResponderExcluir
  4. Eu odeio SP é uma cidade que faz jus a sua elite TOSCA... mataram Getúlio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo que eu sei, Getúlio matou a si mesmo, e não foi por causa de uma conspiração paulistana. Vai ler um livro de história e depois a gente conversa.

      Excluir
  5. O Mio Babbino Caro
    Mas nos amamos nosso monstrengo, São Paulo, sua pegada Gotham City, é unica. E demais, Paulo Mendes da Rocha, esta colocando ordem na casa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São Paulo by night
      "Rudemente linda"
      Só enxerga quem tem olhos pra ver.

      Excluir
  6. Belíssimos na capa. O q assombra é a quantidade e falta de qualidade de gente MEDONHA E TOSCA.

    ResponderExcluir
  7. Nao! Sao Paulo nao é uma metrópole feia! Muito pelo contrário, sua beleza especial reside naqueles que a amam e a admiram, seu povo, seus inumeros problemas e principalmente no seu ideal de construir a Nação!!!

    ResponderExcluir
  8. Como já dizia o New York Times no artigo do seu caderno de turismo de 2007 (que continua atual) sobre São Paulo: "the ugliest, most dangerous city that you'll ever love" http://www.nytimes.com/2007/10/14/travel/14hours.html?mcubz=0

    ResponderExcluir
  9. Uma metrópole feiosa num país igualmente feioso. Tudo certo, então.

    ResponderExcluir
  10. Sempre que vou aí fico atento aos edifícios projetados pelo Artacho Jurado. Tão lindos, viagem no tempo. Sabendo evitar a paulistanada de mal com a vida, a cidade é mágica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Porque vc ainda não me encontrou gatão rs

      Excluir
  11. Acho São Paulo incrível.... 😍

    ResponderExcluir