sexta-feira, 14 de julho de 2017

TERNOS PRETOS CAFONA

Quem acompanha esse blog sabe que eu sempre defendi o Jean Wyllys, apesar de não compactuar com muitas das ideias dele. Acho um absurdo tantos gays atacarem o único deputado assumido de todo o Congresso, que nunca se furtou a defender nossos direitos. Também penso que é um despautério a campanha mentirosa que os adversários de Jean (e de todos os gays) promovem contra ele sem cessar, acusando-o de ter dito coisas que ele jamais disse e provocando-o com gracinhas e ofensas sempre que podem. De vez em quando o deputado perde a fleuma, o que é até perdoável. O que não consigo perdoar é ele usar o mesmo tipo de argumento que seus detratores empregam para denegrir o juiz Sergio Moro. Dizer que o cara usa "ternos preto cafona" e tem uma voz que não combina com o corpo soa muito engraçado numa mesa de bar, mas não num vídeo que o próprio Jean gravou e postou na internet. Já disse outras vezes que ele precisa de uma assessoria de imagem, senão vai continuar pregando para os que já estão convencidos - e estes são poucos. Chega de dar munição ao inimigo.

56 comentários:

  1. Sobre o conteúdo do vídeo: Ridículo! A sentença dada pode até ser criticada, mas o argumento trazido é tão estapafúrdio quanto pueril. Mostra uma visão distorcida de quem quer moldar os fatos à sua própria ideologia.

    Sobre a atuação de Jean: Pior que apenas pregar para convertidos é agir tão mal a ponto de afastar este público que tenderia a lhe dar apoio. Corre sério risco de não se reeleger.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu candidato gay, aquele que me representava, chama-se Clodovil. Esse Jean apenas me envergonha.

      Excluir
    2. O finado Clodovil disse várias vezes que era contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo e que não iria mover uma palha pelos direitos LGBT (e não moveu mesmo).

      Excluir
    3. Falar da voz do juiz, da roupa, isso destrói todo e qualquer argumento.
      E ao anônimo das 12:20, nooooooosa, que babaca você, defender um gay homofóbico como o Clodovil. Quer um motivo para o Clodovil ser tão asqueroso? Os conservadores vivem dizendo que tem "saudades do Clodovil no Congresso". Jean pode ter vários defeitos, mas é gay decente que luta pelos direitos igualitários no Congresso. Clodovil era o tipo de gay mais podre que existe dentro a comunidade lgbtq.

      Excluir
    4. 12:20 Além de mais, por causa de gays como você, admiro tanto Jean Wyllys.

      Excluir
    5. Ai que vergonha desse Sérgio Moro!! Tenho pena dos filhos dele.

      Excluir
    6. Eis o pensamento da militância: gay só serve se defender a agenda sem questionar. Se não o fizer, virá "homofóbico". Também estão tentando calar Rogéria a todo o custo. Até Ney Matogrosso já sofreu na mão dessa gentinha.

      Clodovil foi um dos gays mais dignos deste país. Pena não poder dizer o mesmo das cUmpanheiras.

      Excluir
  2. Já chegou a hora do jean pensar menos nos gays e mais na carreira política dele. Ele já tem uma multidão de seguidores heteros por todo o Brasil que admira a força dele para defender os direitos das minorias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jean pensa tanto nos gays, quanto Lula nos trabalhadores. Ambos não passam de oportunistas criados pela mídia.

      :*

      Excluir
    2. 12:04 Talvez o jean tem planos futuros de ser o primeiro governador gay assumido do Brasil e da Bahia

      Excluir
    3. 12:23 Vá fazer terapia.

      Excluir
  3. As pessoas estão tão acostumadas a ouvir mentiras, que sinceridade demais choca e faz com que você pareça arrogante. Sergio Moro é cafona e tem uma voz brochante.Com todo o dinheiro que este juiz esta ganhado com a lavajato e do jeito que ele gosta dos holofotes já devia ter contratado uma fonoaudióloga

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por curiosidade fui ouvir a voz do Moro e parece que tem um pato na boca quando fala. Credo!!!

      Excluir
    2. 13:42 será o pato da FIESP?

      Excluir
  4. Jean Wyllys é apenas mais uma distorção causada por nosso sistema eleitoral que não promove representatividade. Ele não teria se eleito com a quantidade de votos de sua primeira eleição. E só resiste, pois entrou na relação de adversidade mutualista com Bolsonaro fazendo ambos crescerem. E essa obrigação de adesão de qualquer gay ao Wyllys a qualquer custo é negar as diferentes subjetividades e ideologias. O mesmo é condenar todo gay a favor do Holiday. Entre Wyllys e Holiday há uma multidão de LGBTS que não se sentem representados nem por um, nem por outro. E há espaço para deputados e vereadores gays em todos os estados/ cidades...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existe uma tremenda diferença entre Wyllys e o Holiday. O Wyllys luta pelos direitos igualitários; já o Holiday é homofóbico. Não existe essa de 'condenar' anônimo, isso é argumento de babaca, principalmente dos conservadores que são tremendos homofóbicos mas agora deram pra querer dizer como gay deve agir, olha só que petulância. Um gay votar no wyllys é coerência com sua própria dignidade humana, só isso. Vê se entende.

      Excluir
    2. Claro! Uílis é um santo ungido e Holiday é o demônio. Obrigado pelo esclarecimento, 16:03.

      MEH

      Excluir
    3. Nãnãnã, o Santo é o Rolidai com sua Escola sem Partido.

      Excluir
  5. Falar é completamente fácil, quando se tem palavras em mente que expressem sua opinião. Difícil é expressar por gestos e atitudes o que realmente sentimos. E somente por aquela cusparada que o jean deu na cara do homofobico do Bolsonaro , ele(Jean) tem o meu voto por toda eternidade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Palavras até me conquistam temporariamente. Mas atitudes me ganham para sempre.

      Excluir
    2. A cusparada foi um ato tão pequeno diante do que Bolsonaro vivia e ainda faz com o que Jean. Bolsonaro utiliza argumentos dos mais horrendos possíveis para se referir a um homossexual como o wyllys, e nem por isso o Bolsonaro nunca sequer sofreu alguma condenação no Congresso, uma falta de decoro, nada disso sofreu Bolsonaro. E isso é uma mostra do quanto homofóbico é o nosso Congresso.

      Excluir
  6. Não dá para entender o que ele esperava defender aqui. A cara do Moro não combina com a voz, então é esse o problema? Até uma lirou - daquelas que acampam com 6 meses de antecedência na fila do show, para então abrir o portão do lado errado - teria argumentos mais sólidos. RIP.

    ResponderExcluir
  7. Jean representa a mim e a todos vocês. Ainda que não queira, toda a comunidade tira proveito de sua coragem e de suas ações contra o preconceito. Podemos dizer também que é o integrante do parlamento mais exemplar, beneficiando assim a todos os brasileiros. Só de ser capaz de concatenar mais de três parágrafos com clareza e inteligência já vale o seu salário. No meio da quadrilha difícil é não apreciá-lo. Pena que poucos como ele tenham chegado ao congresso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por mais iluminado e ilustrado que você se ache, você não pode falar pelos outros. Jean só traz antipatia para a causa. Seu estilo causa repulsa, seu vitimismo causa repulsa, seu autoritarismo causa repulsa, seu narcisismo causa pena.

      Cite um projeto de lei importante de autoria de Jean (qualquer um) que tenha impactado a vida de qualquer brasileiro. Basta um.

      Excluir
    2. Parei no vitimismo...

      Excluir
    3. 14:47 Até porque não saberia citar projeto algum.

      Excluir
  8. Porra, podia ser menas, realmente.
    E por acaso o corpo e comportamento do Mujica "combinam" com o cargo de presidente? E o Marcelo Odebrecht tem o "fisic" de milionário? O Obama de presidente? Ah! Perdeu essa Jean. Tem que cuidar de tudo num momento desses.
    Por acaso ele mesmo tem o "perfil" de deputado?
    Desde quando tem que ter "combinação". Maus Jean.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 15:50 Não vou ser gentil e apontar seus absurdos, para não dizer outras coisas.
      Vai passar vergonha na puta que te pariu amigo.

      Excluir
    2. Filhote 1h41, o q 15h50 fez foi prolongar a lógica de Jeane. A vergonha e o absurdo são só da sra deputada.

      Excluir
  9. A bicha escrota critica até a voz dos outros, mas se alguém sugerir que ela é afeminada, daí é homofobia, porque ela nasceu assim, não foi escolha dela e blablabla.

    Será que a voz do Moro é opção ou orientação? :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem mais você critica no Congresso, além do único gay assumido da casa.

      Excluir
    2. Jean, logo ele, utilizou a falácia argumentativa conhecida como ad hominen: atacar traços pessoais do seu oponente em vez de refutar o argumento dele.

      Já 01:44 usou a "Tu quoque": rebateu crítica com crítica. Estamos discutindo aqui a fala de Jean Wyllia. Se o comentarista critica ou não outros membros do congresso é irrelevante nessa discussão, pois não altera a extrema infelicidade que saiu da boca de Jean.

      Excluir
    3. 00:44 E em meio ao seu brilhantismo, quando ele comete alguma falha nós tentamos lincha-lo.

      Excluir
  10. Ele tá fazendo a mesma coisa que o outro: buscando atenção falando asneira intencionalmente para sempre estar em evidencia e, com isso, virar modinha de gente tonta ou que também quer aparecer... Se a Fátima Bernardes ficasse chamando Neonazistas para entrevistar em seu programa (mesmo para depois falar mal deles), te garanto que veríamos um crescimento exponencial no número de pessoas apoiando isso. Por isso, com esses dois, deveríamos utilizar o método científico: quando alguém publica um artigo científico falando alguma clara asneira a comunidade científica o ignora completamente (não cita esse artigo em qualquer outra produção científica). Sem a citação, com o tempo, o artigo asno é completamente esquecido. Lembramos que um dos piores castigos que uma pessoa pode ter é ser ignorado por outra...

    ResponderExcluir
  11. Nunca fui 100% fã dele por conta de umas ideias fora do lugar. Essa declaração só reforçou isso.

    Mas, em um Congresso com Bolsonaro, continuarei votando nele.

    ResponderExcluir
  12. E o Edir Macedo defendendo os gays? Quando esbarrei com a notícia pensei que fosse fake, mas fui pesquisar e não é. Por que será que o Macedo resolveu adotar essa postura?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O filho dele é gay e ele não é burro, SÓ é filha da puta.

      Excluir
  13. MEGA TRISTE!.....NAO SOU DO GRUPO DA PAULADA NEM MAO NA CABECA.....O PRECO SEMPRE É ALTO....TENTO APRENDER/ABSORVER....VOTEI 2 VEZES ....MESMO DISCORDANDO...ERA O MAIS PROXIMO...MAS TE JURO QUE MEU CORACAO FICOU APERTADO E ME DEU UMA SENSACAO....DE NAO ESTAR FAZENDO MAIS PARTE DO MUNDO....

    ResponderExcluir
  14. Essa Jean surtou faz tempo...no q diz,como diz,como age,como se apresenta...vergonha alheia. E q falta faz um bom pinto !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá bom...a sensatez esta na senhora kkkkkkk

      Excluir
  15. Tony, fala sobre a Rogeria. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A travesti da família brasileira

      Excluir
  16. Já a cara e a voz de Jean combinam perfeitamente: poc.

    E que elegante a gravata torta dele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e o cabelo estilo boyzinho surfista também tem tudo a ver com ele.

      Excluir
    2. Poc é gay de 30 40 50 TODO final de semana na pista.

      Excluir
  17. O mio babbino caro
    Lembro da paixão da Vitória do Jean naquele BBB. Feliz o país que tem uma personalidade como o Jean. No mais, "perseguida viva ou morta a perfeição"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pavor das duas, da Jean e da Babooina, que se acham especiais apenas por serem gays, patético.

      Excluir
    2. Qualquer cidadão se sentiria recompensado por causar pavor a alguém como tu.

      Excluir
    3. C jura, isso deve te fazer se sentir menos patético como seu ídolo o faz.

      Excluir
    4. Escute aí, você nunca tinha ouvido a palavra patético, a forma de ampliar o vocabulário, é ler um pouco.

      Excluir
  18. ESTOY EN BRASIL, ENTRO A INTERNET Y " JEAN WYLLYS " ES TENDENCIA. NO TENGO NI IDEA. MUY BONITO EL PAÍS.

    ResponderExcluir
  19. O Jean Wyyylyyys não me representa por eu ser gay assim como o Lula não representa o msu por ele ser hétero.
    Esse Wyyyyllyyyy é um lixo de pessoa que so ajuda a inflamar uma imagem negativa de nos gays.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 17:58 clap, clap, clap!

      Excluir
    2. Muitos claps pra vc

      Excluir
    3. O Coral dos odiosos.

      Excluir
  20. Não dá para comparar Jean Wyllys e Clodovil. Jean se preocupa em lutar por nossos direitos, e por isso merece ser respeitado, sim. Embora este não tenha sido um de seus melhores momentos, não vi razão para tacarem tantas pedras apenas por chamar Moro de "cafona". Certeza de que outros já teceram xingamentos bem piores - basta lembrar por 5 minutos. De resto, a comparação com Clodovil é esdrúxula. O que Clodovil fez pelos gays? Nada. E para fazer nada a gente já conta com 99,9% do Congresso. Portanto, sendo uma pessoa de bem ou não, honesta ou não, Clodovil não me representou nunca, ao contrário de Wyllys. Agora, concordo: ele precisa urgentemente de uma assessoria de imagem e, principalmente, não comprar tão rapidamente brigas de peixe grande. Tem gente sacrificando imagem e carreira por Lula, enquanto ele tem dinheiro para pagar os bons advogados que tem pagado e se defender a contento.

    ResponderExcluir