segunda-feira, 31 de julho de 2017

A MULHER-TURBILHÃO

Ela tinha anéis em cada dedo
E muitas pulseiras ao redor dos pulsos
Além disso, cantava com uma voz
Que sempre me alegrava

Ela tinha olhos, olhos de opala
Que me fascinavam, me fascinavam
E tinha o oval de seu rosto
De mulher fatal que me foi fatal

Nos conhecemos, nos reconhecemos,
Nos perdemos de vista, nos reperdemos de vista
Nos reencontramos, nos reaquecemos
Depois nos separamos

Cada um por si partiu
No turbilhão da vida
Eu a revi uma noite, ai ai ai
Já faz bastante tempo
Já faz bastante tempo

Ao som dos banjos eu a reconheci
Este curioso sorriso que tanto me agradou
Sua voz tão fatal, seu belo rosto pálido
Me emocionaram mais do que nunca

Eu me embiraguei ao escutá-la
O álcool faz esquecer o tempo
Eu me acordei ao sentir
Beijos no meu rosto ardente
Beijos no meu rosto ardente

Nos conhecemos, nos reconhecemos,
Nos perdemos de vista, nos reperdemos de vista
Nos reencontramos, nos separamos
No turbilhão da vida

Continuamos a rodar
Os dois entrelaçados
Os dois entrelaçados
Depois nos reaquecemos

Cada um partiu por si
No turbilhão da vida
Eu a revi uma noite, ah l ala
Ela caiu de novo em meus braços

Quando nos conhecemos,
Quando nos reconhecemos,
Porque nos perdemos de vista,
Nos reperdermos de vista?

Quando nos reencontramos,
Quando nos reaquecemos,
Porque nos separarmos?

E todos os dois repartiram
No turbilhão da vida
Continuamos a rodar
Os dois entrelaçados
Os dois entrelaçados

(Há anos que eu penso em fazer uma versão em português de "Le Tourbillon", a canção que Jeanne Moreau interpreta em "Jules e Jim". Mas a letra original é dificílima, com rimas que desafiam a métrica. Por hoje, fica aqui a tradução pura e simples, em homenagem a uma das maiores divas de todos os tempos.)

17 comentários:

  1. Ôh Tony, esqueceu de falar do clipe da música K.O. da Pabblo na sua coluna do F5. O clipe tem, em meros 3 meses de vida, 79.070.216 de visualizações (e, no momento em que você me lê, já deve ter bem mais, hahaha).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não dava para falar TUDO, a coluna já ficou mais longa do que o normal...

      Excluir
    2. Ah... Uma pena. Essa música, na minha opinião, merecia destaque por ser o primeiro sucesso que a Pabblo tem sem estar acompanhada de alguém...

      Excluir
    3. Pabblo tem uma voz horrível

      Excluir
    4. Sim realmente tem. Porém, entre tantas vozes horríveis que fazem um estrondoso sucesso é bom ter a de uma Drag.

      Excluir
  2. Inesquecível Moreau.Lembro ,nos últimos tempos, tê-la visto num tocante François Ozon, O tempo que resta. E num dos últimos Manoel de Oliveira,O Gebo e a Sombra,muitíssimo bem acompanhada de Claudia Cardinale.

    ResponderExcluir
  3. Só para conformar o aumento maluco de views da Pabblo. Agora, 5 horas depois do primeiro comentário, o clipe já está com 1 milhão de views a mais...

    ResponderExcluir
  4. Que gente chinfrim.

    ResponderExcluir
  5. O mio babbino caro
    A anos aguardo a oportunidade de ver este filme com uma pessoa querida...o filme adorado por Milton.
    Gostaria de ler aqui um post sobre a FLIP, mas com uma delícia como este perdoo tudo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né. É como falei sobre Memórias Póstumas... é saudável as vezes ter algum item ali do ladinho sem mexer esperando a sua hora rs

      Excluir
    2. Esperava mais da babu, esse "a anos" (sic) foi derradeiro.

      Excluir
    3. 09:28 Fica triste não. Você já havia comentado. É, há, pois remete existir um tempo passado....blá blá blá se fosse futuro. A flor do Lácio tem tudo isso, é capciosa, com armadilhas, pegadinhas. E em concursos então, como abusam disso.
      Isso é bom, assim não deixamos de duvidar. Vou cometer mais errinhos à toa, só pra chamar sua atenção.
      Do seu
      Babu rs

      Excluir
    4. Entre Forma e Conteúdo. Já li cada barbaridade sem erros de português.

      Excluir
  6. A Flip sempre foi um evento pau mole, com aquelas pessoas insossas que acham que ler um livro as transformam em intelectuais kkkkkk.
    E agora então o evento ficou infestado daquela atitude paupérrima de vitimismo, virou palco dos tadinhos da vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com a mais absoluta certeza para vc se tornar um ser humano: lhe falta livros!!!

      Excluir
    2. É com esse tipo 09:54 que temos que conviver, e depois perguntam como chegamos a este ponto.

      Excluir