segunda-feira, 26 de junho de 2017

CASAIS SUBVERSIVOS

Em 2014, assisti a uma palestra da Regina Navarro Lins onde ela disse uma coisa que não me saiu da cabeça: hoje em dia é mais fácil para a  família aceitar que um filho seja gay do que ele se case com uma mulher mais velha. Os casais onde ela é "superior" a ele - em idade, dinheiro, experiência, classe social - são um dos últimos tabus, apesar de cada vez mais frequentes na vida real e na dramaturgia. Se bem que nenhuma novela mostrou até hoje a barra que esses pombinhos enfrentam de todos os lados. A mãe dele, os filhos dela, a sociedade em geral, todo mundo é contra. E, mesmo assim, tais arranjos conjugais costumam ser felizes e duradouros. Acho que este assunto rende um roteiro, e foi com este intuito que compareci ao lançamento do livro "Por que Os Homens Preferem as Mulheres Mais Velhas?", de Marian Goldenberg. O que era para ser um debate com a plateia com uma hora de duração acabou se estendendo por duas e meia, tantas eram as pessoas presentes que vivem situações similares - e todas confirmando a tese de que esses casais têm mesmo algo de especial. Claro que comprei o livro, e o devorei neste fim de semana (são só 124 páginas). Mirian entrevistou diversos maridos e mulheres com pelo menos 10 anos de diferença entre si, e aponta as razões porque esses relacionamentos, que até nos parecem contrários à natureza, na verdade são bastante equilibrados. Agora preciso escrever um argumento.

22 comentários:

  1. Tony, eu me lembro de uma novela dos anos 90, onde o Rodrigo Santoro ainda cabeludo se apaixonava pela Renée de Vielmond, gerando toda uma celeuma... não me lembro qual novela era.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Pátria Minha" de Gilberto Braga

      Excluir
    2. "Explode Coração" (1995) de Glória Perez

      Excluir
  2. "Agora preciso escrever um argumento" fica a dica : Escreve para ti mesmo, recolhido, assombrado.

    ResponderExcluir
  3. De alguma forma, nunca consegui me ajustar na sociedade. Não gosto da humanidade. Não tenho o menor desejo de me ajustar, nenhum senso de lealdade, nenhum objetivo de fato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha solidão não tem nada a ver com a presença ou ausência de pessoas... Detesto quem me rouba a solidão, sem em troca me oferecer verdadeiramente companhia

      Excluir
    2. O ser humano ainda não aprendeu a conhecer as belezas da solidão.Ele está sempre ansiando por algum relacionamento, ansiando por estar com alguém... e esquece, de alguma maneira, que está só. Que nasceu só, que morrerá só e, não importa o que faça, você vive só. E é tão lindo experienciá-la, senti-la, porque ela o liberta da multidão, do outro.

      Excluir
    3. Comentários perfeitos os dois comentários acima. Me fez e faz refletir TANTO nesse momento que to passando "Detesto quem me rouba a solidão, sem em troca me oferecer verdadeiramente companhia" "E é tão lindo experienciá-la (a solidão), senti-la, porque ela o liberta da multidão, do outro." Perfeito.Ditado popular que creio que caiba aqui: "Antes só do que mal acompanhado"

      Excluir
  4. O casamento é um destino pobre para uma mulher

    ResponderExcluir
  5. Sempre preferi mais velhos. Gosto de gente com a vida acertada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nós bem sabemos, Joaninha.

      Excluir
    2. Nada como um sugar daddy pra deixar a "vida acertada", né non?

      Excluir
    3. Curto um bom restaurante, pessoas com milhas. Classe executiva e um bom coração, bom papo.

      Excluir
  6. O mio babbino caro
    O amor faz suas próprias leis.
    Que lindo eheh

    ResponderExcluir
  7. "E, mesmo assim, tais arranjos conjugais costumam ser felizes e duradouros."

    Tem estatística pra apoiar isso ou é só evidência anedótica?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A autora obviamente selecionou casais que deram certo pra confirmar a própria teoria.

      Excluir
  8. Fica um pouco dificil de acreditar que casais com essa configuraçao sofrem mais preconceito que casais gays. Ainda mais com mais e mais noticias de gays sendo expulsos de casa e sofrendo todo tipo de violencia. E mesmo sendo uma mulher mais que o homem, ainda formam um casal hetero. Mas posso estar sendo ignorante, e já que a regina navarro, especialista no assunto, falou isso, entao retiro de cena minha incredulidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Respeito a Miriam, mas a Regina é fake, quem sabe do que estou falando entenderá.

      Excluir
  9. agora imagina um casal gay com mais de 20 anos de diferença de idade... pois é...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que ninguém se importa com configuração de casal gay.

      Excluir
    2. se as pessoas se reocupam que é o H e quem é a M da relação, com certeza se preocupam com idade, cor, religião etc etc etc

      Excluir
  10. Tem o filme que venceu o Festival do Rio no ano passado:
    https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=1380396878696020&id=182498978485822

    ResponderExcluir