quinta-feira, 11 de maio de 2017

LES INTOLERABLES

José Serra foi presidente da UNE nos anos 60. Por causa disto, gravou depoimento para um documentário sobre a entidade estudantil. E posou para uma foto com a atual presidente, Carina Vitral, que é filiada ao PCdoB. Ambos postaram a imagem em suas redes sociais, e adivinha o que aconteceu? Abriram-se as portas do inferno, a da esquerda e a da direita. Os dois foram massacrados por falarem com o "inimigo". 

Faz uns dias, postei aqui no blog este elogiado comercial da Heineken, que prega o diálogo entre opostos. Logo descobri que tem quem reclame que o filme "nivela" opiniões que não seriam "equivalentes". Traduzindo: "não quero saber de papo com quem não pensa como eu".

Fiquei pasmo com a atitude infanto-juuvenil dos cineastas que retiraram seus filmes do festival Cine PE, porque haveria dois perigosíssimos longas de "extrema-direita" na programação. OK, um deles é um documentário sobre Olavo de Carvalho, mas o outro é uma ficção sobre o Plano Real, um fato histórico. Por causa desse esquerdismo de centro acadêmico, o festival teve que ser adiado.

Nem preciso ir longe. Foi só eu postar no Facebook um link para meu post de ontem sobre a Eleonora Menicucci que já apareceu um sujeito dizendo que ela merecia SIM ter perdido o processo movido pelo Frota, pelo simples fato de ser petista. Eu ainda tentei argumentar, mas aí o cara me acusou de petista e me bloqueou. Sim, moi, petista. A que ponto está chegando a nossa intolerância?

13 comentários:

  1. Bora criticar muito, mas muito mesmo a intolerância, que só interessa aos que pretendem que fique tudo como está! Conversando, todo o espectro político se engrandece e o povo se fortalece! Intolerância merece um linchamento virtual

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diálogo significa tentar compreender o outro através de uma mente aberta. O diálogo é um fenômeno raro e é bonito, porque ambos os lado são enriquecidos. Na verdade, enquanto você fala,seja em uma discussão – numa luta verbal, tentando provar que você está certo ou o outro está errado – ou mesmo num diálogo. No diálogo você está de mãos dadas com o outro, movendo-se em conjunto em prol da verdade, ajudando uns aos outros a encontrar um caminho. É união, é uma cooperação, é um esforço harmonioso para encontrar a verdade. Não é de forma alguma uma luta, de nenhuma forma.

      É uma amizade, movendo-se em conjunto para encontrar a verdade, ajudando uns aos outros a encontrar a verdade. Ninguém é dono da verdade, mas quando duas pessoas começarem a descobrir, perguntando sobre a verdade juntos, então se dá o diálogo – e ambos se enriquecem juntos. E quando a verdade for encontrada, ela não é nem minha, nem sua. Quando a verdade for encontrada, ela é maior que nós dois que participamos da busca, é maior do que ambos, ela envolve tanto um quanto o outro – e ambos são enriquecidos.

      Excluir
    2. Pena sua reflexão ser uma ilha, nesse mar de agressões, onde até ameaça de morte rola.

      Excluir
  2. As pessoas estão agora tomando propriedade do bem e do que é certo. No caso do CinePE agora decidem o que pode e não pode ser visto. Isto ocorre nos dois lados do Gre-Nal que vivemos.

    ResponderExcluir
  3. Depois daquele vexame em Cannes,agora no festival...Não se emendam mesmo...

    ResponderExcluir
  4. O mio babbino caro
    O quê "O camburão como metáfora nos ensina"

    ResponderExcluir
  5. Depois de ver aquela cara démodée eternamente colada no sovaco da maldita Dilma, achei simplesmente o máximo ela perder um processo para ninguém menos que Frota. Melhor que isso só se ela perdesse para o Boooolsonaro!

    ResponderExcluir
  6. E desde quando Serra é "de direita"? Eis a minha sexta-feira começando com um trago de desinformação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SERRA SEMPRE FOI DE EXTREMA DIREITA

      Excluir
  7. O trailer do Plano Real é horrível, vamos combinar.

    ResponderExcluir
  8. Vc só se esqueceu de falar do problema do centro, Tony.

    Os centristas metidos a isentões tem o hábito de posar de melhores que os outros. Mais lógicos, mais morais, ao mesmo tempo que equilibrados mentalmente para apreciar o positivo e o negativo dos "dois lados da questão".

    Mas ninguém se lembra que o centro só se define a partir da distancia média entre a esquerda e a direita. Visto que ultimamente o discurso da mídia mainstream tem caminhado para um dos lados *cof* direita *cof*, um centrista hoje em dia é muito mais de direita hoje em dia do que um centrista de anos atrás.

    Enfim, o centrismo não deve ser glorificado pela sua isensão, mas sim repudiado por sua falta de coragem e pensamento próprio. Não é a toa que metade dos partidos corruptos desse país (de PP a PMDB e PSD) se passam de centrão ao mesmo tempo que se banham na lama da direita.

    ResponderExcluir
  9. O que mais me abisma é ver pessoas que premas a tolerância e a diversidade, mas são totalmente intolerantes com quem tem algum pensamento diverso do seu. Assim se mina qualquer diálogo e as chances de uma sociedade harmônica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um pensamento diverso para vc tolerar: a função das mulheres é servir os homens apenas. Outra: gays são desviantes da moral e deturpam a instituição do casamento, que deve ser apenas entre homem e mulher.

      Agora, favor tolerar meus pontos de vista. Se não, vc é intorlerante!!!!1!!11!

      Excluir