domingo, 7 de maio de 2017

COMME DES MACRONS

Mélodie d'amour chante le coeur d'Emmanuel... O meu coração também canta, porque acho que eu nunca encontrei um político com quem eu concordasse tanto quanto com o recém-eleito presidente da França. Além de combinar o melhor da esquerda com o melhor da direita, au-delà de ser um gato, Macron também é um ardente defensor de todos os tipos de família, porque a dele próprio não tem nada de convencional. Casado com uma mulher 24 anos mais velha (um tabu maior que a homossexualidade), Macron não tem filhos de sangue, mas filhos e netos do coração - aliás, como eu. Ele deu uma bela resposta ao déguélasse Jean-Marie Le Pen, que tentou zoar sua vida pessoal, e ainda venceu a dégoutante Marine por uma margem ainda maior do que a esperada. Isto não quer dizer que ela vá enfiar o rabo entre as pernas, porque o nacionalismo de extrema-direita é uma força com a que teremos que lidar nos próximos anos. Mas essa derrota na França, somada à que aconteceu há pouco na Holanda, dá a esperança de que a eleição de Trump foi um acidente, facilitado pelo arcaico sistema eleitoral americano. A vitória de Emmanuel Macron me dá forças para enfrentar a batalha que teremos em 2018, e curiosidade para encontrar seu equivalente brasileiro. Haverá um?

43 comentários:

  1. Em 2018? Dória.(tan nan nan) Dória. (tan nan nan) Dória. (tan nan nan)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Diria que em vez de se fantasiar de gari e de pedreiro falta que ele se fantasie menos e faça mais", afirmou sobre Doria o próprio Robert Greene, autor de As 48 Leis do Poder, em entrevista à BBC Brasil.

      Excluir
    2. ´"Doria candidato a presidência 2018",só há uma maneira do Brasil ter soluçao....fechar para balanço....rsrsrsr...e abrir com outro povo.....rsrsrsrrs

      Excluir
  2. Emmanuel Macron continuação de François Hollande .

    ResponderExcluir
  3. Vamos ver se realmente sera uma vitoria..Mais Hollande e mais
    Merkel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Segundo os jornais franceses Merkel foi o primeiro contato internacional feito por Macron depois de sua vitória nas urnas.

      Excluir
  4. Ele foi ministro da economia durante o governo de François Holland , provavelmente tudo seguirá igual na economia francesa.

    ResponderExcluir
  5. Europa e França escaparam de Mari Le Pen ,e caíram nas mãos de um banqueiro neoliberal. Agora, os franceses devem frear Macron e votar esmagadoramente para Mélenchon para equilibrar a balança nas eleições de junho para o legislativo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Óbvio que todos esses comentários vieram de uma mesma ni-ni descontrolada.

      Excluir

    2. Esperemos pelos franceses que não será apenas o presidente dos banqueiros !

      Excluir
    3. Macron sabe - e disse-o no seu discurso no Louvre - que muitos dos seus votos foram de gente que, não simpatizando com ele, queria defender a continuação da França na comunidade europeia

      Excluir
    4. Entre o mais do mesmo e o muito mau,venceu o primeiro.Quando para os governos dos países,apenas restam essas duas opções,então algo vai francamente mal.
      Políticas do mais do mesmo só ajudam á ascensão da extrema direita.

      Excluir
    5. O que não seria "mais do mesmo"? Melénchon? HAHAHAHAHAHAHAHA

      Excluir
    6. Não gosto das ideias de M.Le Pen , mas Macron é um sabonete, vendido pelo marketing político

      Excluir
    7. 08:14 O tipo que nada propõe e reclama.

      Excluir
    8. Ontem, Emmanuel Macron foi festejar no Louvre. O Louvre, onde se entra por uma pirâmide, inspirada nas egípcias antigas e desenhada por um chinês moderno Lá, Macron disse o óbvio: "A Europa e o mundo olham a França e esperam que ela defenda o espírito das Lumières.A representante do ex-candidato Jean-Luc Mélenchon disse: "Macron escolheu o Louvre, que é o símbolo da monarquia." O óbvio não é necessariamente visto por todos.

      Excluir
    9. O Louvre não é usado como palácio real desde o século 17. Pra você ver como a extrema-esquerda está defasada.

      Excluir
    10. No comentário acima não esta escrito que o Louvre é usado como palácio real e sim que o Louvre é um símbolo da monarquia.

      Para grande mídia europeia Jean Luc Mélenchon foi a grande surpresa da primeira volta

      Excluir
    11. Primeira "volta"? Você é português? No Brasil se diz primeiro turno.

      E o Louvre não é mais símbolo de monarquia nenhuma... Desde que se tornou um dos maiores museus do mundo, é um símbolo de cultura e diversidade. Achei perfeito como cenário para o Macron.

      Excluir
    12. sou francesa e moro no Brasil

      Excluir
    13. Na sondagem divulgada hoje , realizada pelos institutos Kantar Sofres -- One Point para as televisões RTL e LCI e o jornal Le Figaro, um em cada dois (49%) franceses afirma querer "uma outra maioria" na Assembleia Nacional e apenas um em cada três (34%) diz querer que Macron obtenha "uma maioria para governar".Na análise dos resultados, os institutos consideram que o posicionamento do eleitorado pode levar à eleição de um parlamento dividido, com pesos políticos equivalentes, pelas quatro forças políticas mais votadas na primeira volta, que se realizou a 23 de abril: En Marche!, de Emmanuel Macron, Frente Nacional, de Marine Le Pen, Os Republicanos, de François Fillon, e a França Insubmissa, de Jean-Luc Mélenchon.

      Excluir
  6. Moro na França e estou de férias no Rio . Na Europa e principalmente na França os homens adoram mulheres mais velhas que eles

    ResponderExcluir
  7. Macron vai ser o Temer francês. Vai impor as reformas trabalhistas impopulares (aliás, o que Hollande já vinha fazendo).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com a pequena diferença de que Macron foi eleito com 65% dos votos.

      Excluir
    2. E Temer com os mesmos votos da Dilmanta. Ou agora vice é só pra enfeitar? Na hora das alianças, ele servia.

      Excluir
    3. Quantos comentários de pessoas instruidas e equlibradas aqui hoje! Ser ministro é ter um cargo alto e quase nenhum poder. Ministros definiem agendas. Nossa amiga que disse que Macron será uma continuação do Hollande só pode ter a certeza depois das eleições legislativas, se é que sabe o que é poder legislativo...
      Até eu que estou mais à esquerda do que o centro para desconfiar muito de quem é "banqueiro neoliberal", acreditei no Macron desde o início: Macron tentou defender a Grécia com condições mais favoráveis nos empréstismos, que como disse o seu homólogo grego na altura, Macron sabia que a Grécia estava sendo asfixiada e que a política alemã no fundo estava pondo em risco o futuro da própria União Europeia.

      Excluir
    4. 19:07 Não faz a desentendida. Todo mundo sabe a diferença de um cachorro para um caixote.

      Excluir
  8. Tony prova que vc conheça as propostas do Macron e não está babando ovo só porque ele é bonito, moderninho, casado com uma moça + velha e superpró-LGBT?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não preciso provar nada para ninguém, muito menos para um anônimo.

      Excluir
  9. Já já aparece um "inocente" pra dizer que o equivalente brazuca é o Doria. Ops, já apareceu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A pesar de que a grande mídia europeia queira vender Macron como "inexperiente" e não conectado com nenhum partido político, a realidade é bem outra . Macron é bem sxperto SABE bem os interesses que deve representar e esse é o motivo pelo qual as grandes corporações o apoiaram..

      Excluir
    2. A grande mídia europeia não quer vender Macron como inexperiente, porque ele não é. O cara foi ministro da Economia, bitch. E criou um partido novo, mas é conectadíssimo no mundo político. Agora, suas ideias são todas certas: ele é pró-casamento gay, sabe que a mudança de clima é para valer, quer flexibilizar as leis trabalhistas da França (que são arcaicas), quer inserir o país ainda mais na UE e assim por diante.

      Excluir
    3. FLEXIBILIZAR LEIS TRABALHISTAS NA FRANÇA? Kkkkkk!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
      O Holand bem que tentou. Ricos pagar impostos nada né bee? E a França agora tem um 'patriot act' deles, e nossa presidenta foi deposta porque BAIXOU O JUROS BITCH PLEASE

      Excluir
  10. Mas vem cá,esse corpo aí da foto é mesmo do Macron? É o Macron mesmo nessa foto?

    ResponderExcluir
  11. Lendo os comentários daqui constatamos o quão idiotas são esses gays de esquerda. Coitados. Se acham o suprassumo por apoiarem Cuba, Venezuela, etc e tal, no entanto se esquecem que experiências comunistas são terríveis para a população em geral e para gays mais ainda. Essas gays marxistas são umas antas mesmo. Queridas, acordem, ser coerente é apoiar o capitalismo avançado, o social-liberalismo, regimes onde pessoas vivem bem e gays desfrutam dos melhores padrões de vidas do mundo. Santa ignorância queridas, sai da caverna da esquerda estúpida e vem pro mundo civilizatório. Que antas kkkkk.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "gays de esquerda"...
      já começa projetando a mágoa que tem por ser gay. Quem aqui está defendendo Cuba ou a Venezuela?

      Dica: em português se diz LIBERALISMO SOCIAL-- Social Liberalism em inglês. Santa ignorância, será que o PT é partido comunista ou centro-esquerda? explica para nois, bee!

      Excluir
    2. De onde vem toda essa mágoa, estupidez e ignorância.

      Excluir
    3. Anônimo das 12:22, obrigado pela devida correção. Não é mágoa de vocês, "as gays da esquerda" (sim, vou continuar a usar o termo). Surpreende que "as gays de esquerda" sempre se façam de desentendidas e de vítimas quando são confrontadas. Por que não enfrentar a verdade de miséria (política, social, econômica, de liberdades civis...) das pessoas (e gays em particular, em particular porque nos coloco nessa particularidade por sermos essa minoria tão oprimida) nos regimes socialistas revolucionários e comunistas? Quem tem mágoa são vocês "gays de esquerda", criaturas que agora até pela aparência já se tornaram deprimentes. Tudo para vocês é culpa do capitalismo, engraçado que dia desses indaguei "a uma gay de esquerda" sobre as perseguições a gays em Cuba, "a gay" coitada, ficou muda, kkkk, nem ao menos gaguejar gaguejou. Falei de Cuba e Venezuela porque para vocês "gays de esquerda" esses são exímios regimes marxistas, da mais "pura justiça social", e já que vocês vivem falando de capitalismo, EUA, por que também não falar sempre de Cuba, Venezuela? Qual o mal nisso, apenas estou utilizando as mesmas táticas de discurso de vocês. Ah, e o PT ainda é um partido com perfil socialista revolucionário.

      Excluir