quarta-feira, 26 de abril de 2017

TOTALMENTE DEMME MAIS


Morreu hoje Jonathan Demme, um dos poucos cineastas que emplacou o meu filme favorito do ano em dois anos diferentes. Um deles é o trabalho que lhe deu um Oscar: "O Silêncio dos Inocentes", de 1991, um thriller revolucionário para a época e que influenciou muito do que veio depois. Muito menos lembrado é "Totalmente Selvagem", de 1987, que começa como uma comédia onde um caretão se deixa seduzir por uma maluca e termina como um policial da pesada. Adoraria rever, e recomendo muito para quem nunca viu. Mas não achei no Netflix nem no YouTube... Alguém sabe onde tem?

6 comentários:

  1. Tony
    Qdo um filme ou série é bom é mérito do diretor, do roteirista ou do produtor?
    Tipo, pq o Oscar de melhor filme vai pro produtor?
    E tem algum livro q vc indica sobre escrever roteiros?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando um filme ou série é bom, é culpa de todo mundo: diretor, produtor, roteirista, elenco, equipe. Cinema é uma arte coletiva.

      Mas o Oscar de melhor filme vai para o produtor porque ele é o "dono" do filme. Muitas vezes é quem teve a ideia, e é quem luta (inclusive indo atrás do dinheiro) para realizá-lo. Muitas vezes o produtor também é o diretor ou mesmo o roteirista. E o o Oscar de melhor filme é o lugar para premiá-lo.

      Há dezenas de livros bons para quem quer ser orteirista. Eu sugiro começar pelo "Story", do Robert McKee: um calhamaço que existe em português com esse nome mesmo. Também é bom procurar algum livrinho que ensine formatação de roteiro, algo que muitos roteiristas brasileiros ainda desconhecem.

      Excluir
    2. Obrigado, lindão!

      Excluir
    3. Poucas coisas são mais belas que respeito e atenção. Tony do bem!

      Excluir
  2. Jonathan Demme dirigiu também Filadélfia (1993), filme emblemático dos primórdios da AIDS.

    ResponderExcluir