terça-feira, 4 de abril de 2017

RESPIRANDO NOVOS ARES

Trabalhei oito anos com a marca Vick. O cliente era dificílimo: cheio das guidelines, testava tudo, não aprovava quase nada. Hoje percebo com inveja que a propaganda da mais famosa linha de produtos contra gripes e resfriados evoluiu bastante. O filminho acima conta a história real de uma transexual indiana que adotou uma garota órfã, interpretadas por elas mesmas. Repare como um potinho de Vaporub aparece discretamente numa das cenas, sem interromper a narrativa. Branded content é isso aí. Vou incluir este case nas minhas aulas de storytelling.

11 comentários:

  1. Trabalhei com laboratórios também. Os guidelines são de matar.
    Achei bela a campanha, porém me pergunto se ela foi veiculada em grandes emissoras do país ou só web.

    Você tem como tirar essa dúvida pra nós Tony?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, só pelo fato do filme ter mais de três minutos e meio, suspeito que tenha sido só na web. Talvez exista uma versão mais curta para a TV, mas duvido. Isto aí não é exatamente um comercial: é quase um institucional, e um exemplo claro do que é branded content.

      Excluir
  2. Guidelines,branded contents,storytelling.
    Tony,traduza para nós o que vem a ser estes termos. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Guidelines: regras, diretrizes, normas.
      Branded content: conteúdo patrocinado. Abrange desde os guias de viagem da Michelin a ações de merchandising em novelas. O filme acima é branded content em estado puro.
      Storytelling: a técnica de contar histórias. Venha fazer o curso da Miami Ad School!

      Excluir
    2. Obrigado por responder, seu lindo.
      Estou te seguindo no face, com muita vontade de enviar a você uma solicitação de amizade.

      Excluir
    3. Tony, o Ronaldo Esper vai estar no fala que eu te escuto hoje, ao vivo, conta pras amigx, vai dar bafão, prepara o post de amanhã. Beijos

      Excluir
    4. Vou sim, me interesso bastante pela área, é em SP?

      Excluir
    5. Ao 16:44: solicita que eu aceito. Sou facinho,

      Ao 16:47: o curso da Miami Ad School-SP onde eu dou aula é para profissionais. Dura dois anos e é bem caro (eu leciono no terceiro trimestre). Mas existem muitos cursos exclusivos de storytelling, inclusive online. E alguns livros encontráveis nas boas casas do ramo.

      Excluir
    6. Obrigado seu lindo, fui eu os dois anônimos, queria te add para poder comentar ,te admiro, acho você referência. Beijo

      Excluir
  3. Muito jargon nesse post. Quero post de política pras gays se xingar, queimar as energia entre si e deixar o inimigo vagar em paz.

    ResponderExcluir
  4. Eu chorei. Que saudade da minha mãe!

    ResponderExcluir