segunda-feira, 20 de março de 2017

O GRITO DA MODA


Richard Spencer, um conhecido neonazista americano, disse que o Depeche Mode era "a banda oficial da alt-right". É verdade que os veteranos do pop eletrônico já usaram imagens que remetem ao fascismo em alguns momentos da carreira, mas isto não quer dizer que eles apoiem o ideário da extrema-direita. O novo disco, aliás, deixa isso claríssimo: "Spirit" é o trabalho mais explicitamente político do DM em seus mais de 30 anos de carreira. O single "Where's the Revolution" é o primeiro hino da era da pós-verdade, e muitas outras faixas lamentam o retrocesso pelo que o mundo passa hoje. Musicalmente, Dave Gahan e sua turma não estão muito diferentes: talvez mais melódicos que nos discos recentes, mas sem maiores novidades. Não sou fanático pelo Depeche Mode como o Daniel Cassús, mas acho que me animo a vê-los de novo (acabam de anunciar que voltarão ao Brasil este ano). Eu estava lá, no único show que os caras fizeram em SP, em 1994.

(O Estadão fez um infográfico incrível  com toda a história e as influências do DM)

11 comentários:

  1. O mio babbino caro
    Pra dizer pouquinho: Passo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dave Gahan tá parecendo o Zé Ramalho!

      Excluir
  2. Depressa moda, que eu vou lhe usar!

    ResponderExcluir
  3. Esse Richard Spencer merecia outro soco na cara por ter falado que o DM é a banda oficial da Alt-Right.

    ResponderExcluir
  4. Pra quem não viu, o pocket show do Depeche Mode feat. Daniel Hansabee roubando o show na plateia na última sexta.
    https://www.youtube.com/watch?v=B0eTFGab_lI

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que coisa brega, credo! E ficar batendo palminha, please ne!

      Excluir
    2. Assistiu, né? ;)

      Excluir
  5. Não seria o Ted Nugent, não em banda, como cantor, o representante oficial da alt-right? E o tal do Milo Yiannopoulos? O cara é um gay que idolatra um ultrahomofóbico, o vice-presidente dos EUA, Mike Pence. O Milo passa mais do que atestado de insanidade mental. Aliás, como tem gay por aí se achando (coitados) porque apoiam homofóbicos. Queridos, vocês na verdade só estão passando atestado de insanidade mental. Ainda bem que esses doentes são excluídos do convívio entre gays. Sobrevivem e convivem em uma cultura de gueto. E que assim seja.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os falsos gays tem de ser condenado aos guetos,longe dos verdadeiros gays?Uau

      Excluir
  6. A banda apoiou abertamente a campanha contra a Prop8 em 2008 e o irmão do Dave é gay.
    Os nazi-rights não perdem uma oportunidade de calar a boca. Dave mandou um fuck off pra ele numa entrevista recente.

    ResponderExcluir