quarta-feira, 22 de março de 2017

BOLICHE HUMANO

Por mais câmeras e detectores que se instalem, por mais soldados que se ponham na rua, é praticamente impossível impedir um ataque como o que aconteceu hoje em Londres. Foi pelo menos o terceiro motorista que saiu atropelando pedestres (o primeiro episódio do gênero foi em Nice, no 14 de julho do ano passado; o segundo, em Berlim, no Natal). Mesmo que se isolem áreas sensíveis como o entorno do Parlamento britânico, não dá para proteger uma cidade inteira desses malucos que jogam boliche com seres humanos. A única solução é mais inteligência - ou, em português castiço, mais espionagem. Por isto, não fico nem um pouco melindrado em saber que os EUA (e todos as grandes potências, não tenha dúvida) agora podem xeretar o interior das casas através de smart TVs. Prefiro que me vejam pelado do que morrer num atentado.

11 comentários:

  1. Exceto q mais gente morre de açúcar todo ano do q terrorismo. O q a CIA deve fazer sobre a indústria alimentícia?

    ResponderExcluir
  2. A espionagem dos E.U.A E DAS GRANDES POTENCIAS DO MUNDO não É para xeretarem a casa dos outros, eles xeretam mesmo são as indústrias e tecnologia dos outros para copiarem.

    ResponderExcluir
  3. A casa dos outros nem precisa ser espionada porque as pessoas já se encarregam de postar nas redes sociais todos os detalhes da suas vidas intimas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu uso o Twitter porque eu sou uma pessoa solitária e preciso falar sozinho senão eu enlouqueço. Esse é o valor do Twitter pra mim.

      Excluir
  4. Homens armados invadiram na segunda-feira um hospital no Pará, no norte do Brasil, e mataram a tiro Waldomiro Costa Pereira, um dos principais líderes do Movimento dos Sem Terra (MST) na região. Deste ataque terrorista no Brasil ninguém fala nada né.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Matou líder dos sem-terra? Isso não é ataque terrorista, é favor pro Brasil!

      Excluir
    2. Como um blog tão solar, atrai pessoas tão mortiças?

      Excluir
  5. Mais gente morre por ano em acidentes de trânsito do que em atentados terroristas. Vamos banir carros agora então também?

    ResponderExcluir
  6. A proibição de eletrônicos nos voos dos voos vai ter mais efeito econômico nas cias. aéreas e nesses hubs (porra! Dubai, Abu Dhabi e Istambul? Vão querer os petro-sheiks sem seus laptops?) do que efetivamente impedir alguém de explodir um avião.

    ResponderExcluir
  7. Pior é imaginar que por aqui se acontecer algo grave seja terrorismo ou causas naturais catástrofes, não temos uma rede hospitalar decente, será um caos dentro do outro caos!

    ResponderExcluir