sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

LINDO, LEVE, SOLTO

E por falar em sistema prisional, o que dizer da súbita libertação do goleiro Bruno? Pela lei brasileira, ele já deveria ter progredido para o semi-aberto quando completou um sexto da pena, e a esta altura já cumpriu um terço (foi condenado a 22 anos, está preso há quase sete). Mas soltar assim, de repente, ainda mais por um ministro do STF chegado a rompantes, é mesmo de nos franzir o cenho. Não duvido que Bruno esteja plenamente recuperado para o convívio em sociedade e que nunca mais se envolverá em nenhum item do código penal. Se fosse um crime qualquer, ninguém estaria ligando muito para essa soltura. Mas o que mais irrita em Bruno é sua insistência de que Eliza Samudio está viva. Ele poderia ao menos mostrar onde ela foi enterrada, ou quais cachorros devoraram o cadáver da ex. Sem falar que, apesar do goleiro ter se casado com a dentista da prisão, agora vai chover mulher na horta dele. Enquanto isto, Macarrão e os outros comparsas continuam presos.

10 comentários:

  1. Ele vai negar que tinha um caso com o macarrão também? Se cu-rou na cadeia? Encontrou Jesus?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamentyyyyy. Bruno também vai virar evangélico. Para o pacote ser completo. Aguardemos, pois.

      Excluir
  2. O jurista Modesto Carvalhosa sobre a soltura desse animal: "O que Bruno cometeu não foi crime passional. Crime passional coisa nenhuma. O que Bruno cometeu foi crime de bando. Ele reuniu várias pessoas para matar e depois esconder o cadáver. Não tem nada de passional nisso. Bruno é um criminoso absolutamente perigoso." [sic]
    Já que você acha que ele esta plenamente recuperado hospede-o na sua casa.
    Triste para uma família que nem teve um cadáver pra sepultar ler um comentário como o seu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkkkkkkk. Vim pra ler um comment nessas linhas e achei! A internet é um lugar muito lindo!

      O famoso leva pra casa, argumento de escolha da direita e da esquerda brasileira. E assim vamos. Direto ao abismo.

      Excluir
    2. Já estamos no abismo e fomos levados por gente como você que se limita a esquerda e/ou a direita.

      Excluir
    3. Eu me limito? Oi querida? Vc me conhece? Consegue inferir algo tão específico sobre mim por telepatia assim? Me ensina?

      Excluir
  3. Viu a capa da Veja com Taís e Lázaro? Uma reedição da capa com Luciano e Angélica, que rendeu um post seu na época. Curioso é que acho eles a versão moderna de Tarcísio e Glória.

    Pena que tal capa não represente avanços significativos na sociedade brasileira, inclusive quanto ao racismo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leu os comentários sobre a capa na página da Veja no FB? É de derreter os olhos.

      Excluir
  4. O "lindo" é por sua conta. :)

    ResponderExcluir
  5. O mio babbino caro
    Pra dizer o mínimo, que este período na cadeia ela tenha refletido sobre sua rejeição à sua mãe lésbica.

    ResponderExcluir