sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

GOVERNO ARCAICO

Fernando Morais quis devolver, em meados do ano passado, um prêmio literário que ganhou do governo do Distrito Federal. Tudo porque o governador na época da premiação era Cristóvam Buarque, que votou pelo impeachment de Dilma Rousseff. O hoje senador criticou o escritor: "Não fui eu que dei o prêmio, foi o governo do DF, selecionado pelo mérito de seu maravilhoso livro. Mas ele acha que foi uma bolsa-escritor. Porque, para ele, não há diferença entre partido-governante-governo-estado". Concordo com Buarque. Corta para a manhã de hoje, quando Raduan Nassar recebeu o equivalente ao Nobel em língua portuguesa: o prêmio Camões, decidido todos os anos por comissões apontadas pelos governos do Brasil e de Portugal. O recluso intelectual aproveitou a ocasião para espinafrar Michel Temer, o Velho, e prontamente levou na cara um discurso agressivo de Roberto Freire. O atual ministro da Cultura alegou que Nassar deveria ter recusado o prêmio. Hmmm, sei não. Para começar, o Camões é um prêmio binacional, e a maior honraria das letras no nosso idioma. Acho mais contundente fazer o que fez o autor de "Lavoura Arcaica": aproveitou a ocasião para se manifestar, o que é perfeitamente legítimo numa democracia. Mas claro que a gritaria seria intensa se, por exemplo, ainda estivéssemos sob o governo do PT e um direitista tivesse aceitado a láurea. O cara seria chamado de aproveitador para baixo. Então arcaicos somos todos?

13 comentários:

  1. A resposta é simples: todo mundo adora a democracia quando ela vai de encontro com os próprios interesses, mas a odeia quando não. Vide o chilique do Min da Cultura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. de encontro a = contra
      ao encontro de = concorda

      fikdik

      Excluir
  2. basta apontar um direitista capaz de ganhar o Camões...

    ResponderExcluir
  3. Melhor coisa que li nesse post. Simplesmente não existe humanista de direita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para a brilhante esquerda só existe valor em quem se masturba pensando em Guevara.

      Excluir
  4. Vivemos uma crise democrática há muito tempo. Então se vivemos essa crise devemos denunciar outros países que a vivem. Faltou o escritor citar Venezuela, Cuba (que tem uma crise muito pior porque nem democracia por lá existe). Faltou ele citar os países bolivarianos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 18:18 Esse seu discurso já envelheceu.

      Excluir
    2. Envelheceu por quê? A Venezuela já superou seus graves problemas econômicos, políticos e sociais? Cuba já trocou as múmias governantes?

      Excluir
  5. Recebeu o prêmio e bela quantia em dinheiro. Já q ele acha q veio de um governo golpista,deveria devolver o prêmio e o dinheiro. Mas essa gente,gentalha,só quer saber é de grana no bolso...e em paraísos fiscais,não importa de quem ou onde venha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Raduan Nassar disse o que tinha que ser dito.

      Excluir
    2. Mal informado, havia vários outros governos envolvidos. O brasil golpista era só mais um.

      Excluir
  6. as marilenachauí pira

    ResponderExcluir