sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

BLACK IS THE OLD BLACK


"13th" é um dos cinco indicados ao Oscar de melhor documentário de longa-metragem e um dos três desse grupo que tratam da questão racial nos Estados Unidos. A tese defendida pela diretora Ava DuVernay (a mesma de "Selma") é provocante: a 13a. emenda à constituição americana, que aboliu a escravidão, foi o pontapé inicial do sistema carcerário que vigora hoje por lá. Os EUA têm nada menos que 25% dos prisioneiros do mundo, e uma fatia absolutamente desproporcional dessa população é composta por homens negros. Com a ajuda de depoimentos e arquivos de época, DuVernay explica didaticamente como os escravos recém-libertos foram imediatamente demonizados, e como a "guerra às drogas" foram artificialmente infladas desde o governo Nixon. O resultado é que hoje rapazes negros são presos e até mortos sem terem feito nada, o que deu origem ao movimento "Black Lives Matter". O documentário é daqueles que dão vontade de pegar em armas, mesmo as simbólicas, ainda mais agora na era Trump. E é desolador lembrar que, por mais horrível e injusto que seja o complexo prisional de lá, o daqui é milhares de vezes pior. Devíamos estar discutindo isto, não essa bobagem do turbante.

6 comentários:

  1. Por que será que os negros daqui não fazem um documentário desse calibre? Ê Brasil...

    ResponderExcluir
  2. Taí uma coisa que o Brasil copiou os EUA e ainda fez melhor (infelizmente)

    ResponderExcluir
  3. O mio babbino caro
    Dedicado a Alexandre de Moraes
    A quanto tempo venho dizendo exatamente isto.
    (a tragédia que se abate sobre o GENOCÍDIO DA JUVENTUDE NEGRA, 111 tiros em jovens negros comemorando seu primeiro emprego em Madureira, Cábula em Salvador, Luana em Piracicaba, Ítalo em Guaianazes, um sem fim. O turbante é simplesmente o ridículo da vida...). E ainda tem "Eu não sou seu Negro" James Baldwin, gay negro e o universalismo de Moonlight.

    ResponderExcluir
  4. Exato! Eles até adimitem que a maconha foi criminalizada para prenderem latinos grandes fãs da erva esquerdas e negros. Bizarro tbm como o 'terrorismo' foi inflado para atacar nossos direitos e permitir essa versão barbárie do capitalismo atual. Acabei de ver uma entrevista com um economista muito interessante, a era Trump/Temer deixa claro quem manda (a elite do dinheiro) e como eles não estão nem aí pros direitos pessoas democracia planeta. Foda-se o amanhã eles querem o deles agora. Um horror, estamos pior q na época do feudalismo.

    ResponderExcluir
  5. O capitalismo durou até 1975 agora é um outro sistema e estamos na época mais horrível dele

    ResponderExcluir
  6. Is a dark time in history. Eu recomendo as entrevistas do Snowden, realmente a elite perdeu TODOS OS LIMITES

    ResponderExcluir