quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

JE SUIS MALADE

Estou doente para ver "Dalida", a cinebiografia da minha cantora favorita de todos os tempos. Estreia na França semana que vem - e talvez nunca no Brasil...

10 comentários:

  1. Pardonnez-moi, la vie m'est insupportable

    ResponderExcluir
  2. O mio babbino caro
    Não há nada mais belo que a história de uma vida trágica, e qual não é...
    "Tu es d'hier et de demain
    Bien trop beau
    De toujours ma seule vérité
    Mais c'est fini le temps des rêves"

    ResponderExcluir
  3. Besame
    Besame mucho
    Cette chanson d'autrefois je la chante pour toi

    ResponderExcluir
  4. Por que as gays que são ou se acham ou se fingem de finas adoram essa Dalida?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Porque isso as difere de bagaceiras como vc...

      Excluir
    2. Nasça de novo, talvez assim vc descubra.

      Excluir
    3. Hahahaha
      Melhores respostas

      Excluir
    4. Anônimo, porque Dalida é a síntese de uma diva. A mulher era deslumbrante, com uma carreira de sucesso incrível e... infinitamente infeliz. Abortou e ficou infértil, 3 maridos/ex-maridos que se mataram. O mais assustador é a feminilidade que ela emana nos videos dela. Enfim, Dalida é um gosto adquirido: tem gente que acha o ultra do cafona, tem gente que ama. :)

      Excluir
    5. Belas palavras você disse tudo, foi única e será única sem igual. É de emocionar no youtube ela cantando La Mer com um vestido prateado e com aquele cabelo loiro de diva.

      Excluir