quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

O QUE É ALEPPO?

Antes da guerra civil que engolfou a Síria, pouca gente tinha ouvido falar da segunda cidade mais importante do país. Tanto que Gary Johnson, candidato independente à presidência dos EUA, soltou numa entrevista a pergunta que enterrou sua ambição política: "what is Aleppo?". Agora quase não há mais Aleppo, e um detalhe me chamou a atenção: o ditador Bashar al-Assad, bancado por Irã e Rússia, dedicou muito mais esforços para exterminar os rebeldes que haviam tomado conta da cidade do que para erradicar o Estado Islâmico de lugares como Raqqa ou Palmira. Ou seja: era em Aleppo onde estavam seus inimigos de verdade. Não vou cometer a veleidade de apoiar facção nenhuma nessa carnificina, ainda mais porque ninguém é santo no Oriente Médio. Mas as imagens e relatos que vêm de Aleppo são estarrecedores. Como os que chegam pela conta do Twitter da menina Bana al-Abed, que agora estão dizendo que é falsa. Claro que é, gente: uma garota árabe de sete anos, que escreve em inglês perfeito e linguagem de adulto? Salaam? E daí se for mesmo uma peça de propaganda? Não tem um monte de criança morrendo por lá?

8 comentários:

  1. N sei o q dizer...ouvi falar q Síria é uma guerra proxy entre Arábia Saudita e Irã

    ResponderExcluir
  2. Tony, exceto pelo isis que é comprovadamente terrivel, ate hj nao consegui descobrir quem é bom e quem é mau nessa guerra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não existe tal coisa como bom e mau.

      Excluir
  3. Esta comparação de imagens de Aleppo antes e depois me deixou completamente passado...

    http://www.boredpanda.com/before-after-war-photos-aleppo-syria/

    ResponderExcluir
  4. Uma cidade formada e construída por várias e varias gerações em centenas de séculos, agora é destruída por uma unica geração!!!! E as barbaridades que estão fazendo com as pessoas indefesas, aquilo ali é a visão do inferno!!!! Um horror do século atual, e quando vai acabar? Quando?

    ResponderExcluir
  5. O mio babbino caro
    Caralho. É a falência da capacidade humana...

    ResponderExcluir
  6. Oi Tony, a menina existe mesmo. Vi ontem, no Jornal Hoje, ela e a mãe sendo resgatadas de Aleppo. Mostraram o perfil delas no Twitter e tudo. Não é fake não.

    ResponderExcluir
  7. Ah Tony, complementando... quem escreve é a mãe, não a menina. Isso tá informado na descrição do perfhttp://www.tonygoes.com.br/logout?d=https://www.blogger.com/logout-redirect.g?blogID%3D5080068663557172708%26postID%3D76674765356630327il.

    ResponderExcluir