quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

MINHAS PESSOAS DE 2016

Não, não incluí Donald Trump na lista das pessoas que mais marcaram o meu ano. O presidente-eleito dos EUA  entrou na lista do ano passado, quando eu ainda sonhava que ele seria um pesadelo passageiro. Como Trump será uma figura constante pelos próximos quatro anos (se não cair antes, o que é bem possível dados seus muitos negócios escusos), vai ficar de fora dos top 10 de 2016. A lista já tem vilões o suficiente e o ano foi o pior de que me lembro. Então lá vai, sem ordem:

MICHEL TEMER, O VELHO - É chocante a desconexão do presidente-tampão com o mundo contemporâneo. Diz que não está preocupado em ser popular, mas até cogita não ir a um funeral com medo de ser vaiado. Conspirou abertamente contra Dilma, e uma vez no poder adotou o programa oposto: por que então, com cargas d'água, aceitou formar com ela a mesma chapa? E não há hipótese de alguém que tenha sido presidente do PMDB pelos últimos 15 anos não estar enrolado na Lava Jato. A pinguela pode quebrar já no começo de 2017, se a economia não reagir logo.
DELTAN DALLAGNOL - No ano passado, Sergio Moro entrou para a lista. Como eu não gosto de repetir figurinha, em 2016 a Lava Jato está representada por este jovem procurador, sua segunda figura mais conhecida. Dallagnol é evangélico fervoroso e precisa tomar cuidado para não se tornar o inspetor Javert (de "Les Misérables") da política brasileira. O slide em Power Point contra Lula foi uma derrapada desnecessária, que comprometeu sua credibilidade. Mas antes um puro e duro que comete barbeiragens do que um cínico conformista e aproveitador.
CÁRMEN LÚCIA - Outra figura positiva no desolador cenário brasileiro é a nova presidente do Supremo, que tem uma trajetória impoluta e já mostrou firmeza na condução do tribunal. Mas a irmã gêmea de Bento Carneiro não é perfeita: seu voto a favor da manutenção de Réunan Canalheiros no comando do Senado me encheu de desânimo e desesperança.
RECEP ERDOGAN - O proto-sultão turco recebeu um presente de Alá para aumentar ainda mais seu poder: uma tentativa fracassada de golpe de estado, que custou a vida de milhares de pessoas. A Turquia, sempre tida como exemplo de democracia muçulmana, está virando uma ditadura, sem imprensa livre e com milhares de presos políticos. Enquanto isto, os atentados não param.
RODRIGO DUTERTE - E mais um déspota obsurantista desponta no Extremo Oriente. O Trump das Filipinas resolveu matar qualquer um que se pareça com um traficante ou um viciado, como se as drogas fossem o maior problema de seu país. Mas a matança tem lhe rendido alta popularidade, que não vai cair enquanto o crescimento do PIB continuar sendo o mais alto da Ásia.
SONIA BRAGA - Vamos falar de coisa boa? A maior estrela de cinema que o Brasil já produziu voltou a encontrar um veículo à sua altura, depois de 30 anos sem protagonizar um filme importante. "Aquarius" ganhou o mundo e ressuscitou a carreira da diva. No ano que vem ela terá papéis pequenos em duas grandes produções americanas, mas é falando português que Soninha brilha para valer. Mandem projetos para ela, colegas roteiristas.
MARCELO CALERO - "Aquarius" também marcou o breve mandato do primeiro ministro da Cultura de Temer, o Velho. Mas o saldo foi positivo, graças ao final turbulento: Calero saiu batendo a porta, expondo as entranhas apodrecidas do novo governo. Esqueçamos a esquerda e a direita: o embate mais urgente é entre os arcaicos como Geddel Vieira Lima (o "Porco"), que abusam do estado em causa própria, e uma geração moderna que não se corrompeu - pelo menos, ainda não. Calero, que é gay assumido, tem só 32 anos e toda uma carreira política pela frente. Vou prestar a maior atenção nele.
JUAN MANUEL SANTOS - O presidente da Colômbia convocou um plebsicito, certo de que a vitória arrasadora lhe renderia dividendos. Foi derrotado e ganhou "apenas" o Nobel da Paz. Mas já entrou para a história: apesar do escorregão político, foi o grande fiador do tratado de paz com as Farc. E os colombianos, que já iam bem na economia, têm tudo para decolar nos próximos anos. Mas ainda há sinais claros de subdesenvolvimento mental, como o popular projeto de lei que proíbe a adoção de crianças até por solteiros e viúvos héteros. Pau nele, Santos!
GRACE GIANOUKAS - Outro "bright spot" do ano foi essa atriz veterana, conhecida do público cult que lota o "Terça Insana" há mais de uma década, finalmente cair na boca do povo. Sua Teodora Abdalla na novela "Haja Coração" fez tanto sucesso que os autores não só foram obrigados a ressuscitá-la, como ainda deram para ela sua própria websérie. Tomara que o talento da greco-gaúcha seja mais aproveitado pela televisão daqui para a frente.
THERESA MAY - Ela era contra o "brexit", mas agora será obrigada a implantá-lo. Ou não... Uma das diversões garantidas de 2017 será observar como a nova primeira-ministra britânica finge que está tirando seu país da União Europeia, ao mesmo tempo em que empurra com a barriga as medidas mais drásticas. E a coitadinha ainda encontrará uma rival à altura em Nicola Sturgeon, a PM da Escócia, que já avisou que convocará um novo referendo para sair do Reino Unido. Fico só imaginando como May tenta enrolar a rainha naquela audiência semanal de cuja existência soubemos graças a "The Crown".


E aqui termina a retrospectiva desse ano que nunca termina. Xô, fora, eia, sus.

16 comentários:

  1. é 2016 ficará na história como o ano do péssimo agouro. daqui a 20 anos lembraremos de como o ano nos empobreceu e nos deixou mais desconfiados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ganhei mais em 2016. Obrigado Senhor.

      Excluir
  2. Minha ressalva fica no caso do Marcelo Calero que foi oportunista demais, ganancioso demais e deu com os burros n'água. Acho que ele é um político profissional usando o poder como qualquer gay de boate usa o camarote vaidosamente para aparecer. Ninguém sabe qual é o discurso político desse cara, a sua doutrina ou a ideologia que segue.
    Me parece alguém vago, soulless, apoiado na própria beleza e no bom gosto estilo mainstream.
    Ficou a pergunta, para que ele veio?
    Eu só lembro do embaraçoso discurso da criação do estado da Guanabara e o discurso separatista. Tem algo errado nas intensões desse cara...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tony insiste que o cara é assumido, só se for pros anigos de boate, porque em nenhuma entrevista ou declaração na imprensa há menção a homossexualidade dele.

      Excluir
    2. Esse tal de "caralho" eh um babaca igual a varias por ai!
      E essa teresa fucking may eh uma vaca, ignorante e acima de tudo hipocrita!!!

      Excluir
    3. Quanto incômodo com o Calero. Vocês estão parecidos com os gays que sofrem de enorme incômodo com o Jean Wyllys. E que raça desunida são os gays deste país.

      Excluir
  3. tonyah pode falar palavrão é? sentimos que vc deveria se despedir de 16 com um post sobre o fim da era obama - com o próprio sancionando a obscena Rússia - beijo de (sabre) de luz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. coitadinhos dos americanos não gostaram de ser espiados, afinal de contas é aquilo em eles se especializaram, ou já se esqueceram do programa espião da NSA, que espiou tudo e todos???

      Excluir
  4. O casamento perfeito de Kleber Mendonça diretor –Sonia Braga atriz lembra o casamento de grandes diretores e suas musas como Almodovar e Marisa Paredes

    ResponderExcluir
  5. E o Duterte que assumiu usar fenantil? Ainda disse que usar essa droga é tão bom quando ir ao paraíso. Esse cara é muuuuito hipócrita. Aliás, como qualquer "homem forte" que vimos subir ao poder nesse últimos tempos.

    ResponderExcluir
  6. Bom mesmo ficar de olho no Calero. Esse moço tem potencial, aparentemente, de transitar com facilidade entre eleitores das classes média, média baixa, média alta e alta. Ele transpira elegância, fala com uma tranquilidade encantadora que pode passar para um nível de sedução caso a pessoa que o ouve não se segure, se controle. E parece ter uma agenda muito ampla. Mas é sempre bom lembrar que vivemos no país do atraso, e eleger um gay nunca é fácil. Se fosse americano e democrata (obviamente), Calero certamente teria pela frente uma carreira política com enorme possibilidade de ser auspiciosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. para de falar besteira mané

      Excluir
  7. A melhor coisa do Temer, a mania que ele tem de ficar encobrindo uma mão com a outra quando dá entrevista ou mesmo fala em público. Erdogan recebeu um presente e tanto com essa tentativa de golpe, e mostrou ser um sujeito repugnante inteligente ao ter aguardado os militares rebeldes avançarem o quanto podiam com a tentativa da quartelada. Com essa intenção frustrada de golpe, Erdogan instaurou de vez o que tanto queria, uma ditadura na Turquia. Mais uma, que se ressalte. Daqui a pouco a Turquia chega a seu décimo regime autoritário/ditatorial. Para lembrar ao pessoal de esquerda, Duterte é um populista de esquerda galerinha. Juan Manuel Santos deu uma escorregada e tanto ao querer enfrentar Álvaro Uribe nas urnas. O acordo com as FARC desde o início somente precisava passar pelo crivo do judiciário e legislativo, como ocorreu dessa vez com o acordo depois de tendo o respaldo da Suprema Corte colombiana, se encaminhando para o Congresso, tendo aprovação dessa casa, e agora seguindo para sanção presidencial. Juan Manuel, és um político inteligente, mas não cometa mais uma cagada como essa. Fica a dica.

    ResponderExcluir
  8. Faltou o Edward Snowden na lista. Mesmo se por acaso você o tivesse incluído em alguma lista anterior deveria tê-lo incluído de novo. Essa figura tão invisível nada mais é do que o cérebro na tentativa da Rússia de tentar desestabilizar as democracias ocidentais via, também, mundo virtual. Snowden não está de graça na Rússia. E esse sujeito deveria estar presente na lista por ter sido o responsável pelos ciberataques e pela influência que o Kremlin teve na eleição americana conseguindo eleger o Donald Trump. Pior ainda é ver a babaquara progressista e conservadora anti-americana vangloriar o Snowden só por ele ter revelado uma espionagem em escala global, prática que praticamente todo governo no mundo faz, espionar uns aos outros. Espero que esse merdinha do Snowden seja preso e cumpra pena, com prisão perpétua, na América. Quem mandou mexer com 'My Clinton'?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 16:53 tu acha certo E.U.A com programa espião da NSA, ficar espiando tudo e todos e ninguém ficar sabendo ?

      Excluir
  9. Então tu acha certo E.U.A com programa espião da NSA, ficar espiando tudo e todos e ninguém ficar sabendo ?

    ResponderExcluir