quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

ESTADOS DIVIDIDOS DA AMÉRICA

Eu mesmo usei da maneira errada o conceito de "Pessoa do Ano" da revista Time neste post sobre o ex-ministro Marcelo Calero. Mas faz tempo que eu sei que o título não é exatamente um prêmio ao maior benfeitor da humanidade nos últimos 365 dias. A própria Time esclarece que escolhe a personalidade que mais influenciou os eventos do ano, para o bem ou para o mal. Mesmo assim, perdeu muitos assinantes quando estampou Hitler, Stálin ou o aiatolá Khomeini na capa dessa tradicional edição de dezembro. O mesmo está acontecendo agora, quando o perdedor no voto popular americano nos brinda com sua carranca ao lado de uma das melhores chamadas ever: "President of the Divided States of America". E vale a pena ver este vídeo no site da revista, ao menos para se horrorizar com a cafonice do apartamento de Trump em NYC.

10 comentários:

  1. O M faz um chifrinho na cabeça dele.

    ResponderExcluir
  2. O mio babbino caro
    Não é mais ou menos tranquilo, "aquilo" que mais impactou o mundo:Ebola fighters/The Whistleblowers/Donald Trump. O brasil saiu dividido também nas eleições, quem sabe eles queiram adotar o modelo que adotamos para essa questão...

    ResponderExcluir
  3. Achei justo o prêmio de brasileiro do ano que a revista ISTOÉ deu ao TEMER , já que ele conseguiu dar um golpe em milhões de brasileiros

    ResponderExcluir
  4. Cuidado Tony! A :D-oida vai ficar enlouquecida com vc por criticar a mais nova "shrine" da Park Avenue!

    Como eu comentei num post pp se a Saddam tivesse visto o ape da trump com toda certeza se converteria ao minimalismo!!!

    Porém a :D-oida achou um luxo!!! Gosto eh gosto, né ?

    ResponderExcluir
  5. Pensei que, para ser capa do Person of the Year tinha que ser um ser humano!
    Tá mais pra o Porco do Ano!!!
    Ou O Pior Suco de Tangerina do Ano!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca foi. Isso não é prêmio. É só reconhecimento de quem sacudiu o mundo. Hitler, Stalin, Nixon e Khomeini já foram capa também dessa edição.

      Excluir
  6. Hitler também foi pessoa do ano da Time em 1938.

    ResponderExcluir
  7. Ah, como o ser humano é sensível. Aff... A pessoa para ser influente não precisa ser necessariamente ser boa. Ela pode ser um ser humano asqueroso e mesmo assim ser influente. Sim, Hillary caminha para bater a votação de Barack Obama em 2012. Isso acontecendo Hillary será a pessoa com a segunda maior votação no histórico presidencial. Ela já se tornou a segunda pessoa mais votada popularmente, atrás apenas de Obama.

    ResponderExcluir
  8. Por que viado é mimizento quando se trata de encarar o mundo real como ele é? A vida não é o casal Obama com suas gracinhas midiáticas , mas suas decisões bélicas tomadas por baixo dos holofotes pros babaovo acharem ele merecedor de prêmio nobel da paz.

    ResponderExcluir