segunda-feira, 14 de novembro de 2016

SUITE FRANÇAISE

Hoje me dei conta de que faltam menos de seis meses para as eleições presidenciais na França. Se esta merda de 2016 não tiver acabado pra valer até abril do ano que vem, periga que Marine Le Pen saia vencedora. Ou então, que seus opositores se unam e apoiem um partido islâmico, como no romance "Submissão". Na única vez em que o fascista Front National chegou ao segundo turno, em 2002, foi esmagado por Jacques Chirac, que se reelegeu com os votos de todo o resto do espectro político. Mas isso já faz tempo, e o mundo mudou muito desde então. A sra. Le Pen provavelmente enfrentará o atual presidente, François Hollande, que bate recordes de impopularidade. E talvez Nicolas Sarkozy, que disputa a indicação pelos republicanos (de lá) com Alain Juppé. O curioso é que a sra. Le Pen está se esforçando para não parecer a versão francesa de Trump. Anda maneirando o linguajar e posando de boa moça - até expulsou o pai Jean-Marie, abertamente antissemita, do partido que ele mesmo criou. A França, com o desemprego nas alturas, milhares de novos imigrantes e alguns atentados recentes, tem até mais motivos do que os EUA para ficar tentada pela extrema-direita. Mas também é a pátria do iluminismo, do estado laico e do amour fou. Convém prestar atenção.

41 comentários:

  1. Rio de Janeiro é samba, suor e sexo e escolheu Crivella. O interior da França é repleto de estúpidos.
    Estou com a consciência tranquila de não ter apoiado a massa de pobres ignorantes que apoiou o Trump, o impeachment, o Brexit, etc...
    Entendo que o PT é um país corrupto e que deve ser retirado do poder. Mas, honestamente, não tenho vontade de ficar perto da classe média, reaças, Trumpers, etc...
    Que seja feita a democracia, mas tenho o meu grupo de amigos e não aceitamos gente que corre na paulista atrás de pato, que tira selfies e que assiste a Globo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Que seja feita a democracia, mas tenho o meu grupo de amigos e não aceitamos gente que corre na paulista atrás de pato, que tira selfies e que assiste a Globo"

      Imaginei o autor dessa pérola jogado no chão, movimentando com fúria os braços e as pernas, enquanto chora copiosamente contra a "classe média, reaças, Trumpers, etc..."

      Excluir
    2. 17:44 reaças dificilmente conseguem imaginar alguma coisa. A capacidade de criação de vocês é nula pq apenas pensam no próximo eletrodoméstico que irão comprar. O mundo de vcs é profissionalizado demais pra isso. Não há espaço para a beleza.

      Excluir
    3. 17:52, Siga pensando exatamente assim! Seus cacoetes mentais são a maior arma que os "profissionalizados" (vivi para ler isso!) feios e bobos dispõem.

      Excluir
    4. 17:52
      Adorei o eletrodoméstico! Esses reaças adoram um parcelamento.

      Excluir
    5. Genthen!!!! por onde anda a DEFU que incendiou o Blog nas tardes de nossa Nurenberg de Taipa.

      Excluir
    6. O Rio apesar "de tantas bundas nas praias" é bem conservador, Crivella, Bolsonaro, Cunha, Garotinho etc. estão nesse bojo e confirmam.

      Excluir
  2. Percebi um constrangimento geral ultimamente. O "povo de bem" tá meio quieto. Entenderam que estão sendo comparados aos white trashes e aos rednecks americanos. Nada melhor pra mudar a opinião dos brasileiros do que tocar na vaidade deles. Não há Trump que resista quando há o risco de ser visto como pobre no Brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Migo das 17:06, essa estratégia só funciona nos Leblons e Ipanemas da vida. Apenas os remediados têm vergonha de serem confundidos com pobres. Não só no Brasil, mas também em boa parte do mundo. O problema é que são a minoria. Será que a vitória de Crivella não serviu de lição? Por mim, espero que você e os seus continuem a pensar assim. É imensa a satisfação de ler um raciocínio equivocado como o seu, estando do front inimigo.

      Excluir
    2. 17:41 No Brasil não ser comparado com pobre é essencial para se ter oportunidades.
      Até então a elite brasileira não se enxergava como sendo de direita e pobre. Agora percebem que estão sendo comparados a ignorantes. Não vejo mais uma manifestação sequer de direitistas verde amarelo. Pq?

      Excluir
    3. 17:58 Você não vê direitistas de verde e amarelo nas ruas porque o PT já caiu, políticos mais conservadores/liberais levaram a maior parte das prefeituras, e a esquerda sofreu uma acentuada perda de representação. Quem gosta de manifestação inútil para encher o saco de quem trabalha são vocês. Nós só vamos às ruas para vencer, my dear!

      Excluir
    4. 17h58 Já conseguimos o que queríamos, tamos sussa. Quem vai seguir no chilique agora são vocês, que estão desempregados. Beijo.

      Excluir
    5. Você ainda verá mais quando expulsos por Trump, começarem a desembarcar depois de terem voado algemados até entrar no espaço aéreo "nacional". Ainda teremos muito choro e ranger de dentes.

      Excluir
  3. "Hoje me dei conta de que faltam menos de seis meses para as eleições presidenciais na França".

    Tony, a militância voluntária de direita movimenta-se ativamente desde a vitória de Hollande. Depois não vá reclamar que o "interior da França é repleto de estúpidos", como fez o anônimo das 17:01.

    Ah, uma dica: apelar ao Reductio ad Hitlerum não deu certo contra Trump, e não funcionará contra Le Pen. Que tal colocar essa mente criativa para funcionar, construindo argumentos mais sólidos? Se você conseguir essa proeza, a de dar algum sentido lógico à agenda esquerdista, fará história e será regiamente recompensado, pois a decadência dos herdeiros de Marx já se tornou endêmica.

    Ai, ai, quem diria que justo a esquerda (aquela dos maiores intelectuais vivos do século XX) perderia tão rapidamente a capacidade de identificar os dados do real e reconstruí-los, não é mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dei uma olhada na minha lista de coisas a fazer, e entre elas não estava "dar sentido lógico à agenda esquerdista". Muito menos à da França.

      Excluir
    2. 17:34 Pq vc tem ojeriza com relação a inteligência, o saber e o conhecimento?

      Excluir
  4. Le Pen loka do Frexit cheia de apoio de fazendeiros franceses protecionistas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 18:37, já vai organizando o discurso para explicar a derrota, miga! Essa sacada de "fazendeiros franceses protecionistas" vai fazer o maior sucesso muito em breve.

      Excluir
    2. Miga, não faz a desconectada.
      https://www.google.de/search?q=protesto+fazendeiros+franceses&ie=UTF-8&oe=UTF-8&hl=de-de&client=safari

      Excluir
  5. tony(ah) as bees extrapolam na falta de respeito com vc hein

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me chamar de Tonyah já é um desrespeito. Eu sou cis e exijo ser tratado como tal.

      Excluir
  6. Começo a achar que os protestos de rua e a perseguição da imprensa contra Trump é uma ótima notícia! O movimento natural do republicano seria a conciliação, deixar os crimes de Obama e Hillary de lado e seguir em frente, mas com os esquerdopatas perturbando, ele acabará indicando um procurador estilo Moro com ordens para ir até o fim. Estou torcendo para que os "progressistas" americanos continuem a fazer besteira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Os crimes do Obama"?

      Olha o fanfic de direita aí, gente!

      Excluir
    2. Eu sou a viada que adora tudo que me odeia Trump Bolsonaro Le Pen, o capeta a 4. Deixa eu loka com dinheiro rasgar meu edi e pronto, amor pra mim é rôla. Quem foi Gore Vidal?

      Excluir
  7. Eu acho q os eleitores de Trump e Crivella são mais comunistas do q eles próprios imaginam. Isso de quebrar o establishment , tomar o poder e exigir distribuição de renda é muito coisa de esquerda. O Lula e a Dilma deixaram um belo legado nesse sentido. Pena q essa gente é ignorante demais pra aceitar isso.
    Adoraria vê-los retornando de onde vieram. São muito ingratos. Não tenho saco pra gente q come comida japonesa em churrascaria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Típico esquerdinha: despreza o povo e acha que fez favor. Não queremos tutela de supostos iluminados, obrigado.

      Excluir
    2. 22:14 e desde quando vcs tem apreço pelo povo? Vcs odeiam pretos, nordestinos, pobres de verdade, imigrantes, gays...
      É que povo pra vcs é a classe média que era baixa e virou nova classe média. Vcs querem ter "autorização" para oprimir a classe da qual vcs já fizeram parte um dia.

      Excluir
  8. Você assistiu ao filme, Tony? Gostou?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que filme? "Suíte Francesa"? Não.

      http://www.tonygoes.com.br/2016/02/sufle-arriado.html?zx=b9f843b1763db6a5

      Excluir
    2. Não lembrava desse post. Você viu, então.

      Excluir
    3. Ah, o "Não" foi pra dizer que não gostou. Tico e teco não perceberam na hora hehe. Abraço.

      Excluir
  9. Ai essa bixa da direita extrema eh muito doida kkkkkkkkk
    To vendo ela logo logo como manager da campanha da versao tupiniquim da le caneta kkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  10. Marine nos últimos anos decidiu fazer uma limpeza, vamos assim chamar, no partido. Expulsou os proeminentes LGBTQfóbios, misóginos, antissemitas, que até então faziam parte do partido, e centrou o discurso e programa do partido na questão da imigração. França não é EUA. Mas convém salientar que o ser humano é o mesmo de sempre. E a França passa por turbulências internas. O próximo presidente deve ser alguém da centro-direita. Agradeço enormemente François Hollande pelo apoio incondicional ao casamento entre pessoas do mesmo sexo, o presidente foi fundamental para que a proposta fosse votada e aprovada, mas seu governo é de uma lástima sem tamanhos. Infelizmente.

    ResponderExcluir
  11. As bixas da extrema direita sao muito burras! Nao conseguem entender que no brasil qq politico de qq partido sao todos ladroes!!!

    ResponderExcluir
  12. As bixas da extrema direita sao muito burras! Nao conseguem entender que no brasil qq politico de qq partido sao todos ladroes!!!

    ResponderExcluir
  13. O mio babbino caro
    Não nos desesperemos já estamos em fase com esse Novo Tempo, colocamos Temer no poder a tempo de compasso com Trump e sra. Le Pen, se vier, além de todos os brindes deste nosso 2016. Não nós esqueçamos do atos e manifestações contra o casamento gay na França, que nada nos fez lembrar "a pátria do iluminismo, do estado laico e do amour fou.

    ResponderExcluir
  14. "As bixas da extrema direita sao muito burras! Nao conseguem entender que no brasil qq politico de qq partido sao todos ladroes" Melhor comentário já feito, e não só aqui falaram tanto da corrupção da Hilary e se esquecem da sonegação de Trump, o que também é corrupção!
    Nick

    ResponderExcluir