quarta-feira, 5 de outubro de 2016

REDE FURADA

Acho que nenhum partido (dos que contam, claro) se saiu pior nestas eleições do que a Rede Sustentabilidade de Marina Silva. Apesar de vários bons nomes concorrendo, nenhum deles foi eleito sequer vereador no Rio ou em São Paulo. O maior impacto que a legenda conseguiu foi o furor uterino provocado pelo "candigato" carioca Alessandro Molon ("imagina se fosse duron", como disse uma internauta). Esta semana a Rede levou outro golpe sério: dez membros proeminentes deixaram o partido, e ainda escreveram uma carta coletiva explicando suas razões. Muito do que eles dizem já dava para desconfiar, como a hesitação eterna de Marina em se comprometer com quase qualquer coisa. Essa indefinição já está lhe custando caro, e ela pode estar fora do baralho em 2018. Melhor assim?

17 comentários:

  1. A Marina ê a terceira via tupiniquim. Acreditem, são mais demagogos que os PSOListas mais radicais.
    Não me convencem mais mas ainda espero resultados positivos do meu marido Alessandro Molon.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aposto que pra esse louco das 23:37 bom mesmo é o Temeroso indicando Ministro réu na Lava Jato, ou encorajando o Alexandre de Morais a acabar com a independência da PF se envolvendo nas investigações de corrupção para caçar inimigos políticos.

      Viva a democracia brasileira, onde as intituições estão preservadas! Preservadas em formol.

      Excluir
    2. Antes de nomear o tal "Ministro réu", Temer verificou com um importante jurista que ele (o ministro) será certamente inocentado. Tratou-se de um processo em que a prefeitura que ele comandava atrasou um pagamento. Apenas isso! Não se trata de mais um ladrão esquerdista. Podicunfiá. :)

      Excluir
  2. Marina da Silva é o Feliciano de saia que hora veste uma saia de esquerda e outra hora veste a saia do PSDB e nesse troca troca teve um hiato em que ficou desnuda e todo mundo viu quem ela era :retrógrada de espírito como o Feliciano

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marina é oportunista como o evangélico Eduardo Cunha

      Excluir
    2. Aqueles que escolheram se iludir sem dúvida vão ficar desapontados. Mas não se pode culpar Marina da Silva por isso. Afastada sua retórica ambientalista, que parece ter impressionado tanta gente, ela nunca se apresentou como outra coisa além de uma evangélica familiar de Centro.

      Excluir
  3. Marina da Silva presidente é o final do estafo laico

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e a Tv Senado vai ser mais um canal de doutrinação evangélica com transmissão de Cura gay ao vivo

      Excluir
    2. Satroncha ainda quer o q? N basta ter boicotitado o impeachment. Fora ET de varginha.

      Excluir
  4. Marina é a síntese da política brasileira que não quer se comprometer com nenhuma corrente pra não desagradar ninguém e ter a bandeira chapa branca da sustentabilidade.

    ResponderExcluir
  5. O Brasil precisa de um presidente comprometido com a educação que forme inteligências questionadoras e criativas. E não robôs em massa, apenas para as necessidades do mercado.

    O que temos atualmente são candidatos sem informação, e ate c formação, mas deficiente em todas as áreas.

    A pergunta c a destruição da Filosofia, e de Humanas q n dão lucro, é a seguinte: existirão novos filósofos? novos grandes escritores, jornalistas? cineastas, dramaturgos, historiadores?

    Com certeza pelo andar da carruagem a resposta é negativa. E com certeza o mundo será mais árido, mais cruel, mais imbecilizante, e imbecilizador.

    Desse mundo de candidatos de presidentes incentivadores de automâtos não faço a menor questão de votar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que existirão filósofos, escritores, jornalistas, cineastas, etc, eles sempre existiram, mesmo em épocas quando educação pública era coisa rara. Para com essa bobagem de achar que a abolição de filosofia do currículo escolar vai ser o fim de humanas. Ou vc acha que realmente ensinavam filosofia no ensino médio?

      Excluir
    2. "Ou vc acha que realmente ensinavam filosofia no ensino médio?"

      LACROU!

      Excluir
  6. Melhor. Marina é muito idealista. Até aí, nenhum problema, mas para ser política também deve se ter pragmatismo. E isso Marina não possui. Marina sonha demais e faz de menos. Ah, e sobre esses ditos intelectuais que assinaram essa carta... Um bando de esquerdista caviar. Aí vem com esse tal de golpe, 'homi' vão se lascar.

    ResponderExcluir
  7. Ninguém mais cai nesta pataquada de partidos e blá blá blá não tem mais para onde correr tudo uma porcaria!

    ResponderExcluir