sexta-feira, 26 de agosto de 2016

TONTURA NUNCA MAIS

Já pensou no fuzuê que o Bolsonazi iria fazer se a Jandira Feghali, que é médica de formação, se recusasse a atender o filhinho dele? Mas o escroto não perde uma chance de ser escroto. Faz parte de seu branding. O lado bom dessa história é que Flavinho mostrou que, se passa mal num debate, não aguentaria nem cinco minutos nas garras do coronel Ustra - ou na cadeira de prefeito do Rio.

(o título perfeito deste post não é meu, é do Sensacionalista)

20 comentários:

  1. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    E o filho da puta nao morreu???? Que pena!!!!! Torcer pra numa proxima falecer ao vivo e a cores !!!!!!! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  2. Espírito do Coronel Ustra desde o além27 de agosto de 2016 07:03

    Flavinho Bolsonarinho "desmaiou" por que não sabia responder a pergunta sobre a integração da região metropolitana do Rio. Ficou nítido. Qualquer tema fora o armamento da guarda civil, o pequeno cérebro dele frita.

    ResponderExcluir
  3. Ele sofreu uma tortura psicológica. Alguém tentou colocar o cérebro dele para funcionar...... imagine a quantidade de dor que isso causou

    ResponderExcluir
  4. Quando tudo der errado, finja um desmaio... Essa é mais velha que a criação do universo

    O papai sabia q passar mal estava escrito no papelzinho onde dizia...se não for de múltipla escolha e não souber dissertar sobre a pergunta passe mal...😉. Então papai não estava preocupado c a saúde do filhinho simples assim...pq quando estamos preocupados c a saúde de nossos filhos, até o pior inimigo chamamos p ajudar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí, disse tudo, só o cachaceiro que não passa mal ou morre de vez, ou então vai preso logo com a marisca!

      Excluir
  5. Não guentou as bombadas no edi...

    ResponderExcluir
  6. Tbm me recusaria a ser atendido por essa escrota.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 2

      Essa escrota JAMAIS colocarias as patas em mim também.

      Flavio tinha passado o dia em Bangu. Quem conhece a região sabe que é impossível não passar mal se a pessoa não estiver habituada.

      Enfim, só esperando o próximo mimimi ("palavras ferem") aqui no blogue para lembrar que nos dos outros é sempre refresco.

      Excluir
    2. O problema nem é tanto ter passado mal (mas foi engraçado, ah, foi). O problema foi o pai ter sido gorsseiro com uma pessoa que queria ajudar. Isto é imperdoável. É falha de caráter. Simples assim.

      Excluir
    3. Apoiado, o papai Bol tinha sua razão. Fico imaginando, desmaiado, recuperar minhas forças e estar nos braços da Svengali. Infartava no ato.

      Excluir
    4. Sinceramente, tem limite para essas bibas estarem defendendo a família bolsonazi. Ficaram cegas, loucas já deviam ser. É isso, o Brasil segundo ato somente está se iniciando.

      Excluir
    5. É a vontade de dar para os Bolsonaros. Só pode.

      Excluir
  7. O mio babbino caro
    não aguentaria nem cinco minutos nas garras do "Aécio" Le Monde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, você é um PORRE DE CHATO!!

      Excluir
    2. Pois dizem que ele tem um pirocão enooorme!

      Excluir
    3. 20:25 Será que na verdade tu não me ama não. Isso não é normal.
      Não sabia que tinha tanto puuuuuder. Desista.
      Dedicado a vochhhê: "Deus me perdoe por querer
      Que Deus me livre e guarde de você"

      Excluir
    4. Quem tem um pirocão enooorme?

      Excluir
  8. É de família. Outro dia o papi não estava desabando no chão, naquele evento que ninguém quis segurar ele?

    ResponderExcluir
  9. Jandira demonstrou gentileza. E o Bolsonaro, pai, demonstrou, mais uma vez, ser um sujeito mais do que abjeto. Como é fraco o Flavinho.

    ResponderExcluir
  10. Quando a Dilma passou mal após debate realizado no SBT a direita festejou. Agora quem sofre tontura é o filho do nazista-mor que a direita tanto ama. E aí ,direita fascista ? O que vocês dizem ? Pobre do Flavinho, hein ? Fraquinho...

    ResponderExcluir