domingo, 28 de agosto de 2016

AI JISUIS


Não quero posar de erudito, mas as liberdades históricas tomadas por este novo "Ben-Hur" me deixaram bolado. Os judeus do século 1 d.C. não chamavam seu país de "Terra Santa", um termo que só foi inventado na época das Cruzadas; Jerusalém não foi construída à beira de um penhasco, nem jamais teve um hipódromo luxuoso; Morgan Freeman usa um penteado rastafári. Além disso, o roteiro pinta Roma como se fosse o império de "Guerra nas Estrelas", capaz de maldades absolutas como arrancar dez pessoas a esmo da rua e crucificá-las só para dar o exemplo. Também eliminou todo o subtexto gay que Gore Vidal conseguiu enfiar na versão clássica de 1959, e aumentou a religiosidade. Isso já estava no livro original, que tem como subtítulo "Um Romance do Cristo". Mas essa estratégia dos produtores, para atrair o público que gosta de ação e o que gosta de missa, não deu certo. Nenhum dos dois foi aos cinemas nos EUA, e "Ben-Hur" já se consagrou com um dos mais caros fracassos do ano. Pelo menos o único ator que está bem é o nosso Rodrigo Santoro, que faz um Jesus bastante sóbrio e crível. Todo o resto é blasfêmia.

12 comentários:

  1. O Jesus do filme de 59 mal aparecia de perfil e salvo a memória acho que nem tinha falas. Achei que Rodrigo tivesse sido escalado pra repetir mais um dos seus papeis sem falas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha tipo "Lost", que ele participou em um capítulo e morreu. Mas se você olhar a Wikipedia em Português, ele aparece na lista do "elenco principal". Já na versão em inglês, não! :O

      Excluir
    2. Hahaha. É mesmo. Tinha esquecido. Só lembrava dele mudo nas Panteras e dublado em 300. Carreira internacional dele é mais flop que álbum da Xtina.

      Excluir
    3. Bando de invejosas...ele ganha mais dinheiro fazendo essas pontas do que um ano de salario da globo!

      Excluir
  2. Vc já viu The Get Down?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, já vi os dois primeiros episódios e quero ver todos. O problema é que meu marido não quer ver mais - ele não gosta de rap...

      Excluir
  3. Rodrigo Santoro nunca está bem.

    ResponderExcluir
  4. Comenta essa Tony: Em vídeo, Eduardo Paes entrega apartamento e sugere que moradora faça 'muito sexo'
    http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/cadernos/nacional/online/em-video-eduardo-paes-entrega-apartamento-e-sugere-que-moradora-faca-muito-sexo-assista-1.1607733

    ResponderExcluir
  5. Honestamente, apesar de ter achado o filme de 1959 um espetáculo - e a corrida de bigas uma das cenas mais incríveis já filmada na história do cinema, estou com vontade ZERO de ver esse remake/reboot/whatever. Acho a ideia de refilmar completamente desnecessária (senti o mesmo quando o Gus van Sant refilmou Psicose).

    P.S. Estou me sentindo um CONTRAVENTOR pelo seu blog ter sido classificado conteúdo potencialmente impróprio. What's that all about?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um ou mais gaiatos acharam por bem me denunciar ao Blogger por causa de uma foto de nu frontal do Orlando Bloom que eu postei há três semanas. A foto até já saiu do ar, mas o aviso continua.

      Excluir
    2. Pois é por causa de uma bobagem, deve ter sido algum carola! Sufocado de desejos!

      Excluir
    3. O PAU DO ORLANDO BLOOM É ARTE E NAO PORNOGRAFIA!!!!!

      Excluir