quinta-feira, 21 de julho de 2016

COMBINARAM COM OS RUSSOS?

Não acho que correr 100 metros em menos de 10 segundos seja uma grande conquista da humanidade. Não ligo se alguém pedala mais rápido, levanta mais peso ou marca mais gols que outro alguém. Ou seja, não estou nem aí para a maioria dos esportes olímpicos (gosto de ver a ginástica...). Para mim, pouco importa se o atleta estava dopado ou não: o que é que eu ganho se ele bater um recorde? E faz algum sentido proibir o uso de substâncias, quando esses caras são treinados desde o berço para se tornarem os melhores em suas categorias, levando vidas diferentes das pessoas comuns? Tem um lado meu que é a favor do liberou-geral. Quem quiser tomar um negocinho para melhorar sua performance, que tome - e se morrer depois, bem feito, quem mandou? O fato é que as Olimpíadas são um grande teatro, onde patrocinadores e alguns países gastam fortunas para dar a ilusão de que esses supostos super-homens trazem algum benefício para o resto de nós. Por outro lado, a Rússia vem se revelando um  país horrendo em mais de um sentido, então é justo que esses pilantras fiquem fora da Rio-2016. OK, o esporte é um ótimo substituto para a guerra, e costuma fazer bem à saúde. Mas ainda me emociono mais com quem faz uma descoberta científica, escreve um bom livro ou inventa um novo sabor de sorvete.

49 comentários:

  1. Os americanos pilantras vão levar todas as medalhas dos Russos bonzinhos que estarão fora dos jogos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que esse daí considera os russos bonzinhos porque não faz a menor ideia do que seja eurasianismo, e só conhece o Putin do Jornal Nacional.

      Excluir
    2. Desde quando russo é bonzinho?

      Excluir
    3. 17:47 Será que todos os russos gostam de Putin?

      Excluir
    4. Bom noite 17:47 otário a FIFA está te convidando para trabalho voluntário !!!!!

      Excluir
    5. 17:47 acha que eu falo uma pá de merda? siga seu próprio rabo seu cu de burro do caralho e NAO ME responda!

      Excluir
  2. Basicamente todos os que puderem pagar pelo doping vão vencer. Se não fosse uma competição de desempenho eu até concordaria com você. Mas é. Então doping é trapaça, em primeiro lugar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse daí fala como se treinar sem doping fosse bem baratinho, não dependesse de excepcionais condições de vida.

      Excluir
    2. O Quênia que o diga, com seus campeões.

      Excluir
    3. Com certeza, os queniamos do atletismo passam fome e correm descalços (Globo Reportet Mode On)

      Você ficaria impressionado se conhecesse a indústria que existe no Quênia em torno dos corredores, mas provavelmente prefere seguir na maia do idealismo.

      Excluir
  3. Reduzir esportistas a pseudo-super homens é seu texto mais insensível de todos os tempos. Retrato claro dos trastes reacionários que frequentam esse blog. Uma geração on line que tudo banaliza, esvazia e desvaloriza que só levanta a bunda do sofá quando é pra ir pro camarote.
    Enquanto atletas são transformados em lixo, artistas globais de quinta categoria são heroificados por vc. A lição de superação dos nosso limites que Usain Bolt ensina nunca vai ser superada pela lição de superficialidade de Grazi Massafera.
    Teatro por teatro prefiro o espetáculo do esporte do que o do entretenimento banal.
    Por favor separe o joio do trigo. Nem todo esportista é uma porcaria mercadológica como Ronaldo e Neymar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu até teria gostado do argumento de que vangloria-se artistas idiotas em detrimento de atletas. Mas aí falou de camarote, deu a entender que gente de esquerda é que valoriza esporte, enfim virou uma bagaça tão nonsense que só deu pra rir dessa revolta no dedinho que digita de mais um revoltadinho da internet que jura que sabe decidir o que é bom e ruim pro mundo.
      Eu dou graças a deus existir internet, assim essas pessoas extravasam sua "sabedoria" nela e nos poupam de ter que saber disso lá na vida real.

      Excluir
    2. Tá vendo, Tony? Agradar esquerdista é semelhante ao conto do elefante que ajuda o escorpião a atravessar a rua. Uma hora eles te atacam. Não adianta dizer que a direita é bichada. Faz parte do instinto do bicho.

      Excluir
    3. O brasileiro cultua artista boçal da Globo e ainda critica quem gosta de esportes. Ser brasileiro chega a ser uma piada de péssimo gosto.

      Excluir
    4. 17:55, um esquerdista faz um comentário estranho e vc já generaliza para todos? Por que as pessoas de direita tem que generalizar tudo?

      Um negro rouba a padaria, logo todos os pretos são ladrões, pensa o direitista. Um muçulmano faz ataque terrorista, logo todos muçulmanos são terroristas segundo a lógica conservadora.

      Um branco metralha 9 negros numa igreja tradicional na Carolina do Sul e... bem. Ele tinha problemas psicológicos, coitado!

      Excluir
    5. A prova da desonestidade dos argumentos da esquerda em 21:55.

      Essa tese de lobo solitário não cola mais. Não existem apenas um ou outro muçulmano maluco que mata ocidental, mas uma ordem expressa do ISLAMISMO para matar infiéis, escravizar mulheres e punir homossexuais.

      Todas as organizações sérias de direita condenaram o retardado da Carolina do Sul. Agora me mostre um único país islâmico que condene e combata os milhares de atentados e estupros. Não há! Sabe por quê? Porque inféis devem ser mortos e mulheres descobertas merecem ser estupradas.

      Ninguém aqui persegue o fulano muçulmano. Critica-se a ideologia islâmica que dá suporte ao terror.

      Meça sua desonestidade antes de colocar o dedo em riste, parça!

      Excluir
    6. Oh! Sábia mundana.

      Excluir
    7. 15:26, vou mostrar a SUA desonestidade com fontes, coisa que vc não se dignou a fazer.

      Líderes islâmicos condenando atentado de Orlando:

      http://thinkprogress.org/world/2016/06/13/3787788/muslim-leaders-orlando/

      http://www.businessinsider.com/muslim-leaders-condemn-orlando-mass-shooting-2016-6

      Prova de que o atirador branco da Carolina do Sul teve tratamento privilegiado mesmo depois de matar 9 negros na igreja:

      http://www.huffingtonpost.com/2015/06/23/dylann-roof-burger-king_n_7645216.html

      Os policiais comprar um Burger King para o pobre moço branco terrorista! Imagina se um muçulmano ou negro tivesse feito o mesmo? Teria sido alvejado no local sem direito a nada!

      E prova também da cobertura midiática passando a mão na cabeça do coitado do branco terrorista:

      http://mediamatters.org/blog/2015/08/26/breitbart-news-slammed-for-race-baiting-article/205183

      Excluir
  4. A maior conquista da humanidade deve ser então se tornar colunista da Folha de SP.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é a maior, mas é uma das.

      Excluir
    2. O Kim Kataguiri tb pensa como vc.

      Excluir
  5. As olimpíadas começou.O gigante acordou com golpe na bunda cagou e esqueceu de limpar a bunda

    ResponderExcluir
  6. Melhor era cancelar essa farsa de Olimpíada. Era melhor para todo mundo e ainda não passariamos vergonha.

    Melhor ainda se tivessem cancelado antes de terem mutilado a cidade do Rio e de ter dado isenção fiscal para a Odebrecht e demais empresas sanguessugas aliás.

    Sabe como é. Em cidade do PMDB, os $ócio$ vêm primeiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amoooor, as olimpíadas são um feito do seu amado e saudoso e em breve falecido PT.

      Excluir
    2. HAHAHA Agora quem inventou essa coisa de Olimpíada na capital da galáxia foi o PMDB!!! Logo, quem recebia pixuleco da Odebrecht e da OAS eram os "golpistas".

      Esses pilantras não se emendam. HAHAHA Faltou citar o FBI desta vez...

      Excluir
    3. Os Jogos é um feito de brasileiros que passaram uma vida iludidos com a propaganda política de que vivemos no melhor país do mundo, com o melhor povo do mundo e na melhor cidade do mundo e por isso merecíamos uma Olimpíadas. Todos esses brasileiros aterrizaram agora e caíram na realidade de como a propaganda e a mídia é usada para manipulação. Aquela nação de gente boa, festeira e feliz acabou.

      Excluir
    4. Memória curta, o povo realmente esquece que essas Olimpíadas são uma herança maldita da megalomania do Lula que quis dar uma de ryco e forçou a barra para o Brasil ter dois eventos esportivos gigantes no breve espaço de dois anos.

      Excluir
    5. 18:40 Se vc tivesse dito as palavras lulopetismo e bolivarianismo teria virado intelectual midiático. É tendência agora.

      Excluir
    6. Bolivarianismo virou Bordão da direita pobre que não sabe o que significa bolivarianismo

      Excluir
    7. Tem gente que esquece que olimpíadas gera receitas. Estudo feito pela Confederação Nacional de Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) aponta que a Olimpíada e a Paraolimpíada deverão gerar receitas de R$ 2,68 bilhões ao setor turístico do Estado do Rio de Janeiro entre agosto e setembro; o resultado representa um avanço nominal de 18,8% em relação ao mesmo período do ano passado; juntos, os eventos devem receber mais de 1,3 milhão de turistas

      Excluir
    8. Anônimo 19:30, foda-se estes chavões como bolivarianismo e o escambau. Vocês têm a tendência de ver tudo por este molde de Direita x Esquerda, e deixam de usar o bom senso.
      Essa Olimpíada é sim um fruto do governo PT, seja ele bom ou mau, e não adianta os petistas ficarem agora jogando a responsabilidade dela para cima de ninguém, seja o maligno PMDB, o nefasto Temer ou quem seja.
      É só assumir e dar a César o que é de César.

      Excluir
    9. Que o PT tem culpa isso é fato. Mas não venha isentar o PMDB. A prefeitura é do Eduardo Paes, filiado ao PMDB. O governo do Estado também é do PMDB.

      Impossível dizer que o PMDB não ganhou nada com os contratos superfaturados e com as isenções fiscais dadas às empresas.

      Excluir
    10. Oh! A solucionática da problemática

      Excluir
  7. Tony, vc precisa ser menos brasileiro em algumas situações. Esporte não é apenas futebol.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, e o Tony adooooooora futebol. Hello?

      Excluir
  8. se todo mundo gostasse só do preto o que seria do rosa, né

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre tem que aparecer um sem noção alguma.

      Excluir
  9. O mio babbino caro
    A existência é uma experiência...

    ResponderExcluir
  10. Discordo totalmente. Esporte e Olimpíadas têm a ver com superação dos limites humanos, não só físicos como mentais. Ou melhor, são a demonstração de que os limites estão bem mais longe do que antes se pensava. Era assim, e por enquanto, ainda vem sendo, já que não vemos ainda estabilização de recordes. Nem todos os atletas se dopam, muito embora em alguns esportes a participação em nível competitivo tem sido cada vez mais difícil para atletas "limpos". Mas isso não deve desmerecer o esporte em si, e muito menos as Olimpíadas, mas sim um sistema e status quo nocivo que se estabeleceu em certo grau. Não cabe também julgamento de valor entre esporte, ciência, literatura, culinária ou outros segmentos da criatividade ou da engenhosidade humanas. Aliás, por falar em ciência, o esporte também de certa forma a alavanca, no que tange aos estudos de nossa fisiologia.
    Além disso, as Olimpíadas, além de um show esportivo, são um evento de congraçamento entre diferentes nacionalidades, e servem, para os espectadores mais atentos, também como fonte de intercâmbio cultural, através do qual se percebe, por exemplo, as diferenças de liderança e comportamento entre equipes de diferentes países, entre outras particularidades. Não vejo razão para desmerecê-las. E acho um horror defender o "doping", desmerecendo a competição justa e limpa, e o esforço e a busca pela excelência que os atletas fazem. Disse e repito. É claro que há doping, e a incidência é maior do que o que é descoberto. Mas isso é algo para ser combatido. Aceitar é quase ignóbil (no contexto que defendo, e que valoriza os esportes).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tony, leia o texto acima e aprenda como se escreve sem fazer polêmica e sensacionalismo pra ganhar audiência.

      Excluir
    2. Quem disse que eu não quero fazer polêmica e sensacionalismo?

      Excluir
  11. Não gostei desse post seu. Esporte muda sim a vida de muita gente. Muitos argumentos rasos no seu texto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Típico de camaroteira achar que o q muda a vida das pessoas é novela e seriado americano.

      Excluir
    2. Eu só disse que EU não ligo muito para esportes. Quem quiser que ligue, não tenho nada a ver com isto.

      Excluir
    3. Tony & liberdade individual de escolha.
      AMO!

      Excluir
  12. Credo, agora Toby tem que amar esporte. Deixem Toby odiar esporte e amar ginástica artística. Deve amar também patinação no gelo nas olimpíadas de inverno.

    ResponderExcluir
  13. Tony, vc não gosta das olimpíadas porque ainda não experimentou a putaria da vila olímpica.

    ResponderExcluir
  14. "Tem um lado meu que é a favor do liberou-geral. Quem quiser tomar um negocinho para melhorar sua performance, que tome - e se morrer depois, bem feito, quem mandou?"
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Ri alto
    Como eu te amo, Tony Goes!

    ResponderExcluir