segunda-feira, 4 de abril de 2016

TODO MUNDO SE ARRANJANDO

Casamentos arranjados têm um índice de sucesso bem maior do que os casamentos por amor. Talvez seja por causa da cultura que os cerca: na Índia, onde eles ainda são bem comuns, o divórcio é um tabu relativo. Mas já existem relatos de jovens de famílias indianas no Ocidente que desistiram de procurar parceiros por conta própria e delegaram a tarefa aos pais. Resultado? Casaram-se com pessoas (indianas, é claro) muito mais compatíveis com seus valores, e dizem que estão sendo felizes para sempre. De fato, o amor entre opostos só costuma dar certo nas novelas. No mundo real, um certo alinhamento muitas vezes ajuda. Foi pensando em ajudar os gays da diáspora indiana que surgiu o site Arranged Gay Marriage. Não é o primeiro que procura juntar homossexuais em busca de relacionamento sério, mas talvez seja o único que assume - e de maneira positiva - que se trata do bom e velho casamento arranjado. Entre os conselheiros está nada menos que o príncipe Mavendra, o único nobre hindu que saiu do armário (e que veio prestigiar a Parada Gay de SP há alguns anos). O serviço é para poucos e bons: não basta se inscrever, tem que ser aprovado pelo comitê interno. Mas não está restrito aos indianos. Ou seja, ainda resta uma esperança para você.

17 comentários:

  1. O mio babbino caro
    Minha vó já me dizia "Quem ao longe vai casar, ou vai enganado, ou vai enganar".

    ResponderExcluir
  2. Conversei com um americano outro dia, o índice de divórcio caiu está caindo.

    ResponderExcluir
  3. Eu amei e tomei no cu, mas foram tbm as circunstâncias ao redor q n ajudaram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Taí: “O homem é o homem e suas circunstancias”
      Ortega y Gasset

      Excluir
  4. Será que eu encontro alguém nesse site parecido com o Marcio Garcia ou o Rodrigo Lombardi?

    ResponderExcluir
  5. Queria algo igual aqui, porque só assim evitaria me casar com um petralha maligno.

    ResponderExcluir
  6. O país virado de ponta cabeça e vc achando que alguém nessa altura estaria interessado em variedades sobre aplicativos indianos. Haja paciência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Novo hobby, pauteiro do blog alheio. A vida deve ta bem entediante, colega.

      Excluir
  7. Você adora jogar na cara dos leitores que está casado há muitos anos, mas nesse post passoundos limites zombando de quem está solteiro, sinceramente fico chateado com vc tratando seus leitores solteiros com zombaria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é nova, ser acusado de ser solteirofóbico, humilhar os coitados que ninguém topou dividir as gavetas.

      Excluir
    2. às vezes acho que o próprio Tony escreve alguns comentários como anônimo como forma de fazer um desabafo e não ser grosseiro com os leitores, que apesar de deixá-lo irritado ele não quer tratar mal abertamente.

      Excluir
    3. Escrevo não...

      Quando eu me irrito mesmo, eu recuso o comentário.

      Excluir
    4. Você pode ser que não escreva, mas eu sei que tem muito famoso global (não só os seus amigos) que são leitores assíduos do seu blog e escrevem como anônimos, aliás, diga-se de passagem, seu blog é muito popular entre os famosos, e eu não estou falando só de artistas, tem vários intelectuais famosos que entram no seu blog e escrevem como anônimos.
      A propósito fica meu abraço aqui pro "mio bambino caro".

      Excluir
    5. Querido, é Babbino. Eu estava quase acreditando naquela maldita que diz que sou insuportável ehehehehe e vem você com esse abraço gostoso. #Amei#

      Excluir
  8. Essa história de que opostos se atraem não é bem assim.

    ResponderExcluir
  9. Que interessante! Hoje em dia, em que a tal "liberdade" não é mais um valor, e sim quase uma "obrigação", acho que as pessoas tem que mudar muitos paradigmas para aceitar um casamento arranjado... mas acho muito importante que tenha espaço para isto tb no mundo! (ps. já to de casamento marcado então não vou precisar...)

    ResponderExcluir