terça-feira, 12 de abril de 2016

RAINHA, SUA LOKA

Perdi o monólogo "Palavra de Rainha", que entrou e saiu de cartaz várias vezes no ano passado, onde Lu Grimaldi interpretava D. Maria I. Pelo menos agora pude ver a atriz encarnando a personagem num outro contexto: é ela quem faz uma das vilãs de "Liberdade, Liberdade", a novela das 23 horas que estreou ontem na Globo. Com um sotaque luso bastante apurado e um porte assustador, a monarca louca de Lu Grimaldi nem piscou ao mandar todos os incofidentes para a forca. A única coisa que me desagradou na cena em que ela surgiu foi ver seu filho D. João (que ainda não era VI) ao fundo, saboreando um frango assado. Esse clichê vai perseguir o pai de D. Pedro I por toda a eternidade: sim, ele era um comilão, mas também era um político hábil. Mas no Brasil não gostamos muito de nuances na nossa história, né? No mais, esse primeiro episódio da trama de época foi bastante bom, não obstante a canastrice de Thiago Lacerda. Locação no Forte São João, figurinos primorosos e uma dramática sequência do enforcamento, tão pouco explorado na nossa dramaturgia. Agora, por quê que o roteiro contou a Inconfidência em fast-forward? Deu a sensação de que Tiradentes foi preso num dia e executado no outro, quando na verdade ele padeceu três longos anos na prisão. Mas tudo bem, TV é síntese, e "Liberdade, Liberdade" promete ser boa. Pena que a rainha louca não deva aparecer mais.

21 comentários:

  1. E na verdade, ele foi o único executado. Todos os outros inconfidentes foram inocentados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Inocentados, não. Alguns continuaram presos e outros foram degredados para a África.

      Excluir
  2. eu aprendi na escola q Tiradentes era o elo mais fraco entre os inconfidentes e por isso foi sacrificado. Eu amo 1808, o livro.

    ResponderExcluir
  3. Thiago pra variar sendo um desastre, mistério como que ainda consegue personagem para estragar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade, porque é bonito. Apenas.

      Will Smith - isso para citar um gringo e evitar melindres - é péssimo e ninguém fala "porque é preto", né?

      Estamos de olho nesse seu racismo inverso, José!

      Excluir
  4. Inacreditavel como em 2016 as pessoas ainda assistem novelas, um hábito tomado na década de 70 do século passado, e pra piorar elas assistem novela da Globo revertendo audiência para uma empresa de conteúdo e política pobres.
    Em qualquer país desenvolvido, uma emissora com o poder da Globo já teria a sua concessão caçada.
    A revisão da concessão está marcada para 2017/2018 e a Globo, pela primeira vez, vai ter problemas para renovação do quasi-monopólio da comunicação no Brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não fale isso pq ainda há muita gente que assiste novela. Essa classe média criada pelo Lula nunca leu um livro. Conseguiram sair do inferno da classe C e D mas não se prepararam intelectualmente para lá permanecer. Tomara que a Dilma mande todos de volta pro buraco de onde não deveriam ter saido.

      Excluir
    2. Espero que esse das 18:49 esteja "brincando", porque para que esse ódio todo com gente que não te causa nenhum mal?

      Mas talvez nem esteja brincando, é apenas um elitista sem noção. E, por acaso, mesmo que seja "brincadeirinha, cale a boca seu mortadela sensível" não precisamos de desejar o mal aos outros né coleguinha?

      Excluir
    3. O mio bnabbino caro
      Procura-se carioca que conheça o Forte São João, origem do "Rio" de janeiro. No mais, muita preguiça de familhahaha real. Abraço ao Carlinhos Brown.

      Excluir
    4. Só o Lula tem poder para tirar a Rede Globo. Mais ninguém nesse país poderia. São todos medrosos e não tem força política para enfrentar os irmãos Marinho que detonam a jararaca mas mesmo assim é favorito as pesquisas de eleição em 2018. Não é pra qualquer um.

      Excluir
    5. Adoro quem tem lider de quadrilha como ídolo e demoniza emissora de tv.
      Adoraria te ver na cadeia assistindo globo.

      Excluir
    6. Ainda veremos uma foto de Lula preso, de chinelo de dedo e cara de quem encheu a cara com bebida contrabandeada.

      O futuro está próximo.

      Excluir
    7. Não sei o que é mais engraçado, gente que diz não gostar e não assistir novela, mas lê post sobre novela e comenta. Ou pessoas que se dizem a favor da democracia, mas querem tirar do ar uma Tv por informar os crimes de seu líder político.

      Excluir
  5. Vou assistir em um site pois é muito tarde, mas tem um filme antigo com José Wilker no papel de Tiradentes e a atriz que faz a rainha louca também era excelente, mas a atriz Lu Grimaldi convenceu e foi fundo no papel, gostei. Tiradentes não era este herói pintado pela História tem muita fantasia, quanto a Dom João ainda futuro VI, achei que seria um filho abobalhado, mas vi que era ele, coitado sempre mal retratado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Os Inconfidentes" (1972), de Joaquim Pedro de Andrade. A rainha D. Maria I era feita por Margarida Rey, uma grande atriz já falecida.

      Excluir
    2. Isto mesmo Tony;)

      Excluir
  6. Assistiu A Senhora da Van? Tão bonitinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assisti em outubro, na Mostra de Cinema de SP.

      Meu post a respeito do filme:
      http://tonygoes.blogspot.com.br/2015/10/sem-casa-mas-com-rodas.html

      Excluir
  7. Liberdade querendo se inspirar em game of thrones , a menina está igualzinha Arya Stark.

    ResponderExcluir
  8. bacana esse post. há 2 semanas li 1808 do laurentino. apesar de ñ render mtos elogios a d. joão ele o descreve um político hábil mesmo. tbm vi a peça da rainha, de tirar o fôlego. lembro que o vestido patróleo dela se unia com o pano q cobria o palco como se ela caminhasse por um oceano turvo e escuro. No fim (SPOILER) um canhão de ar inflou todo aquele pano engolindo ela em cena com se na loucura. lindo lindo lindo

    ResponderExcluir